Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/35677
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_PaulaQueirozDutra.pdf1,16 MBAdobe PDFView/Open
Title: Entre a dor e o silêncio : a violência contra a mulher em romances contemporâneos
Authors: Dutra, Paula Queiroz
Orientador(es):: Schwantes, Cíntia Carla Moreira
Assunto:: Estudos de gênero
Violência contra as mulheres
Literatura feminista
Violência doméstica
Literatura comparada
Issue Date: 24-Oct-2019
Citation: DUTRA, Paula Queiroz. Entre a dor e o silêncio: a violência contra a mulher em romances contemporâneos. 2019. 178 f. Tese (Doutorado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Com base nos estudos de gênero e na crítica literária feminista, esta pesquisa buscou investigar como se dá a representação da violência contra as mulheres na literatura contemporânea e em que medida essa representação difere de acordo com a perspectiva social e o lugar de fala dos autores e das autoras. Para isso, foram selecionados nove romances, tanto de autoria masculina quanto de autoria feminina, que abordassem a temática da violência contra a mulher de forma significativa e a partir de eixos temáticos: a violência nas guerras e zonas de conflito, o assédio no ambiente de trabalho, a violência doméstica e a violência sexual. Com isso, buscou-se compreender o que o surgimento mais expressivo dessa temática de violência nas literaturas portuguesa e estadunidense, assim como o que nos revela o silenciamento sobre o tema na literatura brasileira contemporânea, trazem de novo para a representação feminina e para a construção de uma cultura que preza pelo fim da violência contra as mulheres. Com base na análise dos romances Reze pelas mulheres roubadas (2015), de Jennifer Clement, Um homem: Klaus Klump (2007), de Gonçalo M. Tavares, O apocalipse dos trabalhadores (2008), de Valter Hugo Mãe e A filha do coveiro (2007), de Joyce Carol Oates, Desesterro (2015), de Sheyla Smanioto, O remorso de Baltazar Serapião (2006), de Valter Hugo Mãe, Na escuridão, amanhã (2013), de Rogério Pereira, Sinfonia em Branco (2001), de Adriana Lisboa e A construção do vazio (2017), de Patrícia Reis, observou-se que o lugar de fala e a perspectiva social do autor impacta na representação da violência contra a mulher.
Abstract: This research aimed to investigate how violence against women is represented in contemporary literature. Based on gender studies and feminist literary criticism we aimed to reflect upon the ways in which this representation differs according to the social perspective and speech place of the writers. To do so, nine novels in which violence against women is the theme, from both male and female authorship, have been selected. Through the analysis of novels which discussed violence against women in wars and conflict zones, sexual harassment at work, domestic violence and sexual violence, we tried to observe what the expressive appearance of this theme in Portuguese and North American literature and the silence regarding it in Brazilian literature bring anew to female representation and to the development of a culture that aims to put an end to gender violence. After the analysis of the novels Prayer for the Stolen (2015), by Jennifer Clement, Um Homem: Klaus Klump (2007) , by Gonçalo M. Tavares, O Apocalipse dos Trabalhadores (2008), by Valter Hugo Mãe, The Gravedigger’s Daughter (2007), by Joyce Carol Oates, Desesterro (2015), by Sheyla Smanioto, O Remorso de Baltazar Serapião (2006), by Valter Hugo Mãe, Na Escuridão, Amanhã (2013), by Rogério Pereira, Simphony in White (2001), by Adriana Lisboa and A Construção do Vazio (2017), by Patrícia Reis, it was possible to observe that the speech place and the social perspective of the author have an impact on the way violence against women is represented.
Resumen: Basada en los estudios de género y en la crítica feminista, esta investigación buscó examinar cómo se da la representación de la violencia contra las mujeres en la literatura contemporánea y en qué medida esta representación difiere según la perspectiva social y el lugar desde el que hablan los autores. Para ello, fueron seleccionadas nueve novelas tanto de autoría masculina como de autoría femenina que abordaran la temática de la violencia contra la mujer a partir de ejes temáticos: la violencia en las guerras y zonas de conflicto, el asedio en el ambiente de trabajo, la violencia doméstica y la violencia sexual. De ahí que se buscó comprender el surgimiento más expresivo de esta temática de la violencia en las literaturas portuguesa y estadounidense, qué novedad traen para la representación femenina y para la construcción de una cultura que estima el fin de la violencia contra las mujeres, asimismo qué nos revela el silencio sobre el asunto en la literatura brasileña. A partir del análisis de las novelas Plegarias por las robadas (o Ladydi) (2015), de Jennifer Clement, Un hombre: Klaus Klump (2007), de Gonçalo M. Tavares, El apocalipsis de los trabajadores (2008), de Valter Hugo Mãe e La hija del sepulturero (2007), de Joyce Carol Oates, Desesterro (2015), de Sheyla Smanioto, El remordimiento de Baltazar Serapião (2006), de Valter Hugo Mãe, En la oscuridad, mañana (2013), de Rogério Pereira, Sinfonía en Blanco (2001), de Adriana Lisboa e La construcción del vacío (2017), de Patrícia Reis, se observó que el lugar del que habla el autor y su perspectiva social impactan la representación de la violencia contra la mujer.
metadata.dc.description2: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35677/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.