Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/4692
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_RomesHeribertoPiresAraujo.pdf2,56 MBAdobe PDFView/Open
Title: Informática educativa em favor da gestão democrática
Authors: Araújo, Romes Heriberto Pires de
Orientador(es):: Moraes, Raquel de Almeida
Assunto:: Informática - educação
Gestão democrática
Pedagogia
Pedagogia crítica
Issue Date: 2009
Citation: ARAUJO, Romes Heriberto Pires de. Informática educativa em favor da gestão democrática. 2009. 133 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: A presente dissertação de mestrado estudou a relevância da informática educativa, amparada por uma concepção pedagógica crítica, na promoção da gestão democrática de uma escola pública da periferia de Brasília beneficiária do PROINFO/MEC. Apesar de uma escassa literatura versando sobre o tema, o estudo se mostrou relevante porque os teóricos sobre a gestão democrática citam requisitos para sua efetivação condizentes com as potencialidades da educação tecnológica. Mas é através de uma pedagogia crítica que se direciona a informática educativa para fins distintos dos produtivos no contexto capitalista. O estudo busca encontrar justificativas para ações educacionais acríticas e descompromissadas com aspectos socioeconômicos dos educandos, nas raízes históricas da filosofia da técnica e dos eventos marcantes ligados ao uso de microcomputadores nas escolas. Como a leitura social adotada é a da estratificação social, o autor optou por defender a classe trabalhadora. Para tal, retoma também o estudo dos teóricos da Escola de Frankfurt, para formular uma sólida hipótese sobre a relação entre as três temáticas inicialmente referendadas e a possibilidade de transformação da realidade de dominação vigente. O objetivo visado é a emancipação humana, considerada resultado de processos efetivamente democráticos, o que revela a relevância da gestão democrática exercitar, no contexto escolar, a negociação democrática e promover a pluralidade e o bem comum. A pesquisa, em âmbito empírico, se concentrou em realizar um estudo de caso em uma escola da periferia de Brasília, através de uma pesquisa predominantemente qualitativa, com nível de pesquisa exploratória e delineamento experimental. A metodologia utilizada se baseou na filosofia do Materialismo Histórico e no método do Materialismo Dialético. Através da técnica da triangulação de dados foi possível associar o rol de aspectos materiais e espirituais com a prática social. A coesão da multiplicidade de instrumentos de coleta de dados se deu pelo estudo das Representações Sociais suposta por Thomas Luckman e Peter Berger, que analisam a realidade como um constructo social. O estudo teve como categorias máximas a serem analisadas a subjetividade e objetividade dos indivíduos estudados. A análise demonstrou que a informática educativa, nas pontuais experiências em que se associou a processos pedagógicos críticos, revelou intensa potencialidade na promoção de conhecimentos relevantes às classes sociais dos estudantes e na ênfase ao caráter mais colaborativo e dialógico entre grupos de interesses distintos, elementos que promovem, também, o processo de gestão democrática da escola. No entanto, a instituição estudada, por legitimar hábitos vindos de fora da realidade social da escola (normas da Secretaria de Educação, desejos autocráticos da direção ou imposições ideológicas do mercado de trabalho), acaba sufocando a subjetividade dos educandos e excluindo a comunidade escolar dos processos gerenciais e pedagógicos. A informática educativa serve aos interesses da unidimensionalização do homem e na exaltação pela instrumentalidade separada da capacidade transformadora humana intrínseca a sua essência. A pedagogia não atinge níveis críticos e se resume a processos miméticos replicadores da realidade de dominação. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation studied the relevance of educational computing, embraced by a critical instructional design, intending to promote democratic management of a public school, recipient of ProInfo / MEC program, in the outskirts of Brasilia. Despite a vast literature about the theme, the study is relevant because theories about democratic management require elements for its effectiveness acording to the potential of technology education. But it is through a critical pedagogy that its possible to build a computer education intending for purposes other than productivity, in the capitalist context. The study aims to find explanations for educational uncritical activities and practices not engaged with students socioeconomic aspects. Its found in philosophy of technique historical roots and its events related to the use of computers in schools. As the social reading adopted is that of social stratification, the author chose to defend the working class. To this end, it also includes the study of theorists of the Frankfurt School, intending to formulate a strong hypothesis about the relationship between those three issues initially mentioned and the possibility of transforming the current reality of domination. The goal is human emancipation, considered the result of effective democratic processes, which reveals the importance of democratic management - exercise, on school context, negotiation and promotion of democratic pluralism and the common good. The research, in its empirical part, focused on a study of the case of a school on the outskirts of Brasilia, through a predominantly qualitative research, with the level of exploratory and experimental research. The methodology used was based on the philosophy of historical materialism and the method of Dialectical Materialism. Through the technique of data triangulation could join the list of material and spiritual aspects with social practice. The cohesion of these multiple instruments for data collecting was found in the study of social representations, developed by Thomas Berger and Peter Luckman, when they analyze reality as a social construct. The study tried to understand two categories: subjectivity and objectivity of individuals studied. The analysis showed that computer science education, in specific experiments, when associated with critical pedagogical processes, showed strong potential to promote relevant knowledge to social classes of students and it was able to promote a more collaborative relationship between different interest groups, all of which promote also the process of democratic management in the school. However, the studied institution, for legitimate habits from outside of the social reality of the school (Department of Education, wants the autocratic direction or ideological imperatives of the labor market), just choking the subjectivity of students and school community was excluded of the management processes and teaching methods. The computer education, in this context, serves to interests of the promotion o fone-dimensional man and the exaltation through the instrumentality separate processing capacity inherent to human essence. Pedagogy does not reach critical levels and summarizes the processes to mimic actions replicating a reality of domination.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2009.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4692/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.