Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/44338
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_AlineTeixeiradaSilvaLima.pdf1,8 MBAdobe PDFView/Open
Title: Quando o amor rima com dor : representações da violência conjugal na literatura contemporânea
Authors: Lima, Aline Teixeira da Silva
Orientador(es):: Schwantes, Cíntia Carla Moreira
Assunto:: Violência contra as mulheres
Literatura contemporânea
Estudos de gênero
Issue Date: 27-Jul-2022
Citation: LIMA, Aline Teixeira da Silva. Quando o amor rima com dor: representações da violência conjugal na literatura contemporânea. 2022. 257 f., il. Tese (Doutorado em Literatura) — Universidade de Brasília, Brasília, 2022.
Abstract: Neste estudo, investiga-se a representação literária da violência contra a mulher, em relações afetivas, no âmbito privado, em narrativas da literatura contemporânea. Ademais, reflete-se sobre os diferentes tipos de violência contra a mulher, bem com as distintas reações das vítimas, inclusive o silêncio destas. Assim, foram selecionados quatro romances e dois contos, todos de autoria feminina, que abordam a temática da violência doméstica entre os anos de 2006 e 2016. As obras contempladas nesta tese são: A vida invisível de Eurídice Gusmão (2016), da brasileira Martha Batalha, Meu Marido (2006), da também brasileira Livia Garcia-Roza, Minhas vizinhas (2008), da italiana Cláudia Priano e Hay una cierva menos en el monte (2012), da uruguaia Helena Corbellini, e os contos “Destino: Sé” (2010), da brasileira Simone Paulino e “O homem do vale” (2014), da chilena Marcela Serrano. A análise é realizada pelo fio condutor de tais textos, o desfecho. Por essa razão, o recorte temático feito foi a partir dos desenlaces dessas narrativas, levando em consideração três tipos de “finais” mais recorrentes: a mulher agredida, a qual continua no casamento abusivo, por razões diversas; a mulher que consegue sair do relacionamento abusivo por intermédio de uma ajuda externa e a mulher que é assassinada pelo seu parceiro. Tais aspectos são observados por meio da teoria da representação, utilizando um método comparativo descritivo, sob a perspectiva dos estudos feministas e de gênero. Para tanto, trago como aporte teórico os estudos de Marcela Lagarde (1999) e Heleieth Saffioti (2001), dado que definem a violência doméstica como uma relação assimétrica de gêneros. Ademais de utilizar os trabalhos da pesquisadora Esperanza Bosch (2010), que é referência no que tange aos estudos de gênero atrelados à violência.
Abstract: In this study, we investigate the literary representation of violence against women, in affective relationships, in the private sphere, in contemporary literature narratives. In addition, it reflects on the different types of violence against women, as well as the different reactions of the victims, including their silence. Thus, four novels and two short stories were selected, all of them authored by women, which addressed the theme of domestic violence between the years 2006 and 2016. The works included in this thesis are: A vida invisível de Eurídice Gusmão (2016), by the Brazilian Martha Batalha, Meu Marido (2006), by the also Brazilian Livia Garcia-Roza, Minhas vizinhas (2008), by the Italian Cláudia Priano, and Hay una cierva menos en el monte (2012), by the Uruguayan Helena Corbellini, and the short stories “Destino: Sé” (2010), by the Brazilian Simone Paulino, and “O homem do vale” (2014), by the Chilean Marcela Serrano. The analysis is carried out by the guiding thread of such texts, the outcome. For this reason, the thematic cut made was based on the outcome of these works, taking into account three types of “endings” most recurrent: the battered woman, who continues in abusive marriage, for different reasons; the woman who manages to get out of the abusive relationship through external help; the woman who is murdered by her partner. Such aspects are observed through the representation theory, using a descriptive comparative method, from the perspective of feminist and gender studies. To this end, I bring as a theoretical contribution the studies of Marcela Lagarde (1999) and Heleieth Saffioti (2001), because they define domestic violence as an asymmetrical relationship between genders. In addition to using the work of researcher Esperanza Bosch (2010), who is a reference when it comes to gender studies linked to violence.
Resumen: En este estudio investigo la representación literaria de la violencia contra la mujer, en las relaciones afectivas, en el ámbito privado, en las narrativas de la literatura contemporánea. Además, reflexiono sobre los diferentes tipos de violencia contra la mujer, así como las diferentes reacciones de las víctimas, incluido su silencio. Así, se seleccionaron cuatro novelas y dos cuentos, todos escritos por mujeres, que abordan el tema de la violencia intrafamiliar ente los años 2006 y 2016. Los trabajos incluidos en esta tesis son: A vida invisível de Eurídice Gusmão (2016), de la brasileña Martha Batalha, Meu Marido (2006), de la también brasileña Livia García-Roza, Minhas vizinhas (2008), de la italiana Claudia Priano, e Hay una cierva menos en el monte (2012), de la uruguaya Helena Corbellini, y los cuentos “Destino: Sé” (2010), de la brasileña Simone Paulino y “O Homem do Vale” (2014), de la chilena Marcela Serrano. El análisis se lleva a cabo por el hilo conductor de dichos textos, el desenlace. Por ello, el corte temático se hizo a partir de los desenlaces de estas narrativas, teniendo en cuenta tres tipos de “fines” más recurrentes: la mujer maltratada, que continúa en un matrimonio abusivo, por diferentes motivos; la mujer que logra salir de la relación abusiva con ayuda externa y la mujer que es asesinada por su pareja. Dichos aspectos son observados a través de la teoría de la representación, utilizando un método descriptivo comparativo, desde la perspectiva de los estudios feministas y de género. Para eso, traigo como aporte teórico los estudios de Marcela Lagarde (1999) y Heleieth Saffioti (2001), ya que definen la violencia doméstica como una relación asimétrica entre géneros. Además de utilizar el trabajo de la investigadora Esperanza Bosch (2010), quien es un referente cuando se trata de estudios de género vinculados a la violencia.
Description: Tese (doutorado) — Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2022.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/44338/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.