Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/41398
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_AdalbertodeSallesLima.pdf2,35 MBAdobe PDFView/Open
Title: Violência, segurança pública e famílias vitimadas : homicídios policiais no Brasil e desaparecimento forçado no México
Authors: Lima, Adalberto de Salles
metadata.dc.contributor.email: adalberto.lima@unb.br
Orientador(es):: Pereira, Éverton Luís
Assunto:: Violência policial
Homicídio policial
Desaparecimento forçado
Famílias vitimadas
Violência institucional
Issue Date: 12-Jul-2021
Citation: LIMA, Adalberto de Salles. Violência, segurança pública e famílias vitimadas: homicídios policiais no Brasil e desaparecimento forçado no México. 2021. 176 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: A presente pesquisa trata da relação entre produção de mortes violentas pelo Estado e grupos sociais de famílias vitimadas na América Latina. A partir de uma abordagem qualitativa e comparada acerca de contextos sociais de violências na região, optou-se pelo recorte analítico de casos de homicídios policiais no Brasil e desaparecimentos forçados no México. A problemática versa acerca de como o prolongamento da violência institucional - gerada pelos homicídios e desaparições produzem experiências sociais vividas por famílias - ajudam a compreender processos históricos em curso na região. Para o desenvolvimento da pesquisa, foram analisados materiais bibliográficos em Ciências Sociais e Humanas, relatórios estatísticos institucionais, documentos de organizações nacionais, internacionais e de coletivos de famílias e informações jornalísticas onde o tema da violência pudesse dialogar com os casos nacionais investigados. As análises consideraram os eixos analíticos: Colonialidade e Violência; Segurança Pública e Desigualdades Sociais; Estatísticas oficiais, Política, Saúde e produções de realidades; Prolongamento da violência e coletivos de famílias vitimadas. O conjunto de argumentos desenvolvidos nessa tese permite compreender que independentes das particularidades de violações nacionais, o processo colonial imposto a região aproxima aspectos sociais comum, sobretudo ao observar como o prolongamento da violência institucional gera processos subjetivos e políticos as famílias vitimadas. Tal compreensão considera que as produções de mortes via homicídios policiais e desaparições forçadas estão conectadas a uma estrutura de dominação em curso nos dois países pesquisados.
Abstract: This research deals with the relationship between the production of violent deaths by the State and social groups of victimized families in Latin America. Based on a qualitative and compared approach to the social contexts of violence in the region, we opted for the analytical analysis of cases of police homicides in Brazil and enforced disappearances in Mexico. The problem is about how the prolongation of institutional violence - generated by homicides and disappearances produce social experiences lived by families - helps to understand historical processes underway in the region. For the development of the research, bibliographic materials in Social and Human Sciences, institutional statistical reports, documents from national and international organizations and from family collectives and journalistic information were analyzed where the theme of violence could dialogue with the investigated national cases. The analyzes considered the analytical axes: Coloniality and Violence; Public Security and Social Inequalities; Official statistics, Politics, Health and production of realities; Extension of violence and collectives of victimized families. The set of arguments developed in this thesis allows us to understand that regardless of the particularities of national violations, the colonial process imposed on the region brings together common social aspects, especially when observing how the prolongation of institutional violence generates subjective and political processes for the victimized families. Such understanding considers that the production of deaths via police homicides and forced disappearances are connected to an ongoing domination structure in the two countries surveyed.
Resumen: Esta investigación aborda la relación entre la producción de muertes violentas por parte del Estado y grupos sociales de familias victimizadas en América Latina. Con base en un abordaje cualitativo y comparado de los contextos sociales de violencia en la región, optamos por el corte analítico de los casos de homicidios policiales en Brasil y desapariciones forzadas en México. El problema es cómo la prolongación de la violencia institucional, generada por homicidios y desapariciones que producen experiencias sociales vividas por familias, ayuda a comprender los procesos históricos que se desarrollan en la región. Para el desarrollo de la investigación se analizaron materiales bibliográficos en Ciencias Sociales y Humanas, informes estadísticos institucionales, documentos de organismos nacionales e internacionales y de colectivos familiares e información periodística donde el tema de la violencia pudo dialogar con los casos nacionales investigados. Los análisis consideraron los ejes analíticos: Colonialidad y Violencia; Seguridad Pública y Desigualdades Sociales; Estadísticas oficiales, Política, Salud y producción de realidades; Ampliación de la violencia y colectivos de familias victimizadas. El conjunto de argumentos desarrollados en esta tesis permite comprender que, independientemente de las particularidades de las violaciones nacionales, el proceso colonial impuesto a la región aglutina aspectos sociales comunes, especialmente al observar cómo la prolongación de la violencia institucional genera procesos subjetivos y políticos para la población. familias victimizadas. Este entendimiento considera que la producción de muertes por homicidios policiales y desapariciones forzadas está ligada a una estructura de dominación permanente en los dos países encuestados.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados sobre as Américas, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:ELA - Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/41398/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.