Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39418
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_AnaCláudiaBeserraMacedo.pdf3,2 MBAdobe PDFView/Open
Title: Colonialidade da sexualidade : uma análise comparada e colaborativa sobre violência em relações lésbicas em Bogotá, Brasília e Cidade do México
Authors: Macedo, Ana Cláudia Beserra
metadata.dc.contributor.email: claudiabmacedo@gmail.com
Orientador(es):: Margalef, Delia Maria Dutra da Silveira
Assunto:: Sexualidade feminina
Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBTs)
Relacionamentos lésbicos
Violência contra as mulheres
Movimentos sociais
Issue Date: 27-Aug-2020
Citation: MACEDO, Ana Cláudia Beserra. Colonialidade da sexualidade: uma análise comparada e colaborativa sobre violência em relações lésbicas em Bogotá, Brasília e Cidade do México. 2020. 214 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: A violência em relacionamentos lésbicos é um fenômeno complexo e pouco debatido nas ciências sociais, nos estudos sobre gênero e sobre sexualidade. Diante dessa lacuna, realizouse a análise comparativa de experiências vividas em Bogotá, Brasília e Cidade do México, por meio da proposta conceitual da colonialidade da sexualidade e suas interseccionalidades com raça, gênero e classe. Analisaram-se também as implicações desses episódios de violência com os processos imbricados da heterossexualidade compulsória na lesbofobia social; do modelo amatório baseado no ideal de amor romântico em relações lésbicas; e do pensamento hetero na lesbofobia internalizada. A partir das legislações de enfrentamento à violência contra as mulheres na América Latina e Caribe, da bibliografia produzida na região sobre a temática, analisaram-se conceitos, tipologias e manifestações da violência em contexto lésbico. Adotouse a metodologia colaborativa para a realização de uma pesquisa de encontro com quatro organizações lesbofeministas (Corporación Femm, em Bogotá; Coturno de Vênus, em Brasília; e El Clóset de Sor Juana e Musas de Metal, na Cidade do México) e nove participantes lésbicas entrevistadas nas três cidades. Foram também apresentadas estratégias encontradas e propostas para descolonizar amores e buscar caminhos para a descolonização da sexualidade.
Abstract: Violence in lesbian relationships is a complex phenomenon not commonly discussed in the social sciences, gender and sexuality studies. Facing this gap, a comparative analysis of experiences in Bogotá, Brasília and Mexico City was carried out, through the conceptual proposal of the coloniality of sexuality and its intersectionality with race, gender and class. The implications of these episodes of violence were also analyzed with the overlapping processes of compulsory heterosexuality in social lesbophobia; the relationship model based on the ideal of romantic love in lesbian coples; and the straight mind in internalized lesbophobia. Based on the laws to combat violence against women in Latin America and the Caribbean, from the bibliography produced in the region on the subject, concepts, typologies and manifestations of violence in a lesbian context were analyzed. Strategies found and proposed to decolonize love and to seek ways to decolonize sexuality were also presented. The collaborative methodology was adopted to conduct a meeting research with four lesbofeminist organizations (Corporación Femm, in Bogotá; Coturno de Vênus, in Brasília; and El Clóset de Sor Juana and Musas de Metal, in Mexico City) and nine lesbian participants interviewed in the three cities.
Resumen: La violencia en las relaciones lésbicas es un fenómeno complejo y poco debatido en las ciencias sociales, en estudios sobre género y sexualidad. Frente a esta brecha, se realizó un análisis comparativo de experiencias en Bogotá, Brasilia y Ciudad de México, a través de la propuesta conceptual de la colonialidad de la sexualidad y su interseccionalidad con la raza, el género y la clase. También se analizaron las implicaciones de estos episodios de violencia con los procesos superpuestos de heterosexualidad obligatoria en la lesbofobia social; el modelo de amor basado en el ideal del amor romántico en las relaciones lésbicas; y hetero pensamiento en la lesbofobia internalizada. Con base en las leyes para combatir la violencia contra las mujeres en América Latina y el Caribe, a partir de la bibliografía producida en la región sobre el tema, se analizaron conceptos, tipologías y manifestaciones de violencia en un contexto lésbico. También se presentaron estrategias encontradas y propuestas para descolonizar el amor y buscar formas de descolonizar la sexualidad. La metodología de colaboración fue utilizada para realizar una investigación del encuentro con cuatro organizaciones lesbofeministas (Corporación Femm, en Bogotá; Coturno de Vênus, en Brasilia; y El Clóset de Sor Juana y Musas de Metal, en la Ciudad de México) y nueve participantes lesbianas entrevistadas en las tres ciudades.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados sobre as Américas, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ELA - Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39418/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.