Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39107
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_RafaelAraújoSousaFarias.pdf5,36 MBAdobe PDFView/Open
Title: Diga-me como és que eu te digo qual o teu resultado : um estudo sobre instituições, serviços de suporte, relacionamentos e desempenho em destinos turísticos
Authors: Farias, Rafael Araújo Sousa
Orientador(es):: Hoffmann, Valmir Emil
Assunto:: Turismo
Relacionamentos interorganizacionais
Pirenópolis (GO)
Issue Date: 6-Aug-2020
Citation: FARIAS, Rafael Araújo Sousa. Diga-me como és que eu te digo qual o teu resultado: um estudo sobre instituições, serviços de suporte, relacionamentos e desempenho em destinos turísticos. 2020. 476 f., il. Tese (Doutorado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: As instituições de suporte são organizações consideradas importante por modelos que avaliam o desempenho de destinos turísticos. Apesar dessa importância, as evidências científicas na literatura são escassas, de modo que poucos trabalhos buscaram demonstrar a relação entre as instituições e o desempenho dos destinos. Esses poucos trabalhos não demonstram essa relação numa perspectiva ampla – considerando todas as instituições de diferentes destinos – e aprofundada – considerando a presença, atuação, os serviços e a estrutura de relacionamentos existentes em diferentes destinos. Diante dessa lacuna, o objetivo geral desta pesquisa é verificar a relação entre a presença, a atuação, os serviços fornecidos e a estrutura de relacionamentos das instituições de suporte versus o desempenho dos destinos turísticos. Determinou-se seis objetivos específicos: (i) identificar as instituições de suporte envolvidas na atividade turística em destinos turísticos; (ii) identificar os serviços prestados pelas instituições de suporte envolvidas na atividade turística em destinos turísticos; (iii) verificar a relação entre a existência das instituições de suporte e o desempenho de destinos turísticos; (iv) verificar a relação entre os serviços prestados pelas instituições de suporte e o desempenho de destinos turísticos; (v) identificar a estrutura dos relacionamentos entre as instituições locais; e (vi) verificar a relação entre os relacionamentos e o desempenho de destinos turísticos. A tese foi conduzida mediante a realização de três estudos diferentes, mas relacionados. O Estudo 1 é um ensaio teórico, representa o marco teórico da tese e contempla a elaboração de seis proposições: (i) P1 - a diferença entre o tipo de instituições de suporte nos destinos não é significativa; (ii) P2 - a diferença entre o tipo de serviços prestados pelas instituições de suporte é significativa; (iii) P3 - há relação entre o número de instituições de suporte e o desempenho do destino; (iv) P4 - há relação entre a quantidade de serviços prestados pelas instituições de suporte e o desempenho do destino; (v) P5 - há relação entre a estrutura dos relacionamentos e o desempenho do destino; e (vi) P6 - há relação entre a atuação das instituições de suporte e o desempenho do destino. O Estudo 2 é, para a tese, um estudo-piloto. Chama-se de estudo-piloto pois é conduzido para detectar pontos fracos no projeto, ajuda a familiarizar o pesquisador com o tema analisado, além de ser útil para testar o instrumento de coleta de dados e verificar a adequação do tipo de amostragem escolhido. Nesse estudo analisou-se a destinação turística de Pirenópolis-GO. Ele é qualitativo e empírico, no qual conduziu-se entrevistas com representantes de 20 instituições de suporte. Posteriormente, conduziu-se o Estudo 3, no qual analisou-se seis destinos indutores brasileiros que apresentam diferentes desempenhos: Bento Gonçalves- RS, Paranaguá-PR, Caldas Novas-GO, São Joaquim-SC, São Raimundo Nonato-PI e Mateiros-TO. Identificou-se as instituições de suporte em cada um dos destinos e conduziu-se entrevistas com seus representantes com auxílio de roteiro de entrevista semiestruturado. Ao todo, identificou-se 179 instituições, das quais 108 foram entrevistadas. Os dados foram analisados de diferentes maneiras: i) Análise de Redes Sociais; ii) Análise de Correlações; iii) Análise de Clusters; iv) Estatística descritiva com técnicas de representação gráfica dos resultados; v) Análise de dados qualitativos; e vi) Qualitative Comparative Analysis (QCA). Após a realização dos três estudos foi possível analisá-los conjuntamente, testar as seis proposições de pesquisa e, então, cumprir o objetivo geral da tese. Conclui-se que: i) a P1 é falsa, logo, a diferença entre o tipo de instituições de suporte nos destinos é significativa; ii) a P2 é falsa, logo, a diferença entre o tipo de serviços prestados pelas instituições de suporte não é significativa; iii) a P3 é verdadeira, logo, há relação entre o número de instituições de suporte e o desempenho do destino; iv) a P4 é verdadeira, logo, há relação entre a quantidade de serviços prestados pelas instituições de suporte e o desempenho do destino; v) a P5 é verdadeira, logo, há relação entre a estrutura dos relacionamentos e o desempenho do destino; e vi) a P6 é verdadeira, logo, há relação entre a atuação das instituições de suporte e o desempenho do destino. Na sequência, apresenta-se as contribuições teóricas, empíricas, gerenciais e metodológicas, as limitações e, ainda, as sugestões para futuras pesquisas. Por fim, apresenta-se os elementos pós-textuais.
Abstract: Tourism support institutions are organizations that are considered to be important for models that evaluate tourist destination performance. Despite their importance, scientific evidence in the literature is scarce; few studies have attempted to address the relationship between such institutions and destination performance. Those studies have not discussed this relationship in a broad perspective, i.e., considering all institutions in different destinations, or in depth, i.e., considering the presence, performance, services and structure of existing relationships in different destinations. Because of this gap, the general objective of this research is to check how presence, performance, services provided, and relationship structure of support institutions affect tourist destination performance. Six specific objectives were determined: (i) to identify support institutions involved in tourist activity in tourist destinations; (ii) to identify the services provided by support institutions involved in tourist activity in tourist destinations; (iii) to describe the relationship between the existence of support institutions and tourist destination performance; (iv) to describe the relationship between the services provided by support institutions and tourist destination performance; (v) to identify the structure of relationships among local institutions; and (vi) to describe how such relationships and tourist destination performance are related. The development of this dissertation was based on three different, but related, studies. Study 1 is a theoretical essay which represents the theoretical framework of the dissertation and includes the formulation of six propositions: (i) P1 - there is no significant difference between types of support institutions in the destinations; (ii) P2 - there is a significant difference between types of services provided by the support institutions; (iii) P3 - there is a relationship between number of support institutions and destination performance; (iv) P4 - there is a relationship between amount of services provided by the support institutions and destination performance; (v) P5 - there is a relationship between relationship structure and destination performance; and (vi) P6 - there is a relationship between performance of support institutions and destination performance. Study 2 is a pilot study for the dissertation. It is called a pilot study because it was conducted to detect weaknesses in the project, and help the researcher to familiarize with the topic of analysis. It was useful for testing the data collection instrument and checking the suitability of the type of sampling in use. In this study, the object of analysis was the tourist destination of Pirenópolis, state of Goiás (GO), Brazil. This study is qualitative and empirical; interviews were conducted with representatives of 20 support institutions. Subsequently, Study 3 was conducted. An analysis was made of six Brazilian tourism-inducing destinations that present different levels of performance: Bento Gonçalves-RS, Paranaguá-PR, Caldas Novas-GO, São Joaquim-SC, São Raimundo Nonato-PI and Mateiros-TO. Support institutions were identified in each destination, and interviews were conducted with their representatives with the aid of a semi-structured interview script. A total of 179 institutions were identified, and the representatives of 108 of them were interviewed. Different types of analysis were used for that data: i) Social Network Analysis; ii) Correlation Analysis; iii) Cluster Analysis; iv) Descriptive Statistics and Graphical Displays; v) Analysis of qualitative data; and vi) Qualitative Comparative Analysis (QCA). After the three studies were conducted, they were analyzed together. The six research proposals were tested, and the general objective of the dissertation was achieved. It was concluded that: i) P1 is false; therefore, there is a significant difference for type of support institutions in the destinations; ii) P2 is false, hence there is no significant difference between type of services provided by the support institutions; iii) P3 is true, hence there is a relationship between number of support institutions and destination performance; iv) P4 is true, so there is a relationship between amount of services provided by the support institutions and destination performance; v) P5 is true, hence there is a relationship between relationship structure and destination performance; and vi) P6 is true, so there is a relationship between performance of the support institutions and destination performance. The paper also reports the theoretical, empirical, managerial and methodological contributions, explains the limitations of the study, and makes suggestions for further research. Finally, it presents the post-textual elements.
Resumen: Las instituciones de soporte son organizaciones consideradas importantes por modelos que evalúan el desempeño de destinos turísticos. Pese a esa importancia, las evidencias científicas en la literatura son escasas, pues pocos trabajos buscaron demostrar la relación entre las instituciones y el desempeño de los destinos. Esos pocos trabajos no demuestran dicha relación desde una perspectiva amplia – considerando todas las instituciones de diferentes destinos – y profunda – considerando la presencia, la actuación, los servicios y la estructura de relaciones existentes en diferentes destinos. Ante ese hueco, el objetivo general de esta investigación es comprobar la relación entre la presencia, la actuación, los servicios ofrecidos y la estructura de relaciones de las instituciones de soporte versus el desempeño de los destinos turísticos. Para eso, se determinó seis objetivos específicos: (i) identificar las instituciones de soporte involucradas en la actividad turística en destinos turísticos; (ii) identificar los servicios ofrecidos por las instituciones de soporte involucradas en la actividad turística en destinos turísticos; (iii) verificar la relación entre la existencia de las instituciones de soporte y el desempeño de destinos turísticos; (iv) verificar la relación entre los servicios ofrecidos por las instituciones de soporte y el desempeño de destinos turísticos; (v) identificar la estructura de las relaciones entre las instituciones locales; y (vi) verificar la conexión entre las relaciones y el desempeño de destinos turísticos. La tesis se desarrolló con base en la realización de tres estudios diferentes, pero relacionados. El Estudio 1 es un ensayo teórico, representa el marco teórico de la tesis y contempla la elaboración de seis proposiciones: (i) P1 - la diferencia entre el tipo de instituciones de soporte en los destinos no es significativa; (ii) P2 - la diferencia entre el tipo de servicios ofrecidos por las instituciones de soporte es significativa; (iii) P3 - hay una relación entre el número de instituciones de soporte y el desempeño del destino; (iv) P4 - hay una relación entre la cantidad de servicios ofrecidos por las instituciones de soporte y el desempeño del destino; (v) P5 - hay una conexión entre la estructura de las relaciones y el desempeño del destino; y (vi) P6 - hay una relación entre la actuación de las instituciones de soporte y el desempeño del destino. El Estudio 2 es, para la tesis, un estudio piloto. Se le llama estudio piloto por ser conducido para detectar los puntos débiles en el proyecto, ayudar al investigador a familiarizarse con el tema analizado, además de ser útil para probar el instrumento de recolección de datos y verificar la adecuación del tipo de muestreo elegido. En ese estudio se analizó el destino turístico de Pirenópolis-GO. Él es cualitativo y empírico y, en él, se realizaron entrevistas con representantes de 20 instituciones de soporte. Posteriormente, se realizó el Estudio 3, en lo cual se analizaron seis destinos inductores brasileños que presentan diferentes desempeños: Bento Gonçalves-RS, Paranaguá-PR, Caldas Novas-GO, São Joaquim-SC, São Raimundo Nonato-PI y Mateiros-TO. Se identificaron las instituciones de soporte en cada uno de los destinos y se realizó entrevistas con sus representantes con el auxilio de un guion de entrevista semiestructurado. En el total, se identificaron 179 instituciones, de las cuales se entrevistaron 108. Los datos obtenidos fueron analizados de diferentes maneras: i) Análisis de Redes Sociales; ii) Análisis de Correlaciones; iii) Análisis de Clusters; iv) Estadística descriptiva con técnicas de representación gráfica de los resultados; v) Análisis de datos cualitativos; y vi) Qualitative Comparative Analysis (QCA). Después de la realización de los tres estudios, se pudo analizarlos de forma conjunta, probar las seis proposiciones de la investigación y cumplir el objetivo general de la tesis. Así se concluyó que: i) la P1 es falsa, entonces, la diferencia entre el tipo de instituciones de soporte en los destinos es significativa; ii) la P2 es falsa, entonces, la diferencia entre el tipo de servicios ofrecidos por las instituciones de soporte no es significativa; iii) la P3 es verdadera, entonces, hay una relación entre el número de instituciones de soporte y el desempeño del destino; iv) la P4 es verdadera, entonces, hay una relación entre la cantidad de servicios ofrecidos por las instituciones de soporte y el desempeño del destino; v) la P5 es verdadera, entonces, hay una conexión entre la estructura de las relaciones y el desempeño del destino; y vi) la P6 es verdadera, entonces, hay una relación entre la actuación de las instituciones de soporte y el desempeño del destino. A continuación, se presentan las contribuciones teóricas, empíricas, administrativas y metodológicas, las limitaciones y, también, las sugerencias para futuras investigaciones. Por fin, se presentan los elementos postextuales.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PPGA - Doutorado em Administração (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39107/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.