Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38669
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_OlgadeCastroDytz.pdf3,59 MBAdobe PDFView/Open
Title: Entropia e uniformidade são parâmetros adicionais para avaliação óssea por tomografia computadorizada em pacientes com acromegalia
Authors: Dytz, Olga de Castro
Orientador(es):: Naves, Luciana Ansaneli
Assunto:: Acromegalia
Osteoporose
Entropia
Ossos - doenças
Issue Date: 1-Jul-2020
Citation: DYTZ, Olga de Castro. Entropia e uniformidade são parâmetros adicionais para avaliação óssea por tomografia computadorizada em pacientes com acromegalia. 2020. 106 f., il. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: A acromegalia é considerada uma causa importante de osteoporose secundária. No entanto, estudos sobre densidade mineral óssea (DMO) têm demonstrado resultados conflitantes e até o momento faltam estudos que avaliem um método de imagem preciso para o diagnóstico precoce da osteoporose nesses pacientes. O objetivo deste estudo foi avaliar se entropia e uniformidade na tomografia computadorizada (TC) são parâmetros úteis para otimizar a avaliação da fragilidade óssea em pacientes com acromegalia. Para isso foram reunidos 34 pacientes e 36 controles pareados por idade, sexo e fatores de risco de desmineralização óssea em um estudo transversal. O grupo acromegálico apresentou maior entropia óssea média (6,87 ± 0,98 vs. 6,03 ± 1,68, p = 0,013) e menor uniformidade óssea média (0,035 ± 0,704 vs. 0,1113 ± 0,205, p = 0,035) que o grupo controle. Analisando apenas acromegálicos, a entropia óssea média foi maior e a uniformidade óssea foi menor em pacientes com hipogonadismo do que em pacientes sem hipogonadismo (7,28 ± 0,36 vs. 6,74 ± 1,08, p = 0,038 e 0,008 ± 0,002 vs. 0,043 ± 0,079, p = 0,031), respectivamente. Pacientes com acromegalia apresentaram maior DMO e Z-score no colo do fêmur que no grupo controle (1,156 ± 0,108 vs. 0,925 ± 0,326 g \ cm2, p = 0,043 e 0,6 ± 0,6 vs. -0,05 ± 0,8, p = 0,041, respectivamente). O estudo identificou que entropia e uniformidade são parâmetros relevantes na avaliação da fragilidade óssea em pacientes acromegálicos.
Abstract: Acromegaly is considered an important cause of secondary osteoporosis. However, studies on bone mineral density (BMD) have yielded conflicting results and there are few studies that evaluate an accurate imaging method for early diagnosis of osteoporosis in these patients. The objective of this study was to assess whether entropy and uniformity on computed tomography (CT) scans are useful parameters for optimization of assessment of bone fragility in patients with acromegaly. We included 34 patients and 36 controls matched for age, sex and risk factors of bone demineralization in a cross-sectional study. Patients and controls underwent CT scan of the lumbosacral spine, dual-energy X-ray absormetry (DXA) and blood tests.A software was developed to calculate the entropy and uniformity by a region of interest (ROI) of the trabecular bone of the first lumbar vertebra (L1). The acromegalic group presented higher mean bone entropy (6.87 ± 0.98 vs. 6.03 ± 1.68, p=0.013) and lower mean bone uniformity (0.035 ± 0.704 vs. 0.1133 ± 0.205, p=0.035) than control group. Analyzing only acromegalics, mean bone entropy was higher and bone uniformity was lower in patients with hypogonadism than patients without hypogonadism (7.28 ± 0.36 vs. 6.74 ± 1.08, p=0.038 and 0.008 ± 0.002 vs. 0.043 ± 0.079, p=0.031) respectively. Patients with acromegaly presented higher BMD and Z- score in the femoral neck than control group (1.156 ± 0.108 vs. 0.925 ± 0.326 g\cm2 , p=0.043 and 0.6 ± 0.6 vs. -0.05 ± 0.8, p= 0.041, respectively). The study identified that entropy and uniformity are a relevant parameters data in bone fragility assessment in acromegalic patients.
Description: Tese (Doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38669/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.