Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37474
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_ThaynaAparecidadeOliveira.pdf4,28 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBraga, Jez Willian Batista-
dc.contributor.authorOliveira, Thayna Aparecida de-
dc.date.accessioned2020-04-14T12:58:56Z-
dc.date.available2020-04-14T12:58:56Z-
dc.date.issued2020-04-14-
dc.date.submitted2019-07-31-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Thayna Aparecida de. Identificação de fraudes em documentos por adição de texto e obliteração utilizando imagens hiperespectrais e quimiometria. 2019. 81 f., il. Dissertação (Mestrado em Química)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/37474-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Química, 2019.pt_BR
dc.description.abstractA análise de documentos visando a identificação de alteração feitas por adição de partes de números ou obliteração de trechos de texto é uma área de crescente interesse na ciência forense e tem demandado o desenvolvimento de técnicas que associem características típicas à análise de amostras forenses, como a preservação da integridade da amostra, com o requisito de objetividade na análise. A combinação de técnicas espectroscópicas, como a análise hiperespectral, e de quimiometria, possibilita a união desses atributos, fornecendo informações acerca da composição química e da distribuição dos componentes na amostra. O Comparador Espectral de Vídeo - VSC6000®, aparelho comumente encontrado nos laboratórios das polícias do Brasil, possui a função hiperespectral e, com o uso de ferramentas quimiométricas, é possível ampliar o uso desse equipamento nas análises forenses. O objetivo dessa pesquisa foi associar o uso da função imagem hiperespectral do VSC6000® à análise multivariada, e propor o desenvolvimento de um método não destrutivo, rápido e objetivo para identificação de fraudes em documentos por adição de texto e por obliteração. Foram testadas amostras de canetas azuis esferográficas, de 17 marcas e modelos distintos, que não são distinguíveis visualmente, com textos produzidos em papel sulfite, com análise na faixa espectral de 400 a 1000 nm. Para a adição de texto, as amostras simularam a adição de um algarismo “zero” a um número dez, produzindo uma falsificação do número cem. Para a obliteração, as amostras simularam a revelação de quantidade de letras da palavra “FALSO”, escrita por uma caneta e ocultada pela sobrecarga de outra. Demonstrou-se que, pela combinação de métodos de análise univariada e multivariada - utilizando-se Análise de Componentes Principais e Resolução Multivariada de Curvas - é possível a identificação de fraudes por adição de texto em 92% dos casos analisados, e a revelação de toda ou parte da informação escondida para 93% dos casos de obliteração analisados. Nos casos da fraude por obliteração, a realização de um teste cego comprovou a eficácia de 67% de acerto na identificação da fraude. Demonstrou-se que a associação da imagem hiperespectral à quimiometria, em casos de adição de texto e obliteração, é capaz de potencializar uma técnica baseada em um aparelho com baixa resolução espectral, como o VSC6000®, e aumentar a sua eficácia para a solução de casos nos laboratórios de polícia brasileiros.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleIdentificação de fraudes em documentos por adição de texto e obliteração utilizando imagens hiperespectrais e quimiometriapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordImagem hiperespectralpt_BR
dc.subject.keywordDocumentoscopiapt_BR
dc.subject.keywordCiências forensespt_BR
dc.subject.keywordComparador espectral de vídeopt_BR
dc.subject.keywordFraudept_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.contributor.advisorcoTalhavini, Marcio-
dc.description.abstract1The analysis of document alteration through the addition of parts of numbers or obliteration of text segments is an area of growing interest in forensic science and has required the development of techniques that associate typical characteristics to the analysis of forensic samples, such as preservation of the integrity of the sample, with the requirement of objectivity in the analysis. The combination of spectroscopic techniques and multivariate statistics allows the union of these attributes. The association of hyperspectral imaging with chemometrics provides information about the chemical composition and distribution of components in the sample. The purpose of this work is the development of a non - destructive, fast and objective method for identification of document fraud by addition of text and hyperspectral image - based obliteration with the use of the Video Spectral Comparator - VSC6000 ® and chemometrics. Samples of blue ballpoint pens of 17 different brands and models, which are not visually distinguishable, with texts produced in sulphite paper, with analysis by the spectrometric function in the 400 to 1000 nm range, were tested. The samples simulated: for the addition of text, the addition of a digit "zero" to a number ten, producing a falsification of the number one hundred; for obliteration, the revelation of the quantity of letters of the word “FALSE”, written by one pen and concealed by the overload of another. It has been demonstrated that by combining univariate and multivariate analysis methods - using Principal Component Analysis and Multivariate Curve Resolution - it is possible to identify fraud by adding text in 92% of the analyzed cases, and the disclosure of part or total hidden information to 93% of the cases of obliteration analyzed. It was verified that, in the cases of obliteration fraud, there is variation of the result due to the previous knowledge of the hidden word. Multivariate analysis with the use of hyperspectral imaging data has been reported in the literature as an appropriate tool for the discrimination of pen paints and it has been demonstrated, through the present study, that chemometrics is capable of potentiating a technique based on a spectral low-resolution device, such as VSC6000®, and increase its effectiveness for case resolution in Brazilian police laboratories.pt_BR
Appears in Collections:IQ - Mestrado em Química (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37474/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.