Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36025
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2019_LarissaMoreiraAlvesGranado.pdf2,95 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Estimativa de biomassa e combustível em diferentes fitofisionomias do Cerrado
Autor(es): Granado, Larissa Moreira Alves
Orientador(es): Pereira, Reginaldo Sérgio
Assunto: Índice de vegetação
Cerrados
Cerrados - vegetação
Biomassa vegetal
Combustível vegetal
Data de publicação: 27-Dez-2019
Referência: GRANADO, Larissa Moreira Alves. Estimativa de biomassa e combustível em diferentes fitofisionomias do Cerrado. 2019. 71 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Resumo: Apesar de toda importância ecológica do Cerrado, o bioma tem sido degradado devido ao desmatamento e as atividades antrópicas que têm alterado significativamente o regime do fogo, sejam elas por meio de prática direta de uso do solo ou indireta a partir de mudanças climáticas. Por contas dessas transformações, o Cerrado é um dos biomas vegetais mais ameaçados da América do Sul e necessita de melhorias na criação de políticas de manejo e conservação. O conhecimento das formações vegetais, juntamente com a quantificação de biomassa e carga de combustível, pode auxiliar no controle e na preservação, pois proporciona insumo para o manejo de áreas no Cerrado. Assim, o objetivo deste trabalho foi estimar a biomassa área da vegetação e a biomassa de combustível, utilizando dados derivados de sensoriamento remoto em diferentes fitofisionomias do Cerrado, a fim de gerar uma equação que capte a variação dessas variáveis dentro das fisionomias do Cerrado. Para isso, foi gerado uma regressão entre a biomassa e os índices de vegetação, em que a biomassa foi estimada a partir de equações alométricas e os índices de vegetação foram estimados a partir dos satélites RapidEye e Landsat 5 TM. A precisão das equações foi avaliada pela correlação entre os valores estimados e os observados (R²), pelo erro-padrão da média (E) e pela distribuição dos gráficos de resíduos. Após essa análise, foi realizada uma nova regressão correlacionando a biomassa com o combustível. A partir das equações geradas, foi possível obter o mapa de cobertura da biomassa aérea e do combustível. Os resultados mostraram que as equações de regressão para a quantificação da biomassa aérea e do combustível apresentaram significativos valores estatísticos. O índice de vegetação melhorado (EVI), com R²= 0,77 e E =51,1%, foi o melhor índice para estimativa de biomassa a partir do satélite Landsat 5 TM e o índice de diferença normalizada red-edge (NDRE), com R² = 0,87 e E= 30,39%, foi o melhor índice para estimativa de biomassa a partir de imagens do RapidEye. Baseado nos valores de biomassa foi gerado uma equação para estimativa da variação de combustível dentro das fitofisionomias. A equação apresentou R² = 0,78 e erro padrão de 18%, portanto os índices de vegetação foram eficazes na estimativa de biomassa e combustível para diferentes fitofisionomias do Cerrado. Com esses dados, foram gerados mapas de distribuição de biomassa aérea e combustível. Tais informações são fundamentais para definição de política de manejo, controle e prevenção de incêndios e até mesmo na mitigação da emissão de gases do efeito estufa.
Abstract: Despite all of the ecological importance of Cerrado, the biome has been suffering drastically with deforestation and antropical activities that have been significantly altering the fire regime, may they be by the direct practice of soil usage or indirectly, caused by climate changes. Because of these transformations, the Cerrado is one of the most threatened vegetal biomes of South America and demands improvement in the creation of management and conservation policies. The knowledge of the vegetal formations, alongside the quantification of biomass and the fuel load, can help in the control and preservation, because it provides input for the management in Cerrado areas. Therefore, the objective of this research is to evaluate the relation between the vegetation indexes, the aerial biomass and the fuel in order to generate an equation that can capture the variation of the variables inside the different Cerrado physiognomies. To do that, a regression between the biomass and the vegetation indexes was generated, in which the biomass was estimated from allometric equations and the vegetation indexes were estimated based ont the satellites RapidEye and LandSat 5 TM. The precision of the equations was evaluated by the correlation between the estimated and the observed values (r2), by the standard error from the mean (E) and by the distribution of the residue graphics. After this analysis, a new regression was made, correlating the biomass with the fuel. It was possible to obtain the map of covering of the aerial biomass and the fuel from the equations generated. The results show that the regression equations for the aerial biomass quantification and the fuel presented significant statistical values. The Enhanced Vegetation Index (EVI), with R²= 0,77 and E =51,1%, was the best index for biomass estimation from the satellite LandSat 5 TM and the Normalized Difference Red-Edge Index (NDRE), with R² = 0,87 and E= 30,39%, was the best index for biomass estimation from the satellite rapideye. Based on the biomass values, an equation for an estimate variation of fuel in the phytophysiognomies was generated. The equation presented R² = 0,78 and standard error from the mean of 18%, therefore, the vegetation indexes were effective on the biomass and fuel estimates for different Cerrado phytophysiognomies. Using this data, maps of aerial biomass and fuel were generated. Such information is fundamental for the definition of management, control and prevention of wildfires policies and even to the mitigation of the greenhouse effect gas emissions.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2019.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:EFL - Mestrado em Ciências Florestais (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.