Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/35430
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_RobsondeGoeseSilva.pdf3,16 MBAdobe PDFView/Open
Title: Museus e comunicação pública : um estudo sobre os Tribunais Superiores no Brasil
Authors: Silva, Robson de Goes e
Orientador(es):: Paulino, Fernando Oliveira
Assunto:: Museus
Comunicação pública
Direito à informação
Tribunais superiores - Brasil
Issue Date: 16-Sep-2019
Citation: SILVA, Robson de Goes e. Museus e comunicação pública: um estudo sobre os Tribunais Superiores no Brasil. 2019. 139 f., il. Dissertação (Mestrado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: A presente dissertação se refere aos museus localizados nos cinco Tribunais Superiores do Judiciário no Brasil. São eles: Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Superior Tribunal Militar, Tribunal Superior Eleitoral e Tribunal Superior do Trabalho. O objetivo da pesquisa foi compreender se os museus mencionados constituem-se como iniciativas de Comunicação Pública e de promoção do direito à informação. A problemática gira em torno do distanciamento entre os museus e a população, que foi constatado em pesquisa do Instituto Brasileiro de Museus (2012) e pôde também ser confirmado pelo baixo quantitativo de público informado pelos gestores dos museus estudados. A escolha pelo estudo dessas instituições se justifica porque museus desta tipologia, considerados institucionais, constituem mais de 50% do cenário museológico da capital federal. Investigar a dinâmica de divulgação e acesso a esses espaços públicos é uma necessidade a ser atendida. Para tanto, foi utilizado o referencial metodológico denominado Hermenêutica de Profundidade, de John B. Thompson (1995), cruzando interpretação documental, bibliográfica, entrevistas semiestruturadas e reinterpretação de dados. Foi possível constatar que os museus analisados não foram majoritariamente criados como resultado de uma estratégia de comunicação com o público externo, mas sim para atender a demandas institucionais. Nesse sentido, pela ótica teórica e normativa da Museologia e da Comunicação, foi possível concluir que os museus estudados apresentam dificuldades no cumprimento da função social que seria típica à sua natureza.
Abstract: This dissertation refers to the museums located in the five Superior Courts of the Judiciary in Brazil. They are: Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Superior Tribunal Militar, Tribunal Superior Eleitoral e Tribunal Superior do Trabalho. Research‘s objective was to understand if the mentioned museums constitute as initiatives of Public Communication and promotion of the right to information. The problematic revolves around the distance between those museums and population, which was verified in a research developed by the Brazilian Institute of Museums (2012) and could be also confirmed by the low amount of public informed by the managers of those studied museums. The choice for studying of these institutions is justified by the fact that museums of this type, considered institutional, constitute more than 50% of the museological scene of the federal capital. Investigating the dynamics of disclosure and access to these public spaces is a need to be faced. For that, the methodological reference called Depth Hermeneutics, by John B. Thompson (1995), was used, crossing documentary, bibliographic interpretation, semi-structured interviews and reinterpretation of data. Following this way it was possible to verify that the analysed museums were not for the most part created as a result of a strategy of communication to the external public, but to face institutional demands. In a accordance to these permises, from the theoretical and normative point of view of Museology and Communication, it was possible to conclude that the museums studied presented difficulties in fulfilling the social function that would be typical of their nature.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Expressão e Comunicação, Departamento de Comunicação, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35430/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.