Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/32965
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAPITULO_TransparenciaRelatoriosGestao.pdf4,2 MBAdobe PDFView/Open
Title: A transferência dos relatórios de gestão nas universidades federais : proposta de um modelo de análise
Authors: Zorzal, Luzia
Rodrigues, Georgete Medleg
Assunto:: Transparência
Relatórios
Universidades e faculdades
Setor público
Issue Date: 2017
Publisher: Facultad de Ciencias de la Documentación, Universidad Complutense de Madrid
Citation: ZORZAL, Luzia; RODRIGUES, Georgete Medleg. A transferência dos relatórios de gestão nas universidades federais: proposta de um modelo de análise. In: CUEVAS CERVERÓ, Aurora et al. (Coord.). Investigación en información, documentación y sociedad: perspectivas y tendencias. Madrid: Facultad de Ciencias de la Documentación, Universidad Complutense de Madrid, 2017. v. 2. p. 117-130. Disponível em: <https://eprints.ucm.es/49084/>. Acesso em: 26 out. 2018.
Abstract: A informação sob a tutela do Estado é um bem público e sua evidenciação deve ser iniciativa da Administração Pública, de forma espontânea, proativa, independente de solicitação, ou seja, transparência ativa, como definido no Decreto nº 7.724, de 16 de maio de 2012 que regulamentou a Lei de Acesso à Informação no Brasil. Assim, às instituições públicas cabe identificar as informações mais demandadas pela sociedade e disponibilizá-las proativamente na Internet e/ou outros meio de comunicação, a fim de oportunizar seu acesso pelos stakeholders evitando custos para ambas as partes. As Tecnologias de Informação e Comunicação facilitam a produção de informações e a sua disseminação, mas aquelas precisam estar organizadas. Nessa perspectiva, a transparência é condição imprescindível para a garantia do acesso à informação pública, que deve ser socializada e democratizada. Propiciar à sociedade informações governamentais de qualidade para que os stakeholders possam aproveitar todo o potencial que os dados podem oferecer é fundamental para os gestores públicos. Essa comunicação apresenta parte dos resultados de uma tese de doutorado em Ciência da Informação concluída em 2015. Apresenta a proposta de um modelo de análise para avaliação dos Relatórios de Gestão de Universidades Federais. Com base no modelo metodológico já utilizado em outro contexto institucional para definir categorias e subcategorias, foram identificadas 14 categorias subdivididas em 110 subcategorias indicadoras de boas práticas de governança. A pesquisa concluiu que as categorias e respectivas subcategorias detectadas podem se constituir em indicadores para um modelo de análise do nível de transparência para as universidades públicas. Permite, ainda, calcular o nível de transparência dos Relatórios de Gestão de cada universidade e a obtenção de um ranking de classificação entre elas.
Abstract: The information under the State supervision is a public good and its disclosure should be the initiative of the Public Administration, spontaneously, proactive, regardless of request, or rather, active transparency as defined in federal Decree nº 7.724, on May 16, 2012 which regulates the Access to Information in Brazil. Thus, public institutions must identify the most demanded information by society and make them available proactively on the Internet and / or other means of communication in order to provide access by stakeholders avoiding costs for both parties. The Information and Communication Technologies facilitate the production of information and its dissemination, but those need to be organized. In this perspective, transparency is a crucial condition for ensuring access to public information, which must be socialized and democratized. Provide to society quality government information so that stakeholders can take advantage of all the potential that the data can offer is essential for public managers. This communication presents the results of a doctoral thesis in Information Science completed in 2015. It presents a proposal of an analysis model to evaluate the Management Reports of Federal Universities. Based on the methodological model already used in other institutional context to define categories and subcategories have been identified 14 categories divided into 110 subcategories of good governance practices. The research concluded that the categories and their subcategories detected may constitute indicators for an analysis model of the level of transparency for public universities. It also allows to calculate the level of transparency of Management Reports from each university and obtaining a ranking classification between them.
Licença:: Los textos e imágenes publicados en esta obra están sujetos –excepto que se indique lo contrario– a una licencia de Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual (BY-NC-SA) v.3.0 España de Creative Commons. Por tanto, la obra se puede copiar, reproducir, distribuir, remezclar, transformar o comunicar públicamente en cualquier medio o formato, siempre que se cite al autor y a la fuente (UCM. Universidad Complutense de Madrid), y siempre que la obra derivada quede sujeta a la misma licencia y que se haga sin fines comerciales o ánimo de lucro. La licencia completa se puede consultar en: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/es/
Appears in Collections:FCI - Livros e capítulos de livros

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32965/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.