Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/32886
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_AnaCarollinaGutierrezPompeu.pdf2,96 MBAdobe PDFView/Open
Title: Conquistar o deserto : resistência indígena e violência na fronteira do Pampa e da Patagônia (1850-1885)
Authors: Pompeu, Ana Carollina Gutierrez
Orientador(es):: Doratioto, Francisco Fernando Monteoliva
Assunto:: Índios da América do Sul - Argentina - história
Argentina
Pampa
Patagônia
Argentina - história
Povos indígenas - Argentina
Campanha do Deserto
Issue Date: 22-Oct-2018
Citation: POMPEU, Ana Carollina Gutierrez. Conquistar o deserto: resistência indígena e violência na fronteira do Pampa e da Patagônia (1850-1885). 2018. 219 f., il. Tese (Doutorado em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: A conquista dos “desertos” ou das terras indígenas na Argentina será retratada nesta tese, cujo objetivo é compreender as lógicas dos índios e criollos dentro desse processo de transculturação. Diversos cacicados habitavam o Pampa e a Patagônia de forma autônoma ao governo criollo, mas em relação com este por meio de um “espaço de fronteira”, local onde ocorriam interações pacíficas e conflitivas entre as duas sociedades. A intenção de ocupar as áreas indígenas, primeiramente pelos espanhóis e concluída pelos argentinos, esteve presente desde os primeiros contatos com as sociedades previamente estabelecidas. No entanto, a capacidade de adaptação e resistência dos índios do Pampa postergou por séculos a definitiva ocupação de suas terras pelos criollos, que só ocorreu após um longo processo de enfraquecimento dos cacicados. Esse processo teve seu ápice após consolidado o Estado argentino, que passou a ter condições de se impor perante as sociedades pampeanas, utilizando discursos que ressaltavam a “inferioridade” dos índios e serviram para legitimar a expansão da “civilização”, tendo em vista o “progresso” desse Estado. A exclusão e a marginalização das populações indígenas foi reflexo dessas políticas que ocorreram de forma sistemática entre as décadas de 1850 a 1885, terminando com a definitiva formação do território argentino no final do século.
Abstract: The desert’s or Indigenous people’s lands conquest will be placed in this thesis, which the purpose is to understand the Indigenous people and the criollos logical within this transculturation process. Many cacicados had autonomous living in the Pampa and Patagonia in despite of criollos’ government, but in relation with each other in the “frontier space” where pacific and conflictive interactions happened. The intention to occupy the Indigenous people’s lands existed since the first contacts with the Spanish colonization, and was concluded by the Argentineans. However, the Indigenous people ability of adaptation and resistance deferred for centuries the occupation of their land, and that only occurred after a long process of caciques weakening. This process had peak after the consolidation of the Argentinean State that gain material conditions to impose itself against Pampean society, using speeches that emphasized their “inferiority” to legitimize the expansion of “civilization” in view of the State “progress”. The exclusion and marginalization of Indigenous people populations was a reflection of these policies that occurred systematically between the 1850 and 1885s, and ending with the definitive formation of the Argentine territory at the end of the century.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em História, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).
Appears in Collections:HIS - Doutorado em História (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32886/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.