Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/25308
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_KamilaThaisdaSilvaFigueira.pdf2,71 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPorto, Maria Stela Grossi-
dc.contributor.authorFigueira, Kamila Thais da Silva-
dc.date.accessioned2017-11-30T20:20:58Z-
dc.date.available2017-11-30T20:20:58Z-
dc.date.issued2017-11-30-
dc.date.submitted2017-08-18-
dc.identifier.citationFIGUEIRA, Kamila Thais da Silva. Polícia feminina: construção identitária e representações sociais na polícia militar do Distrito Federal. 2017. 131 f., il. Dissertação (Mestrado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/25308-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2017.pt_BR
dc.description.abstractO principal objetivo da pesquisa foi a análise do processo de construção da identidade das policiais militares femininas do Distrito Federal, a partir do exame das representações sociais sobre o papel, as funções e o lugar dessas profissionais na instituição. Dessa forma, a pesquisa se concentrou na problemática: “Como as mulheres da polícia militar do Distrito Federal constroem sua identidade profissional?”. Para isso, utilizou-se da Teoria das Representações Sociais como abordagem teórico-metodológica, o que permitiu captar os sentidos e os significados dados pelas policiais ao seu próprio trabalho, ao seu papel, a sua função na instituição e às situações específicas que vivenciam pelo fato de serem mulheres em uma instituição que é masculina por excelência. O conjunto de representações sociais compartilhado e reproduzido entre mulheres e homens policiais em relação às policiais femininas e ao trabalho dessas profissionais, forma crenças, estereótipos, preconceitos que, por sua vez, podem direcionar práticas policiais. Por isso, a presente proposta de pesquisa pode contribuir para ampliar a compreensão dos desafios do trabalho policial. Sabe-se que a construção social da identidade é um processo elaborado a partir do olhar do outro. Por isso, também foram identificadas e analisadas as representações sociais que os policiais têm em relação à presença e ao trabalho das mulheres na polícia militar. Se identificou que a construção identitária da policial feminina permanece informada pela construção da identidade policial masculina baseada em valores como “heroísmo”, “força”, “coragem”, “bravura”, “virilidade”, etc. Os processos que buscam uma identidade policial feminina válida e aceita são permeados por estereótipos de gênero fundados no senso comum. Esses estereótipos foram utilizados ora para enaltecer a presença e função feminina na polícia, ora para inferiorizar ou deslegitimar essa presença e função. Assim, verificou-se um caráter ambíguo presente tanto nas representações sociais de homens e mulheres policiais como no processo de construção identitário das mulheres na polícia militar do Distrito Federal.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titlePolícia feminina : construção identitária e representações sociais na polícia militar do Distrito Federalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordPoliciais - identidade socialpt_BR
dc.subject.keywordIdentidade profissionalpt_BR
dc.subject.keywordMulherespt_BR
dc.subject.keywordRepresentações sociaispt_BR
dc.subject.keywordRepresentações identitáriaspt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1The main objective of the research was the analysis of the process of construction of the identity of the female military police of the Federal District, based on the examination of the social representations about the role, functions and place of these professionals in the institution. Thus, the research focused on the problematic: "How do the women of the Federal District military police build their professional identity?" For that, the Theory of Social Representations was used as a theoretical-methodological approach, which allowed to capture the senses and the meanings given by the police to their own work, their role, their function in the institution and the specific situations that they experience through women in an institution that is masculine par excellence. The set of social representations shared and reproduced by police officers forms beliefs, stereotypes. Therefore, this research proposal can contribute to broadening the understanding of the challenges of police work. The social construction of identity is a process elaborated from the perspective of the other. The identity construction of the female police officer is informed by the construction of the male police identity based on values such as "heroism", "strength", "courage", "bravery", "virility", etc. The processes that seek valid and accepted female police identity are permeated by gender stereotypes based on common sense. These stereotypes were used to enhance the female presence and function in the police, sometimes to downgrade or delegitimize this presence and function. Thus, there was an ambiguous character present both in the social representations of police officers and in the process of identity construction of women in the military police of the Federal District.pt_BR
Appears in Collections:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/25308/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.