Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/19130
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_IaraCristinadaSilvaAlves.pdf5,9 MBAdobe PDFView/Open
Title: Políticas públicas, territorialidade e liberdade dos remanescentes de quilombo kalunga
Authors: Alves, Iara Cristina da Silva
Orientador(es):: Araújo Sobrinho, Fernando Luiz
Assunto:: Política pública
Territorialidade humana - negros - Goiás (Estado)
Quilombolas
Desenvolvimento
Kalunga (comunidade quilombola brasileira) - Goiás (Estado)
Issue Date: 8-Jan-2016
Citation: ALVES, Iara Cristina da Silva. Políticas públicas, territorialidade e liberdade dos remanescentes de quilombo kalunga. 2015. 262 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: A pesquisa aborda a situação de vulnerabilidade social historicamente e espacialmente produzida nos territórios das comunidades remanescentes de quilombos no Brasil, pretendendo verificar os possíveis efeitos das políticas públicas articuladas para os quilombolas, no seu espaço e desenvolvimento humano. Para efeitos de delimitação de pesquisa, foi considerado o recorte territorial da Comunidade Kalunga, localizada no nordeste goiano. Após análise de dados socioeconômicos do território, da ação de políticas públicas no espaço e a partir da pesquisa de base etnográfica no território Kalunga, foi possível, a partir da teoria do espaço geográfico de Milton Santos e do desenvolvimento como liberdade de Amartya Sen, checar a hipótese de que a inserção de políticas públicas que visam reduzir a pobreza bem como aumentar o acesso a serviços públicos e as oportunidades de inclusão socioeconômica permitem aumentar a capacidade e a liberdade dos quilombolas.
Abstract: This study draws upon the situation of social vulnerability historically and spatially produced in remaining communities of quilombos, a Brazilian hinterland settlement founded by people of African origin. The purpose is to identify the possible effects of public policies on the space and human development of the quilombolas. The research focuses on the Kalunga community, which is located in the northeast of the state of Goiás, Brazil. It has provided an analysis of socioeconomic data of the municipalities in which the Kalunga territory is inserted and of the action of public policies on its space. Added to that, the ethnographic research in the Kalunga territory allowed us to reflect on Milton Santos’ Geographic Space Theory and on Amartya Sen’s concept of development as freedom. It was possible to conclude that the insertion of public policies that aim at reducing poverty and raising access to public services and to opportunities of socioeconomic inclusion allows broadening quilombolas’ capacities and freedom.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Geografia, Instituto de Ciências Humanas, Centro de Cartografia Aplicada e Informação Geográfica, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.06.D.19130
Appears in Collections:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19130/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.