Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/17990
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_MiltonSerpadeMeiraJunior.pdf1,54 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeitos da diversidade funcional na produção florestal : estudo de caso no Cerrado sentido restrito
Other Titles: Effects of functional diversity in forest production : a case study in Cerrado sentido restrito
Authors: Meira Junior, Milton Serpa de
Orientador(es):: Imaña Encinas, José
Coorientador(es):: Pinto, José Roberto Rodrigues
Assunto:: Manejo florestal
Cerrados
Biodiversidade
Issue Date: 27-Apr-2015
Citation: MEIRA JUNIOR, Milton Serpa de. Efeitos da diversidade funcional na produção florestal: estudo de caso no Cerrado sentido restrito. 2015. viii, 44 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Este trabalho teve como objeto avaliar os efeitos da diversidade funcional sobre o estoque florestal em uma área no Cerrado sentido restrito. A diversidade funcional é o valor e a variação das espécies e de suas características que influenciam no funcionamento das comunidades vegetais. A teoria da diversidade funcional prevê que as maiores diferenças na utilização de recursos levam ao aumento da função do ecossistema. Com a crescente redução de habitats se faz necessário quantificar e prever os efeitos da perturbação nos padrões de biodiversidade para orientar os esforços de conservação e nos sistemas de manejo dos recursos ambientais. Para avaliar os efeitos na diversidade funcional foram mensurados oito atributos funcionais em área de Cerrado sentido restrito. A produtividade da assembleia foi avaliada através do estoque da assembleia lenhosa, o qual foi mesurado por meio do volume e biomassa utilizando as equações: V=1,09×10−4×Db2+4,51×10−4×Db2× Ht; B=−0,4913+0,0291×(Db2×Ht). Para cada uma das variáveis foram testados dez modelos matemáticos. Foram mensurados na área de estudo 1694 indivíduos distribuídos em 27 famílias e 56 espécies, sendo 111 indivíduos mortos. Para as duas variáveis estudadas, volume e biomassa, os melhores modelos foram exponenciais e logarítmicos. Nenhum modelo linear apresentou regressão ou parâmetros significativos. Os gráficos de resíduos para as variáveis mostraram que apesar de apresentar regressão e parâmetros significativos e os modelos apresentaram dependência espacial dos resíduos. Conclui-se que os modelos não são bons preditores para a quantificação do volume.
Abstract: The object this study was to evaluate the effects of functional diversity on forest productivity in an area in the Cerrado strictu sensu. Functional diversity is the value and the variation of species and their characteristics that influence the functioning of plant communities. The theory of functional diversity provides that the greatest differences in resource utilization lead to increased ecosystem function. With the increasing reduction of habitats is necessary to quantify and predict the effects of disturbance on biodiversity patterns to guide conservation efforts and management systems of environmental resources. To assess the effects on functional diversity were measured eight functional attributes in the Cerrado restricted sense area. The productivity of woody meeting was gauged through the volume and biomass using the equations: V=1,09×10−4×Db2+4,51×10−4×Db2× Ht; B=−0,4913+0,0291×(Db2×Ht). For each of the ten variables were tested mathematical models. Were measured in the study area in 1694 individuals belonging to 27 families and 56 species, with 111 dead individuals. For two variables, volume and biomass, the best designs were exponential and logarithmic. No linear regression model showed significant or parameters. The residual graphs for variables showed that despite a significant regression parameters and models presented spatial dependence of waste. We find that models are not good predictors for quantifying the volume.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.02.D.17990
Appears in Collections:EFL - Mestrado em Ciências Florestais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17990/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.