Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/17550
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_GeovanaRochaOliveira.pdf2,56 MBAdobe PDFView/Open
Title: Adição de extratos e óleos vegetais na alimentação de poedeiras : oxidação lipídica e qualidade física de ovos armazenados em diferentes temperaturas
Other Titles: Effect of dietary supplementation with plant extracs and oils : lipid oxidation and quality parameters of eggs stored in different temperatures
Authors: Oliveira, Geovana Rocha de
Orientador(es):: Racanicci, Aline Mondini Calil
Assunto:: Animais - alimentação
Galinha - alimentação e rações
Ovos - produção
Óleos vegetais
Issue Date: 4-Feb-2015
Citation: OLIVEIRA, Geovana Rocha de. Adição de extratos e óleos vegetais na alimentação de poedeiras: oxidação lipídica e qualidade física de ovos armazenados em diferentes temperaturas. 2014. xviii, 133 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Animais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: O objetivo neste trabalho foi avaliar os efeitos da utilização de extratos e óleos vegetais na alimentação de poedeiras da linhagem Isa-Brown sobre a qualidade física e atividade antioxidante em ovos in natura armazenados sob refrigeração (R) e em temperatura ambiente (TA) e, também, sobre a oxidação lipídica em gemas cozidas mantidas em refrigeração. As poedeiras receberam ração isoproteica (15% PB) e isoenergética (2900 Kcal Kg-1) à base de milho e farelo de soja, formuladas com inclusão de dois níveis (0,1 e 0,3%) de extratos de pacarí (Lafoensia pacari) ou barbatimão (Stryphnodendron barbatimam), e três níveis (0,03; 0,06 e 0,09%) de óleos de copaíba (Copaifera langsdorffii) ou dois níveis (0,03 e 0,06%) de sucupira (Pterodon emarginatus), mais um controle negativo. Para o experimento com ovos in natura, periodicamente foram utilizados 3 ovos por tratamento para as análises de qualidade física (unidade Haugh, UH; índice de gema, IG; cor (L*, a* e b*); espessura de casca , EC; pH de gema e de albúmen e porcentagens de casca, gema e albúmen), sendo que, em seguida as gemas foram separadas, homogeneizadas em um “pool” por tratamento e utilizadas para as análises de TBARS (Thiobarbituric acid reactive substances), determinada em quadruplicata. Para o experimento com gemas cozidas foram utilizados outros ovos cujas gemas foram separadas e homogeneizadas em “pool” de três gemas por tratamento, analisadas em duplicata. Os dados foram avaliados adotando um modelo misto utilizando-se o software SAS 9.3. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey em 5% de nível de significância e o período de armazenamento foi considerado como um fator longitudinal, variando de 5 tempos no experimento com gemas cozidas e nos ovos in natura sob R e em TA (0 a 30 dias) até 9 tempos sob R (0 a 60 dias). Foi observado que, nos ovos em TA, a adição de 0,1% de PAC na dieta das poedeiras melhorou estabilidade oxidativa dos lipídios, mostrando efeito semelhante à aplicação da refrigeração. Foi observado também, que houve aumento (p<0,05) da cor amarela (+b*) para os ovos de poedeiras arraçoadas com a inclusão de 0,1% de BAR e PAC em TA, quando comparados aos tratamentos sob R. Nas análises de gemas cozidas, a inclusão de 0,1% de extratos de PAC e BAR retardou a oxidação lipídica até 14 e 21 dias, respectivamente. Também foi verificada proteção dos lipídios durante o cozimento na maior dosagem de PAC (0,3%). Em relação aos óleos de COP e SUC, observou-se controle da elevação do pH das gemas em TA e que, com a adição 0,06% de COP, os valores de UH até os 14 dias em TA foram semelhantes (p>0,05) aos tratamentos refrigerados. No armazenamento de gemas cozidas, a inclusão COP (0,03 e 0,06%) apresentou ação antioxidante até os 21 dias, e efeito pró-oxidante ao aumentar o nível para 0,09%. Conclui-se que o uso de extratos e óleos vegetais tem ação antioxidante, influenciando, também, na qualidade de coloração e pH das gemas e UH, respectivamente, em ovos armazenados em TA. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The aim of this study was to evaluate the effect of the dietary supplementation of Isa-Brown layers with plant extracts and oils on quality and antioxidant activity of fresh eggs stored under refrigeration (R) and kept in room temperature (TA); and, also, to evaluate lipid oxidation of cooked egg yolk kept under refrigerated storage. Hens were fed balanced corn-soybean diets formulated to be iso-proteic (15% CP) and iso-energetic (2900 Kcal Kg-1) and supplemented with two inclusion levels (0.1 and 0.3%) of pacarí (Lafoensia pacari) or barbatimão (Stryphnodendron barbatimam) extracts, three inclusion levels (0.03; 0.06 and 0.09%) of copaíba (Copaifera langsdorffii) oilresin or two inclusion levels (0.03 and 0.06%) of sucupira (Pterodon emarginatus) oilresin, plus a negative control (CN). For the experiment evaluating fresh eggs, three eggs were randomly selected per treatment to evaluate internal and external quality (haugh unit, UH; yolk index, IG; yolk color (L*, a* e b*); shell thickness, EC; yolk and albumen pH and percentages of shell, albumen and yolk). The yolks were then separated from the albumen, collected, blended to obtain a pool per treatment and used for TBARS analysis (Thiobarbituric acid reactive substances), which was determined in quadruplicate. For the experiment evaluating cooked yolk, other three egg yolks were selected and blended to obtain a pool per treatment, determined in duplicate. Data analysis was performed with SAS 9.3 (SAS Institute Inc, Cary, NC), with a mixed model and using Tukey test, at a 5% significance level. The storage period was considered a longitudinal factor, which varied from five times, for R cooked yolk and TA fresh yolk (0-30 days), to nine times, for R fresh yolk (0-60 days). It was detected that, for TA eggs, 0.1% dietary supplementation with PAC improved lipid stability, demonstrating similar effects to the application of refrigeration. An increase (p<0.05) in yellowness (+b*) was observed for the egg yolk of layers fed diets supplemented with 0.1% of BAR and PAC kept in TA, when compared to R treatments. For the cooked yolk analysis, the inclusion of 0.1% of PAC and BAR extracts delayed lipid oxidation until 14 and 21 days respectively, demonstrated by the lower (p<0.05) TBARS levels. Lipid stability was also detected during cooking for the higher dosage of PAC (0.3%). Considering COP and SUC oilresin supplementation, it was observed that an increase in pH of TA yolk did not differ (p>0.05) from any treatment kept under R; and, also, the inclusion of 0.06% of CP, the value UH kept in TA was similar to eggs kept in refrigeration until 14 days. During cooked yolk storage, the inclusion of 0.03 and 0.06% of COP presented antioxidant activity until the 21st day; concomitantly, a prooxidant effect was detected for the 0.09% inclusion level of the same extract. Therefore, it can be inferred that the supplementation of plant oils and extracts presented antioxidant effect even after cooking, influencing yolk color and pH and UH of eggs stored in room temperature.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Ciência Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17550/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.