Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/16980
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_NataliaLajoYáñez.pdf6,35 MBAdobe PDFView/Open
Title: Da micro à macroeconomia dos recursos não renováveis : limitações para incorporar a exaustão das reservas minerais nas contas nacionais do Peru
Authors: Yáñez, Natalia Lajo
Orientador(es):: Nogueira, Jorge Madeira
Assunto:: Recursos naturais
Mineração - Peru
Contas nacionais - Peru
Issue Date: 21-Nov-2014
Citation: YÁÑEZ, Natalia Lajo. Da micro à macroeconomia dos recursos não renováveis: limitações para incorporar a exaustão das reservas minerais nas contas nacionais do Peru. 2014. 99 f., il. Dissertação (Mestrado em Economia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: O presente trabalho analisa a relação do Sistema de Contas Nacionais (SCN) com os recursos naturais não renováveis. Nesse contexto, toma-se como estudo de caso o setor de mineração do Peru. O objetivo principal é identificar as limitações pelas quais a exaustão dos recursos minerais não é incorporada na contabilidade nacional do Peru. A abordagem metodológica utilizada es a teoria econômica neoclássica para realizar uma revisão e análise dos microfundamentos da macroeconomia dos recursos naturais. Os resultados obtidos apontam que as limitações são a própria metodologia do SCN, a pouca disponibilidade de dados ambientais e a desconfiança das instituições frente a uma menor taxa de crescimento corrigida que pode conduzir à mudanças nas atuais políticas econômicas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation analyses the relationship between the System of National Accounts (SNA) and non-renewable natural resources. In this context, the mining sector of Peru is taken as a case study. The main objective is to determine the limitations to incorporate the exhaustion of mineral resources into the national accounts of Peru. The methodological approach used is the neoclassical economic theory in order to review and analyse the micro-foundations of macroeconomics of natural resources. The results indicate that the limitations are the very SNA methodology, the limited availability of environmental data, and the institutions distrust in face of an adjusted lower growth rate which could lead to changes in current economic policies.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências Econômicas, Programa de Pós-Graduação em Economia, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ECO - Mestrado em Economia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16980/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.