Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/1678
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_ManuelaFernandezdeCordova .pdf779,48 kBAdobe PDFView/Open
Title: Análise do comportamento do sector agrícola equatoriano nas negociações do tratado de livre comércio com os Estados Unidos
Authors: Córdova, Manuela Fernández de
Orientador(es):: Schmied, Julie
Assunto:: Relações econômicas internacionais
Issue Date: 2008
Publisher: Universidade de Brasília
Citation: CÓRDOVA, Manuela Fernández de. Análise do comportamento do sector agrícola equatoriano nas negociações do tratado de livre comércio com os Estados Unidos. 2008. 152 f. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Desde o ano 2004, o Equador vem tentando fechar a negociação de um Tratado de Livre Comércio (TLC) com os Estados Unidos, o seu maior parceiro comercial. Embora se tenham dilatado as rodadas de negociação e alguns dos grupos negociadores tenham chegado a alguns acordos, não foi possível consolidar o processo de um Tratado comercial, de forma global. O Equador saiu das negociações em 2006, durante a última rodada. Este trabalho busca esclarecer algumas das razões pelas quais o Equador não assinou um tratado comercial com os Estados Unidos. Especialmente serão enfatizadas negociações do grupo agrícola, nos distintos setores que o compõem e, fundamentalmente, nos graus de poder que cada um deles possui no momento da tomada de decisões, dentro do marco das negociações do TLC. Em outras palavras,e pretende-se fazer uma análise do poder setorial doméstico equatoriano, partindo da premissa de que os consensos no nível doméstico permitem chegar a acordos no ambiente internacional. Este estudo pretende explicitar também a atuação e a importância que os setores domésticos equatorianos tiveram no processo negociador, os níveis respectivos de poder, que cada um deles possui, assim como, de forma ampla, analisar o processo decisório dentro do âmbito nacional. Mais especificamente, será abordado o grupo negociador agrícola, pois além de ser um dos mais polêmicos, é de vital importância para o Equador, dado que a maior parte dos produtos oferecidos é proveniente desse setor. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Since 2004, Ecuador has been trying to finish the negotiations of a Free Trade Agreement (FTA) with the United States, Ecuador’s main trading partner. Even though the rounds of negotiation have been dilating and some of the negotiation groups have achieved various agreements, it was ultimately not possible to consolidate the process to sign the trade agreement. Ecuador abandoned the negotiations in 2006, during the last round. This research paper seeks to clarify some of the reasons why Ecuador has not attained the signature of a trade greement with the United States. Emphasis will be especially made on the negotiations of agricultural groups and the different sectors that comprise this group. But most importantly, this essay will focus on the extent of influential power that each one of these clusters possesses in the decision-making process within the framework of the Free Trade Agreement arbitration. To do so, an analysis will be made on the Ecuadorian sectarian domestic power, stemming from the premise that successful agreements on a domestic level will often consent to agreements at an international level. As a result, this report aims to explain the performance and importance of the domestic sectors during the negotiation process, paired off to the corresponding levels of authority that each one has. Moreover, a comprehensive examination will be made on the decision making procedures within the national environment. Special attention will be paid to the agricultural negotiation group since it is not only the most polemic one, but it is also a fundamental sector, given that Ecuador is for the most part an agricultural country.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, 2008.
Appears in Collections:IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1678/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.