Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/15262
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_CarolinaGoncalvesGonzalez.pdf1,33 MBAdobe PDFView/Open
Title: Identidade de gênero no espaço escolar : o empoderamento feminino através do discurso
Authors: Gonzalez, Carolina Gonçalves
Orientador(es):: Rios, Guilherme Veiga
Assunto:: Identidade de gênero
Representação discursiva
Escolas
Dominação masculina
Letramento
Issue Date: 28-Feb-2014
Citation: GONZALEZ, Carolina Gonçalves. Identidade de gênero no espaço escolar : o empoderamento feminino através do discurso. 2013. 173 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Nesta dissertação, cuja pesquisa utilizou metodologia qualitativa e etnográfica, trato das representações discursivas de professores e professoras no contexto escolar, no que diz respeito à representação das identidades de gênero, em especial o gênero feminino. Parto da consideração de que este gênero sofre dominação do seu oposto, o masculino, constituindo-se ambos gêneros heteronormativos dominantes no discurso da escola. Os dados gerados e coletados são constituídos de um corpus composto de 4 entrevistas semi-estruturadas, análises de aulas e imagens, fotografias e murais da escola que serviu de contexto para a produção e desenvolvimento da pesquisa. Para proceder à análise dos dados gerados e coletados, parto da matriz teórica e metodológica proposta pela Análise de Discurso Crítica (Chouliaraki & Fairclough, 1999; Fairclough, 1989, 2011, 2003). De acordo com a proposta de Fairclough (2003) há uma atuação simultânea e dialética entre as três dimensões dos textos, sendo que eu analiso o corpus em seus significados acional, representacional e identificacional. Além disso, utilizo algumas contribuições da Linguística Sistêmico-Funcional (HALLIDAY, 1994; HALLIDAY e MATHISSEN, 2004), da Teoria da Semiótica Social, na vertente de Kress & Van Leeuwen (1996; 2011), dos Novos Estudos do Letramento defendido por Street (1984; 2001), do conceito de gênero e identidade de gênero de Louro (1997) e Magalhães (2008), além de gênero e linguagem de Cameron (1995). Além disso, trago algumas contribuições conceituais das Ciências Sociais Críticas com o conceito de Modernidade Tardia proposto por Giddens (1991, 2002), os conceitos de Reprodução de Bourdieu e Passeron (1975), poder simbólico de Bourdieu (2004), violência simbólica de Bourdieu (1994), habitus e campo de Bourdieu (1984, 1996), além de algumas críticas a Bourdieu (2011) e o conceito de dominação masculina, além dos conceitos de hegemonia de Gramsci (2006) e ideologia de Thompson (2002). Os resultados da pesquisa apontam a presença da dominação do gênero masculino no espaço escolar, com um protagonismo masculino em sala de aula e a associação da identidade de gênero feminina à passividade e afetividade. No entanto, as análises também apontam para uma possibilidade de mudança da condição de dominação de um gênero social pelo outro na abertura para a diferença presente no discurso feminino, o que demonstra que a consciência linguística crítica pode se constituir como chave para o fim da dominação de gênero social. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This qualitative and ethnographic thesis deals with the discursive gender identities representations of male and female teachers in the context of a school, especially the female gender domination. I consider that this gender suffers domination of its opposite, the masculine, becoming both heteronormative dominant genders at the school discourses. The data generated and collected consist of a corpus composed of four semi-structured interviews, inclass observations and images, photographs and murals from the school that served as the context for the production and development of this research. In order to analyze the data generated and collected, I used the theory and methodology proposed by the Critical Discourse Analysis (Chouliaraki & Fairclough , 1999 ; Fairclough , 1989 , 2011 , 2003 ). According to Fairclough (2003), there is a simultaneous and dialectical operation between the three main principles in the texts meanings. I analyze the corpus in their actional, representational and identificational meanings. The Multimodality Theory proposed by Kress & van Leeuwen (1996, 2011), The Sistemic-Functional Grammar (HALLIDAY, 1994; HALLIDAY e MATHISSEN, 2004), the New Literacy Studies proposed by Street (1984 , 2001) , the concept of gender and gender identity of Louro (1997) and Magalhães (2008), in addition to gender and language concepts proposed by Cameron (1995) bring theoretical and analytical contributions to this thesis. There were also some conceptual contributions from the Critical Social Sciences as the concept of Late Modernity proposed by Giddens (1991; 2002), the concept of hegemony in Gramsci (2006) and ideology in Thompson (2002) the concepts of reproduction from Bourdieu and Passeron (1975), the symbolic power of Bourdieu (2004) , Bourdieu's symbolic violence (1994) , Bourdieu's habitus and field concepts (1984; 1996), and I added some critics to Bourdieu (2011) and the concept of male dominance. Research results indicate the presence of male domination in the school context, with a male protagonism in the classroom and the association of female gender identity to passivity and affectivity. However, the analyzes also point to a possibility of changing the condition of social domination of one gender by another through an opening for the difference in female discourse, which demonstrates that the critical linguistic conscience can be constituted as a key to the end of social gender domination.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-graduação em Linguística, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15262/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.