Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/11550
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_CleomasinaStuartSancaoSilvaMendonca.pdf6,17 MBAdobe PDFView/Open
Title: Classificação nominal em Libras : um estudo sobre os chamados classificadores
Authors: Mendonça, Cleomasina Stuart Sanção Silva
Orientador(es):: Gomes, Dioney Moreira
Assunto:: Língua brasileira de sinais - morfologia
Língua brasileira de sinais - semântica comparativa
Língua de sinais
Issue Date: 5-Nov-2012
Citation: MENDONÇA, Cleomasina Stuart Sanção Silva. Classificação nominal em Libras: um estudo sobre os chamados classificadores. 2012. vii, 155 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: Os classificadores são descritos pela literatura em língua de sinais como um fenômeno que decorre de uma classificação de paradigmas verbais ou formas usadas para descrever um determinado item lexical que não há língua. Contudo, as pesquisas sobre línguas orais demonstram que, dentro do sistema de classificação nominal, os classificadores desempenham um processo que vai além das formas linguísticas. Nesse caso, estamos diante de uma forma de pensar, cognitivamente, voltada para a criação de esquemas mentais e de uma classificação das palavras que se origina nas experiências dos falantes. Outra característica fundamental dos classificadores em línguas orais é a correlação com aspectos sociais e culturais. Se por um lado os estudos funcionais descrevem essa complexidade em línguas orais, em Libras as análises não apresentam essas características. É com essa questão que a presente pesquisa analisou os ‘classificadores’ em Libras segundo o funcionalismo-tipológico, analisando-os dentro do continuum de gramaticalização. Os resultados evidenciam que em Libras: a) os sinais classificadores de segurar-X tipo de objeto, X-tipo de objeto, entre outros são itens lexicais ou termos de classes, e b) os ‘predicados complexos’ na verdade são verbos com forte motivação imagética, se assemelhando com os verbos ideofônicos. Embora o que se chame de ‘classificadores’ em Libras não apresente as características do sistema de classificadores, o qual consideramos dentro do suporte teórico usado, a Libras não se desconfigura como língua, visto que ela é mais rica em motivações imagéticas do que as línguas orais. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The classifiers are described by literature in linguistics by signs as a phenomenon which follows from a classification of verbal paradigms or forms used to describe a determined lexical item that does not contain linguistics, however, oral language researchers demonstrate that, in the nominal classification system, the classifiers play a role that goes beyond formal linguistics. In this case, we are up front with a form of cognitive thinking, forwarded to the creation of mental schemes and a classification of words that origin within the experiences of the speaker. Another fundamental characteristic, within the oral classifiers, is the interconnection with the social and cultural aspects. On one hand the studies describe the functional complexity on oral languages, on sign language the analysis don’t represent these characteristics. It is this issue that this research examined the “classifiers” in sign language according to the typological-functionalist, analyzing the continuum of grammaticalization. The results show that sing language: a) The signs classified for holding X type of object, among others are lexical items or class terms, and b) The 'complex predicates' are actually verbs with strong motivation imagery, resembling with the ideophonic verbs. Although what is called “classifiers” in sign language don’t represent the systematic characteristics of a classifier, which we consider within the theoretical framework used, sign language does not sets down such as in language, it is richer in imagery motivations than spoken languages.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2012.
Appears in Collections:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11550/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.