Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/9252
Título: Uma certa musicalidade nas esquinas de Minas (1960 – 1970)
Autor(es): Vitenti, Ada Dias Pinto
Orientador(es): Brasil, Vanessa Maria
Assunto: Memória coletiva
Música popular - Belo Horizonte (MG)
Festas populares
História regional
Movimentos culturais
Data de publicação: 20-Set-2011
Data de defesa: 20-Out-2010
Referência: VITENTI, Ada Dias Pinto.Uma certa musicalidade nas esquinas de Minas (1960 – 1970). 2010. 130 f. Dissertação (Mestrado em História)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: A presente dissertação de mestrado tem como objeto a musicalidade de Minas Gerais a partir da experiência do Clube da Esquina. O Clube da Esquina é um grupo de músicos deBelo Horizonte, cuja produção remonta às décadas de 1960 e 1970. A princípio o Clube daEsquina pode ser definido como um grupo de músicos, composto por jovens estudantes,aspirantes a músicos e músicos experientes. Entre os membros do grupo houve uma maioria mineira, que teve contato com a música ainda na infância e vivenciou a sua juventude em Belo Horizonte durante a década de 1970.Nosso propósito é analisar possíveis interpretações que o Clube da Esquina construiu sobre a sua cidade, Belo Horizonte, de Minas Gerais, do cenário político, de seu cotidiano,presentes no seu repertório e em fragmentos discursivos por ele deixados. Contudo,considerando que o Clube da Esquina não se encaixa no perfil de um movimento musical formal, até porque nunca houve um número fixo de participantes e muitos deles consideram o Clube vivo até hoje, articulei falas antigas e atuais, reveladoras das manifestações culturais que engendram o espírito mineiro. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This Master’s Essay has as its object of study the musicality of Minas Gerais as experienced by Clube da Esquina. The Clube da Esquina is a group of musicians from Belo Horizonte, who produced from 1960 and 1970, and encompassed music students, wanna-be musicians and experienced musicians. The majority of the group was from Minas Gerais, having spent their early years in Belo Horizonte during the 1970s and practicing music since their formative years.Our purpose is to analyze possible interpretations by Clube da esquina over their city, Belo Horizonte; Minas Gerais; over the political scene; their daily lives, and so on, using fragments and little pieces of discourses left by the artists. However, keeping in mind that the Clube da Esquina is not what we may call a formal musical movement – the number of participants was ever fluid, and some of them consider that the Clube is still alive and well- I have put together discourses from the past and the present, aiming for the ones that could reveal us some of the of the cultural manifestation that conceive the “mineiro spirit”.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de História, 2010.
Aparece nas coleções:HIS - Mestrado em História (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_AdaDiasPintoVitenti.pdf877,09 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.