Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/8305
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_OliviaBarrosFreitas.pdf710,77 kBAdobe PDFView/Open
Title: O guesa empenhado : nação, continuidade e inovação do sistema literário brasileiro
Authors: Freitas, Olívia Barros de
Orientador(es):: Corrêa, Ana Laura dos Reis
Assunto:: Literatura brasileira
Sistema literário - Brasil
Issue Date: 9-Jun-2011
Citation: FREITAS, Olívia Barros de. O guesa empenhado : nação, continuidade e inovação do sistema literário brasileiro. 2008. 121 f. Dissertação (Mestrado em Literatura)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Este trabalho procura examinar a dialética continuidade/ruptura na poética de O Guesa de Joaquim Manuel de Sousândrade. Percebe-se que na tensão entre tradição e transgressão mora a evidência do ideal de nação que Sousândrade tentou solidificar em sua obra. Estuda-se a problemática do empenho no projeto de criação e desenvolvimento social do Brasil. A análise dialética da matéria do texto elucida momentos de transgressão e de manutenção da forma estética, que é também histórica, ideológica e social. O processo deprodução de um imaginário nacional está relacionado com o sistema literário brasileiro. A tendência universalizante ou panamericana da obra, confrontada com raízes históricas, é questionada quanto à possibilidade de sua existência desvinculada da totalidade, isto é, do local, do nacional. Discute-se até que ponto há, de fato, ruptura estética com os modelos que formam o sistema literário brasileiro, a partir do tipo de consciência latente na obra no que diz respeito ao atraso e ao subdesenvolvimento do país. ____________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work intends to examine the dialectic continuity/rupture in Joaquim Manuel de Sousândrade’s O Guesa. It can be noticed that in the tension between tradition and transgression lives the evidence of the ideal of the nation which Sousândrade tried to solidify in his work. The problem of the commitment in the project of Brazil's social creation and development is studied. The dialectic analysis of the text's matter clarifies transgression and maintenance moments of the esthetic form, which is also historic, ideologic, and social. The production process of a national imaginary is related with the Brazilian literary system. The work's universilizing or panamerican tendency, confronted with historical roots, is questioned about the possibility of its existence not bound/connected with totality, that is, from the local, from the national. It's discussed until which point there is, in fact, esthetical rupture with the models that form the Brazilian literary system, from the kind of latent consciousness in the work with respect to the backwardness and underdevelopment of the country.
Description: Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2008.
Appears in Collections:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8305/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.