Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/6863
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_KarlaCalasansdeMello.pdf1,87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Nos en(tre)cantos de Dulcinea Del Toboso : (uma cantata cênica)
Autor(es): Mello, Karla Calasans de
Orientador(es): Gomes, André Luís
Assunto: Literatura espanhola
Cervantes Saavedra, Miguel de, 1547-1616
Dom Quixote (Personagem fictício)
Data de publicação: 12-Fev-2011
Referência: MELLO, Karla Calasans de. Nos en(tre)cantos de Dulcinea Del Toboso: (uma cantata cênica). 2010. 119 f. Dissertação (Mestrado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Resumo: O sujeito de estudo desta cantata é Dulcinea Del Toboso, a Dama sem-par criada por Dom Quixote na narrativa intitulada O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha, escrita por Miguel de Cervantes Saavedra nos anos de 1605 (Livro primeiro) e 1615 (Livro segundo). A investigação dá-se a partir de dois princípios: o silêncio e o feminino em Dulcinea, que são cantados em diferentes melodias “Nos En(tre)cantos de Dulcinea Del Toboso- uma cantata cênica”. Ademais, a pesquisa ganha corpo a partir do jogo com a palavra canto, da qual derivam en(tre)cantos, recantos, encantada, decantada, cantada e cantata, que acabam constituindo os títulos de cada ária desta manifestação musical e textual dedicada à Dulcinea.Na ária de n°I, a Dama é cantada nos recônditos recantos de alguns estudiosos e pesquisadores de Dom Quixote. Na ária de n° II, ela é encantada pelos discursos de Dom Quixote, Sancho Pança e Duquesa. Na ária de n° III, Dulcinea passa a ser decantada por questões políticas, históricas, sociais e ideológicas da Idade Média. Na ária de n° IV, enquanto canto, a Dama é vista como o silêncio de uma música cantada em parceria com Dom Quixote, e juntos criam uma melodia arquetípica que ecoa ao longo de toda a trajetória da alma humana – a conjunção entre o masculino e o feminino. E por fim, em anexo, Dulcinea em cantata, a criação de uma performance cênica e paródica elaborada para cantar os recantos e os encantos, decantados e cantados ao longo desta cantata. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The study subject of this cantata is Dulcinea del Toboso, the peerless Lady created by Don Quixote in the narrative called The Ingenious Gentleman Don Quixote de la Mancha, written by Miguel de Cervantes Saavedra in the years 1605 (first book) and 1615 (second book). The research is based on two principles: the concepts of “silence” and “female” extracted from the Dulcinea character. These principles are sung in different melodies of a scenic cantata (“Nos En(tre)cantos de Dulcinea Del Toboso- uma cantata cênica”). The research develops using the multiple meanings of the Portuguese word “canto”. The ideas of “songs”, “nooks”, “enchanted”, “decanted” and “cantata” are derived from the word “canto”. These ideas are used to create the titles of each aria of this musical and textual work dedicated to Dulcinea. In the first aria, the Lady is “sung” through the perspective of the innermost recesses of some scholars and researchers of Don Quixote. In the second aria, she is “enchanted” by the speeches of Don Quixote, Sancho Panza and the Duchess. In the third aria, Dulcinea is “decanted” from the Middle Age point of view of political, historical, social and ideological issues. In the fourth aria the Lady is represented as the silence of a song sung in partnership with Don Quixote. These two characters create an archetypal melody that echoes throughout the history of the human soul - the conjunction of “male” and “female” concepts. Finally, Dulcinea in the cantata, the creation of a theatrical performance, a parody, singing the nooks and charms decanted and sung along this cantata.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2010.
Aparece nas coleções:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.