Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34247
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_RafaelTeixeiradeSouza.pdf884,53 kBAdobe PDFView/Open
Title: Biografia e romance : um estudo comparado de Olga, de Fernando Morais, e Estação das chuvas, de José Eduardo Agualusa
Authors: Souza, Rafael Teixeira de
Orientador(es):: Silva, Ana Claudia da
Assunto:: Literatura brasileira
Literatura brasileira - crítica, interpretação, etc
Morais, Fernando, 1946- crítica e interpretação
Agualusa, José Eduardo - crítica e interpretação
Militância feminina
Literatura angolana - crítica, interpretação, etc
Issue Date: 1-Apr-2019
Citation: SOUZA, Rafael Teixeira de. Biografia e romance: um estudo comparado de Olga, de Fernando Morais, e Estação das chuvas, de José Eduardo Agualusa. 2018. 105 f. Dissertação (Mestrado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Esta dissertação tem o objetivo de comparar a biografia Olga (1985), do jornalista brasileiro Fernando Morais, e o romance Estação das chuvas (1996), do romancista angolano José Eduardo Agualusa, especialmente no tocante às suas personagens principais e suas ligações com movimentos revolucionários. Inicialmente, será exposto um estudo acerca da relação entre a biografia e suas variantes na contemporaneidade, notadamente no que diz respeito ao Brasil como país e à História como ciência. O corpus teórico dessa fase será composto, basicamente, por François Dosse (2015), Pierre Bourdieu (1998), Felipe Pena (2004), Mary Del Priore (2009) e Arnaldo Momigliano (1993). A seguir, analisaremos os principais movimentos totalitários europeus (o fascismo italiano, o comunismo russo e o nazismo alemão) a partir do pensamento de Hannah Arendt (2012) e Eric Hobsbawn (1995), para depois centralizarmos o discurso no período do Estado Novo brasileiro, por meio de Lilia Schwarcz e Heloisa Starling (2015) e Boris Fausto (2015), e das batalhas pré e pós-independência de Angola, abordadas pelos livros de Paulo Fagundes Visentini (2012) e UNESCO (2010). Na sequência, empreenderemos a análise das obras. Atentando para os detalhes, abordaremos cada uma dentro do arcabouço teórico do subgênero que lhe concerne – isto é, respectivamente a biografia, pelas teorias de François Dosse (2015), e o romance histórico, mediante o pensamento de György Lukács (2011) e Linda Hutcheon (1991) –, a fim de confirmá-las como obras de relevância histórica para seus países. A aproximação dessas mesmas obras sob o prisma da militância no Brasil e em Angola ficará a cargo dos trabalhos de Mirian Goldenberg (1997) e Dya Kasembe e Paulina Chiziane (2008). Como conclusão, retomaremos o estudo desde o início, pontuando de forma sintética as semelhanças verificadas entre as narrativas e os subgêneros a que cada uma pertence, de modo a focar, sobretudo, nas suas personagens principais.
Abstract: This dissertation aims to compare the biography Olga (1985), the Brazilian journalist Fernando Morais, and the novel Estação das chuvas (1996), by the Angolan novelist José Eduardo Agualusa, especially in relation to his main characters and his links with revolutionary movements. Initially, a study will be exposed about the relationship between biography and its variants in contemporaneity, notably with regard to Brazil as a country and History as a science. The theoretical corpus of this phase will be basically composed by François Dosse (2015), Pierre Bourdieu (1998), Felipe Pena (2004), Mary Del Priore (2009) and Arnaldo Momigliano (1993). Then we will analyze the main European totalitarian movements (Italian Fascism, Russian Communism and German Nazism) from the thought of Hannah Arendt (2012) and Eric Hobsbawn (1995), to later center the discourse in the period of the Brazilian New State, through Lilia Schwarcz and Heloisa Starling (2015) and Boris Fausto (2015), and the pre-and post-independence battles of Angola, covered by the books of Paulo Fagundes Visentini (2012) and UNESCO (2010). In the sequence, we will undertake the analysis of the works. Minding to the details, we will approach each within the theoretical framework of the subgenre that concerns him - that is, respectively the biography, by the theories of François Dosse (2015), and the historical novel, through the thought of György Lukács (2011) and Linda Hutcheon (1991) - in order to confirm them as works of historical relevance for their countries. The books of Mirian Goldenberg (1997) and Dya Kasembe and Paulina Chiziane (2008) will be the focus of these works under the prism of militancy in Brazil and Angola. As a conclusion, we will return to the study from the beginning, punctuating in a synthetic way the similarities verified between the narratives and the subgenres to which each one belongs, in order to focus, above all, on its main characters.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34247/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.