Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34021
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_HelenDanyaneSoaresCaetanodeSouza.pdf8,85 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Potencialidades e limites do coaching na formação continuada de professores
Autor(es): Souza, Helen Danyane Soares Caetano de
Orientador(es): Bortoni-Ricardo, Stella Maris
Assunto: Professores - formação continuada
Educação infantil
Ensino fundamental
Formação de educadores
Data de publicação: 14-Fev-2019
Referência: SOUZA, Helen Danyane Soares Caetano de. Potencialidades e limites do coaching na formação continuada de professores. 2018. xii, 174 f., il. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Esta tese fundamenta as práticas de formação continuada de professores e tem como base elementar a metodologia de coaching como suporte e otimização de resultados da atuação do professor tanto na Educação Infantil quanto no Ensino Fundamental. Tendo em vista a necessidade brasileira em obtermos mais sucesso com o processo de formação continuada de professores em exercício, esta pesquisa mostrou a relevância de o professor ter dentro da formação regular, além dos conteúdos técnicos de sua prática docente, o coaching como suporte à sua atuação profissional. Não partimos do pressuposto de que o professor seja um profissional de coaching para usar as estratégias com os alunos, mas que ele passe pela experiência da metodologia de forma a melhorar suas questões pessoais e profissionais para desempenhar melhor seu papel. No cenário educacional, no tocante à sala de aula, os professores estão sempre rodeados de novas metodologias de ensino e buscam por melhorias nos índices e metas propostas para a educação, ocasionando um aumento de tensão e desgaste profissional os quais desencadeiam alteração no comportamento e na forma como suas habilidades e competências serão aproveitadas em sala de aula. Pensando nisso, o uso do coaching nesta pesquisa teve o intuito não de “ensinar” mais uma metodologia aos professores, mas de apoiá-lo a desenvolver 6 habilidades comportamentais que foram autoestima, inteligência emocional, motivação, autorresponsabilização e flexibilidade, além das habilidades e competências pertinentes à atuação de um professor alfabetizador. Como base teórica para a metodologia de coaching utilizamos as pesquisas de Dutra (1998), Brock (2016) e Carvalho (2017). Na linha de formação em alfabetização e letramento tivemos como base as pesquisas de Adams et al. (2006), Bortoni-Ricardo et al. (2012; 2010), e na base de formação de professores tivemos Imbernóm (2010) e Gatti (2008). A proposta metodológica de pesquisa de campo utilizou-se da metodologia mista, envolvendo questões qualitativas e quantitativas para destacar a particularidade do grupo envolvido e mensurar os avanços possíveis dentro da formação de professores em cada categoria desenvolvida. A pesquisa de campo aconteceu em uma escola recém fundada na cidade de Unaí-MG e contou com a participação de 13 professoras que foram treinadas durante 9 meses antes do funcionamento da escola até a prática de sala de aula quando a escola foi inaugurada. Os resultados foram bastante relevantes em todas as categorias pesquisadas, ressaltando que o uso do coaching na formação de professores pode ser um instrumento que mude de forma rápida e mensurável os cenários onde é fundamental desenvolver o comportamento do professor para estar melhor em sala de aula, tanto no que diz respeito a questões pessoais quanto profissionais.
Abstract: This thesis is based on the practices of continuous teacher training based on the elementary methodology of coaching as a support and optimization of the results of the teacher's performance in both Preschool and Elementary School. Considering the Brazilian need to be more successful with the process of continuous training of in-service teachers, this research showed the relevance of the teacher to have within the regular training, besides the technical contents of his teaching practice, the coaching as a support to his professional performance. Do not we assume that the teacher is a coaching professional to use the strategies with the students, but he passes the experience of this methodology in order to improve their personal and professional issues to better perform his role. In the educational setting, in terms of the classroom, teachers are always surrounded by new teaching methodologies and seek for improvements in rates and goals proposed for education, leading to an increase of tension and professional wear that triggers behavior change and the way that how your skills and competencies will be used in the classroom. Thinking about this, the use of coaching in this research was intended not to "teach" another methodology to teachers, but to support them to develop six behavioral skills that were self-esteem, emotional intelligence, motivation, self-responsibility and flexibility, as well as skills and competences pertinent to the performance of a literacy teacher. As a theoretical basis for the methodology of coaching we used the researches by Dutra (1998), Brock (2016) and Zaib and Gribbler (2013). In the line of training in literacy and literacy we based on the researches by Adams et al. (2006), Bortoni-Ricardo et al. (2012; 2010), and in the teacher training base we had Imbernóm (2010) and Gatti (2008). The methodological proposal of field research used the mixed methodology, involving qualitative and quantitative questions to highlight the particularity of the group involved and to measure the possible advances within the teacher training in each developed category. The field research was carried out in a newly founded school in the city of Unaí-MG, with the participation of 13 teachers who were trained for 9 months before the school's operation until the classroom practice when the school was inaugurated. The results were very relevant in all the categories researched, emphasizing that the use of coaching in teacher training can be an instrument that changes quickly and measurably the scenarios where it is fundamental to develop the behavior of the teacher to be better in the classroom, both in personal and professional matters.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.