Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33798
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EVENTO_EvidenciacaoContabilEntidades.pdf286,5 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Evidenciação contábil em entidades desportivas : uma análise dos clubes de futebol brasileiros 2010 a 2016
Autor(es): Pereira, Rodrigo Azambuja
Arraes, Jeremias Pereira da Silva
Costa, Abilmael de Jesus Barros
Assunto: Contabilidade
Clubes de futebol
Esportes - administração
Confederação Brasileira de Futebol
Data de publicação: Jul-2018
Editora: USP
Referência: PEREIRA, Rodrigo Azambuja; ARRAES, Jeremias Pereira da; COSTA, Abimael de Jesus Barros. Evidenciação contábil em entidades desportivas: uma análise dos clubes de futebol brasileiros 2010 a 2016. In: CONGRESSO USP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CONTABILIDADE, 15., 2018, São Paulo. Anais eletrônicos [...]. São Paulo, USP, 2018. Disponível em: https://congressousp.fipecafi.org/anais/Anais2018/ArtigosDownload/1291.pdf. Acesso em: 22 jan. 2019.
Resumo: O futebol vem evoluindo cada vez mais no ramo empresarial, tornando-se uma atração para os negócios. Diante da Lei nº 9615/98, as entidades desportivas no Brasil começaram a atravessar por um processo de modernização na gestão empresarial, para que, com essas mudanças, possa atrair os investidores e, por consequência, gerar mais receita, aumentando a capacidade do clube nas competições profissionais. As informações contábeis apresentam-se como importante instrumento de avaliação financeira das entidades desportivas. O objetivo do trabalho é analisar o nível de evidenciação contábil dos 20 clubes de futebol melhores listados no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 2017, além de analisar dados como: número de sócio torcedor, títulos obtidos de 2010 a 2016, arrecadação dos clubes e seus impactos nas receitas. Foram utilizados dois instrumentos de pesquisa, o checklist e o teste de hipóteses, sendo o primeiro item uma réplica do estudo realizado por Silva, Teixeira e Niyama (2009), adaptado a métrica para o ano de vigência. A partir do teste de hipóteses entende-se que não existe relação entre o desempenho dos clubes em competições nacionais com o nível de evidenciação contábil. Entende-se que os times brasileiros que são mais evidentes são os que possuem maior arrecadação no futebol nacional. Conclui-se que a última hipótese do estudo estabelece vínculo da variável “sócio torcedor” com a “Receita de transmissão de imagem”. O resultado da pesquisa permite enxergar que os clubes atendem as exigências preconizadas perante a lei de nº 6.404/76, porém, se limitam a obrigatoriedade.
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da Universidade de Brasília (RIUnB) pelo servidor Jeremias Pereira da Silva Arraes, em 16 de janeiro de 2019, para disponibilizar o trabalho, gratuitamente, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da obra.
Aparece nas coleções:CCA - Trabalhos apresentados em eventos
TEC UnB - Trabalhos apresentados em eventos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.