Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32830
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_HelenaMartinsdoRêgoBarreto.pdf3,91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: O mercado de comunicações brasileiro no contexto da convergência : análise das estratégias do Grupo Globo e da América Móvil
Autor(es): Barreto, Helena Martins do Rêgo
Orientador(es): Bolaño, César Ricardo Siqueira
Assunto: Telecomunicações - regulamentação - Brasil
Radiodifusão
Capitalismo
Reestruturação produtiva
Data de publicação: 16-Out-2018
Referência: BARRETO, Helena Martins do Rêgo. O mercado de comunicações brasileiro no contexto da convergência: análise das estratégias do Grupo Globo e da América Móvil. 2018. 369 f., il. Tese (Doutorado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A presente pesquisa busca compreender o mercado das comunicações no Brasil hoje, tendo em vista sua inserção nas relações sociais capitalistas e as mudanças que atingem a dinâmica específica do setor, com destaque para a convergência audiovisual-telecomunicações-informática. Situa, em um primeiro movimento, o problema da convergência no contexto da reestruturação capitalista em curso desde a década de 1970, a qual está relacionada às mudanças políticas, econômicas, tecnológicas e culturais necessárias para viabilizar a continuidade da acumulação de capital, apesar das intensas contradições do sistema, e que perfazem uma formação social historicamente singular, a sociedade neoliberal. Para perceber as particularidades desse processo no campo das comunicações, aponta como elementos integrantes do modo de regulação setorial os seguintes aspectos: 1. Ambiente político-institucional; 2. Trajetórias tecnológicas; 3. Situação da concorrência; 4. Modelo dominante de programação ou serviço e 5. Modelo de financiamento. A partir desse quadro teórico-metodológico, discute os setores da radiodifusão e das telecomunicações no Brasil e as tensões que os afetam hoje, bem como questiona se a convergência audiovisual-telecomunicações-informática impacta o modo de regulação da radiodifusão e das telecomunicações, a ponto de se poder afirmar a constituição de um novo modo de regulação setorial. À análise geral são somados estudos de caso do Grupo Globo e da América Móvil. Conclui que há a tendência de conformação de um novo modo de regulação que tem como base o paradigma digital, no qual são esmaecidas as diferenças entre telecomunicações e radiodifusão. Neste, tem dominância o setor da informática, que emerge como nova fronteira para a acumulação do capital.
Abstract: This research seeks to comprehend the communication market in Brazil today, focusing its insertion in capitalist social relations and the changes that affect the specific dynamics of the sector, with emphasis on audiovisual-telecommunication-information convergence. It refers, in a first movement, the problem of convergence in the context of the capitalist restructuring under way since the 1970s, which is related to the political, economic, technological and cultural changes necessary to enable the continuity of capital accumulation, contradictions of the system, and which make up a historically unique social formation, neoliberal society. In order to understand the particularities of this process in the field of communications, it points out the following aspects as elements of the sectoral mode of regulation: 1. Political-institutional environment; 2. Technological trajectories; 3. The state of competition; 4. Dominant model of programming or service; 5. Model financing. Based on this theoretical-methodological framework, it discusses the sectors of broadcasting and telecommunications in Brazil and the tensions that affect them today, as well as questions whether audiovisual-telecommunication-information convergence impacts the regulation of broadcasting and telecommunications, to the point to be able to affirm the constitution of a new mode of sectoral regulation. To the general analysis are added case studies of Grupo Globo and América Movil. It concludes that there is a tendency to form a new mode of regulation based on the digital paradigm, in which the differences between telecommunications and broadcasting are blurred. The computer sector dominates this paradigm, which emerges as a new frontier for the accumulation of capital.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-graduação em Comunicação, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:FAC - Doutorado em Comunicação (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.