Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24254
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_AndréAffonsoMariscal.pdf835,86 kBAdobe PDFView/Open
Title: Exclusão na representação da personagem Henry Junior em Ham on Rye de Charles Bukowski
Authors: Mariscal, André Affonso
Orientador(es):: Braga, Cláudio Roberto Vieira
Assunto:: Bukowski, Charles, 1920-1994 - crítica e interpretação
Literatura estadunidense - crítica, interpretação, etc
Issue Date: 23-Aug-2017
Citation: MARISCAL, André Affonso. Exclusão na representação da personagem Henry Junior em Ham on Rye de Charles Bukowski. 2017. 117 f. Dissertação (Mestrado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Esta dissertação identifica e analisa conflitos sociais, psicológicos e culturais entre o indivíduo e a coletividade humana, representados respectivamente, por Henry Junior, personagem principal de Ham on Rye (1982), de Charles Bukowski e a sociedade estadunidense. Investiga-se como os ambientes hostis presentes no romance geram traumas que resultam em um conturbado desenvolvimento do sujeito. Henry Junior, um imigrante alemão vivendo nos Estados Unidos da América (EUA) no período entre guerras do século XX (1919-1939), tem a personalidade constituída com base em dois confrontos centrais: com o mundo exterior, representado pela nação, colegas de escola e pela família; e com o „interior‟, feito das sequelas de embates constantes, que ocasionam a repulsa da personagem por si mesma. Empregando teorias sociológicas de mobilidade para abordar o „exterior‟ e psicanalíticas para o „interior‟, este estudo busca responder como tais confrontos geram a personalidade fragmentada do protagonista, que apesar de prejudicial, fazem com que a personagem adquira consciência de seu papel no mundo e questione como a sociedade estadunidense se articula coletivamente. A descoberta da leitura e do fazer literário, fundamentais na formação de Henry Junior, são também averiguadas. Por meio de uma abordagem político-dialética, examina-se como se dá o entrelaçamento de questões pessoais do protagonista de Ham on Rye com questões históricas, de classe e de formação de grupos, possibilitando-nos maior entendimento sobre o contexto histórico-social estadunidense no entre guerras e sobre como os indivíduos dos EUA respondem a demandas da coletividade em tal período.
Abstract: This dissertation identifies and analyses social, psychological and cultural conflicts between the individual and the human collectivity, depicted respectively, by Henry Junior, the main character of Charles Bukowski‟s novel Ham on Rye (1982) and the American society. It is investigated how the hostile environments within the narrative produce traumas which result in a troubled development of the subject. Henry Junior, a German immigrant living in the United States of America (USA) during the inter-war period of the last century (1919-1939), has his personality constituted on the basis of two main confrontations: with the external world, represented by nation, class mates and his family; and with the „internal‟, resulted from the constant clashes, leading to the protagonist‟s repulsion for himself. Utilizing sociological theories about mobility to approach the „external‟ and psychoanalytical for the „internal‟, this study attempts to answer how the aforementioned confrontations generate a character with a fragmented personality, which though initially harmful, make Henry Junior aware of his role in the world, impelling him to question how the American society articulates itself as a whole. The discovery of reading and writing, both fundamental in Henry Junior‟s formation, are also discussed. Through a political-dialectic approach, it is ascertained how the interweaving between Ham on Rye‟s protagonist‟s personal issues and questions of history, class and group formation happens, giving us the opportunity to understand better the America socio-historical context during the inter-war period and how the Americans respond to collective demands at such time.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24254/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.