Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/24147
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_RobsonAndrédaSilva.pdf1,26 MBAdobe PDFView/Open
Title: A narrativa dramática de Autran Dourado : hermenêutica, arte e jogo como escrita da morte em O risco do bordado
Authors: Silva, Robson Andre da
Orientador(es):: Siewierski, Henryk
Assunto:: Dourado, Autran, 1926 - crítica e interpretação
Literatura brasileira contemporânea
Hermenêutica
Morte - literatura
Issue Date: 17-Aug-2017
Citation: SILVA, Robson André da. A narrativa dramática de Autran Dourado: hermenêutica, arte e jogo como escrita da morte em O risco do bordado. 2016. 239 f. Tese (Doutorado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: A narrativa dramática de Autran Dourado tem, inegavelmente, uma importância extraordinária na mudança de paradigma da literatura brasileira moderna e contemporânea. Desde as primeiras obras Teia (1947), Sombra e Exílio (1950), Tempo de Amar (1952), passando por A Barca dos Homens (1961), Ópera dos Mortos (1967), O Risco do Bordado (1970), Os Sinos da Agonia (1974), Um Artista Aprendiz (1989), Vida, Paixão e Morte do Herói (1994) e O Senhor das Horas (2006), o escritor mineiro vem trabalhando com a concepção lúdica da arte, a modulação do perspectivismo narrativo e a mistura dos gêneros literários, propostas pelos princípios poéticos do Barroco, do Romantismo, do Simbolismo e do Modernismo. Tais procedimentos o levaram a instaurar novas possibilidades narrativas que transcendem as meras técnicas clássicas, realistas e psicológicas de apresentação do narrador, do espaço, do tempo, da história e dos personagens, utilizando, sobretudo, o refletor narrativo, o fluxo de consciência, o monólogo interior, a prosa epifânica, a narrativa em blocos, a estrutura aberta do barroco, o sentimento trágico, a ficção mitopoética, o dialogismo e a polifonia como eixos fundamentais de construção romanesca. Assim, pretendemos mostrar, principalmente, que a obra O Risco do Bordado assume uma posição estratégica na construção lúcida e consciente de uma poética do romance autraniano, pois desvela a lei geral ou chave hermenêutica de seu universo crítico e criativo, ou seja, a representação da arte como jogo e escrita da morte. A narrativa dramática de Autran Dourado configura-se, portanto, como a interação lúdica da arte e da vida no horizonte finito da experiência humana.
Abstract: The dramatic narrative of Autran Dourado has, undeniably, an extraordinary importance in the paradigm change of the modern and contemporary Brazilian Literature. Since his first works, from Teia (1947), Sombra e Exílio (1950), Tempo de Amar (1952), all the way to A Barca dos Homens (1961), Ópera dos Mortos (1967), O Risco do Bordado (1970), Os Sinos da Agonia (1974), Um Artista Aprendiz (1989), Vida, Paixão e Morte do Herói (1994) and O Senhor das Horas (2006), the writer, from the Brazilian state of Minas Gerais, has been working with a ludic art conception, the modulation of the narrative perspectivism and the mixture of literary genres, proposed by the poetic principles of the Baroque, the Romanticism, the Symbolism and the Modernism. Such procedures led him to inaugurate new narrative possibilities which transcend the mere classical, realistic, and psychological presentation techniques of the narrator, the space, the time, the plot and the characters, using, withal, the narrative reflector, the stream-ofconsciousness, the interior monologue, the epiphanic prose, the blocks of narrative, the open structure of the Baroque, the tragic sentiment, the mythopoetical fiction, the dialogism and the polyphony as fundamental axes of the romanesque construction. Thus, we intend to show, principally, that the work O Risco do Bordado assume a strategic position in a lucid and conscious poetic construction of the autranian novel, for it reveals the general law or hermeneutical key of his critical and creative universe, that is, the representation of art as play and the writing of death. The dramatic narrative of Autran Dourado, therefore, sets itself as the ludic interaction of art and life in the finite horizon of human experience.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/24147/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.