Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/23947
Título: Caiu na net : violação de intimidade e regime de vigilância distribuída
Autor(es): Craesmeyer, Bruno Ramos
Orientador(es): Sanz, Cláudia Linhares
Assunto: Pornografia
Redes sociais
Internet - aspectos sociológicos
Imagens digitais
Data de publicação: 28-Jul-2017
Data de defesa: 13-Mar-2017
Citação: CRAESMEYER, Bruno Ramos. Caiu na net: violação de intimidade e regime de vigilância distribuída. 2017. 118 f., il. Dissertação (Mestrado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: As imagens daquilo que na última década se convencionou chamar de pornografia de vingança servem para, com apoio nas redes sociais e nas condições de possibilidade de novos aparatos tecnológicos de imagem e comunicação, castigar e fazer vítimas entre as subjetividades contemporâneas, àquelas hiperexcitadas e destinadas ao olhar autenticador do outro. O problema central e decisivo que se pretende desembaraçar “escovando a contrapelo a história” é, nesse sentido, verificar como as imagens pornográficas de escracho obsceno, que nos momentos iniciais da era moderna serviram a uma função política, passam hoje a ter papel diverso, apolítico no sentido tradicional, de vingança, castigo e de um tipo de sofrimento que é também entretenimento, que não visa mais ao soberano, mas que tem como destino a imagem, derradeiro reduto das subjetividades atuais. A dissertação apresentada à banca teve o título definitivo de O escracho obsceno da “pornografia de vingança” e alteridade contemporânea do castigo.
Abstract: The images of what in the last decade have been called revenge porn serve today, with the support of social media and the conditions of possibility of new technological apparatus of image and communication, to punish and make victims among the contemporary subjectivities, the ones “hyper” or overexcited and destined to the validation of the other’s eye. The central and decisive problem to be tackled “brushing history against the grain” is, in this sense, to verify how the pornographic images used for “escrache” – obscene attacks with political purposes - which, in the initial moments of the modern era had a political purpose, nowadays have a diverse and apolitical role of revenge, punishment and one kind of suffering that is also entertainment, and which no longer aims the sovereign, but has the image as its destiny, the ultimate stronghold of the contemporary subjectivity.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_BrunoRamosCraesmeyer.pdf2,94 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.