Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/17230
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_SergioLuizdoBomfim.pdf10,23 MBAdobe PDFView/Open
Title: Índice de clima econômico para concessões florestais
Other Titles: Economic climate index for forest concessions
Authors: Bomfim, Sergio Luiz do
Orientador(es):: Souza, Álvaro Nogueira de
Coorientador(es):: Fontes, Paulo José Prudente de
Alves, Marcus Vinicius da Silva
Assunto:: Concessão florestal
Economia florestal
Indicadores econômicos
Política pública
Issue Date: 4-Dec-2014
Citation: BOMFIM, Sergio Luiz do. Índice de clima econômico para concessões florestais. 2014. xvii, 152 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Florestais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: O principal objetivo desta tese foi a construção do Índice de Clima Econômico para Concessões Florestais (Iconf). O Iconf foi idealizado para ser uma ferramenta norteadora para governantes e propensos investidores, constituindo-se em um sintetizador de dados de variáveis conexas com o clima econômico para concessões florestais. A escolha dessas variáveis e a coleta de dados respeitaram critérios de confiabilidade de origem e facilidade e baixo custo de obtenção, entre outros, sendo as pesquisas, de fontes secundárias, realizadas em sítios eletrônicos de órgãos governamentais e não governamentais com credibilidade comprovada. As variáveis pré-escolhidas foram convalidadas pela submissão ao método adaptado de validação opinativa, no qual se considera a convergência de opiniões de avaliadores, denominada de consenso grupal, após o que os dados foram normalizados e tratados pela análise fatorial. A análise de fatores comuns, além de agrupar as variáveis que efetivamente ajudaram a explicar o fenômeno e também de estabelecer os pesos que cada qual contribuiu para esta explicação, proporcionou a identificação de cinco dimensões formadoras do Iconf: a) social; b) florestal; c) comando e controle; d) segurança organizacional e e) macroeconômica. A metodologia de elaboração do Iconf foi aferida com a estimativa da TIRM, do B(C)PE e PEMP de unidades padrões de manejo florestal estipuladas para cada estado, comprovando uma forte correlação entre as variações dos índices e as dos citados métodos de verificação de rentabilidade (r = 0,93; 0,90 e 0,90, respectivamente). Assim, pôde-se comprovar a importância do Iconf para auxiliar na eficiência do mercado de concessões florestais, orientando a destinação dos recursos públicos e privados para onde ocorram as maiores probabilidades de êxito dos investimentos. Paralelamente, os resultados do estudo permitiram avaliar que a renda passível de ser gerada com a massa salarial proveniente da concessão florestal, viabilizada com o auxílio de outras políticas públicas, tem forte potencial para diminuir a pobreza extrema da Amazônia Legal. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The main objective of this thesis was to build the Economic Climate Index for ForestConcessions (Iconf). The Iconf was designed to be a guiding tool for rulers and proneinvestors, thus becoming synthesizer data variables related to the economic climate for forestconcessions. The choice of these variables and data collection criteria respected sourcereliability and ease and low cost of obtaining, among others, being the research of secondarysources, carried out in their websites of government agencies and non-governmentalorganizations with proven credibility. The pre-selected variables were co-validateds forsubmission to the method adapted from opinionated validation, in which one considers theconvergence of views of evaluators, called group consensus, after which the data werenormalized and processed by factor analysis. The analysis of common factors, in addition togrouping variables that effectively helped to explain the phenomenon and also to establish theweights that each contributed to this explanation, provided the identication of five dimensionsforming the Iconf: a) social; b) forest; c) command and control; d) organizational security e e)macroeconomic. The methodology of preparing the Iconf was measured with an estimatedMIRR, ANPV and EPST forest management standards set for each state units, demonstratinga strong correlation between changes in indexes and cited methods of verification ofprofitability (r = 0.93; 0.90 and 0.90, respectively). Thus, we could see the importance ofIconf to aid in the efficiency of forest concessions market, guiding the allocation of public andprivate resources to where the greatest probability of success of investments occur. In parallel,the results of the study allowed us to evaluate the likely income to be generated from thepayroll from forest concession, made possible with the assistance of other public policies, hasstrong potential to reduce extreme poverty in the Legal Amazon.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, 2014
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:EFL - Doutorado em Ciências Florestais (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17230/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.