Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15140
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_AndreJacomodePaulaPinto.pdf493,35 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Os enigmas da popularidade presidencial no Brasil : economia ou política?
Autor(es): Pinto, André Jácomo de Paula
Orientador(es): Turgeon, Mathieu
Assunto: Presidentes - Brasil - política e governo
Presidentes - Brasil - condições econômicas
Opinião pública
Data de publicação: 11-Fev-2014
Referência: PINTO, André Jácomo de Paula. Os enigmas da popularidade presidencial no Brasil: economia ou política?. 2013. 89 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Política)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: O objetivo deste estudo é de analisar os determinantes da popularidade do Presidente da República no Brasil. Apesar de a literatura estrangeira sobre o tema ser extremamente rica e eclética, há poucos estudos específicos para o caso brasileiro. Assim, testou-se a hipótese de que os indivíduos responsabilizam o Chefe do Poder Executivo pelo bom desempenho do país em algumas dimensões, sobretudo a econômica e a política. A responsabilização opera como uma função de castigo e recompensa, em que o Presidente é bem avaliado quando os resultados econômicos e políticos são positivos, e mal avaliado quando estes resultados são negativos. Desse modo, observou-se como que algumas variáveis econômicas e políticas influenciaram as avaliações positivas dos Presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luis Inácio Lula da Silva. Foi construída uma série mensal da popularidade presidencial a partir de dados divulgados por três importantes institutos de pesquisa brasileiros: Ibope, Datafolha e Sensus. No aspecto metodológico, foram aplicadas técnicas próprias da análise de série temporal para compreender o comportamento da função de popularidade no Brasil. Desse modo, observou-se que, para o período recortado, a série temporal é não estacionária, em que pese o fato de a literatura sobre o tema considerar teoricamente a popularidade uma série estacionária. Quanto aos resultados, encontrou-se que a opinião pública brasileira avalia o trabalho do Presidente a partir do bom desempenho da inflação e do desemprego, sob influencia extraordinária do cenário político. Eventos como mensalão e o apagão tiveram efeitos destacados. Ademais, constatou-se que há fatores inerentes à gestão Lula, tal como o seu carisma, que explicam o patamar recorde de popularidade observado em seu mandato. Por fim, o período eleitoral pode ajudar contribuir com a popularidade do Presidente, no sentido de que as campanhas reforçam avaliações retrospectivas sobre o desempenho do governo ao longo do mandato. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The goal of this study is to analyse the factors that influence the presidential popularity in Brazil. Despite the foreign literature about the theme be extremely rich and ecletic, the ara few studies for the Brazilian case. Therefore, I tested the hypothesis that citzens hold the Chief of the Executive responsible for the good performance of the country, especially over the economy and politics. The responsability thesis works as a function of punishment and reward, that the presidente is well valued when the economical and political resultes are positives, and bad valued when this results are negative. Thereby, was seen as some economical and political variables influences positively two presidentes: Fernando Henrique Cardoso and Luis Inácio Lula da Silva. The time series of the presidential popularity was built in function of the results publicized by three important brazilian survey institutes: Ibope, Datafolha and Sensus. Were applied apropriated thechniques time series analysis to understand the behavior of the popularity function in Brazil. Thereby, was seen that the serie is a non stationarity process, although the literature reagard it as a stationary serie. In the results, I discovered that the Brazilian public opinion evaluates the work of the president when it comes form the good performance in the inflation and unemployment rates, under the influence of the political variables. Events like the corruption scandal named “Mensalão” and the energetical crise estabilished in FHC´s term had important effects. Was found also the were particular factors inerent to the Lula´s government, such as his charisma, that explains the his record popularity. Anyway, the electoral period may contribute with the presidential popularity, in the way that campaigns reforce retrospective evaluations on tis performance along the term in the office.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2013.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:IPOL - Mestrado em Ciência Política (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.