Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12588
Título: Segurança alimentar no ritmo das águas : mudanças na produção e consumo de alimentos e seus impactos ecológicos em Parintins, AM
Autor(es): Santos, Alem Silvia Marinho dos
Orientador(es): Leonardos, Othon Henry
Assunto: Segurança alimentar e nutricional
Sustentabilidade
Impacto ambiental - Amazônia
Data de publicação: 25-Mar-2013
Data de defesa: 6-Dez-2012
Citação: SANTOS, Alem Silvia Marinho dos. Segurança alimentar no ritmo das águas: mudanças na produção e consumo de alimentos e seus impactos ecológicos em Parintins, AM. 2012. 240 f., il. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Resumo: Este trabalho faz um estudo de caso da alimentação no município de Parintins. O estudo baseou-se no acompanhamento e nos depoimentos orais de famílias residentes em comunidades de várzea e terra-firme e um survey aplicado na zona urbana e rural. Realizou-se tratamento dos dados por meio de programa estatístico (SPSS) e, posteriormente, calculou-se a Pegada Ecológica do consumo de carne bovina. Conclui-se que a segurança alimentar é dada pela própria cultura cabocla- ribeirinha de produzir e consumir alimentos ecológicos. Quanto maior o equilíbrio com seu meio ambiente, menos dependência das regras do mercado. Porém, é necessário não esquecer que, mesmo assim, precisa-se de políticas públicas que assegurem a diversificação da produção da unidade familiar, necessária para diminuir os impactos, na economia local, de produtos agrícolas mecanizados, que vem empobrecendo essa agricultura familiar. A sustentabilidade nutricional autóctone que garante a segurança alimentar vem do rio, da floresta que fornecem o peixe, a caça, o fruto e a terra para o plantio. A superação dos impactos ambientais proporcionados pela perda de segurança alimentar e, vínculo nutricional com o território, bem como, o conseqüente aumento do consumo de proteínas congeladas importadas, é atualmente o maior desafio para o alcance de uma alimentação ecológica. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper is a case study of power in the city of Parintins. The study was based on monitoring and oral testimonies of families living in communities of lowland and upland and a survey applied in urban and rural. Held data processing by means of statistical software (SPSS) and subsequently calculated the Ecological Footprint of beef consumption. It is concluded that food security is given by the riverside culture caboclo-ribeirinha produce and consume ecological food. The higher the equilibrium with its environment, of less dependence market rules. However, one should not forget that, even so, one needs public policies that ensure the diversification of the production of the family unit, needed to reduce the impacts on the local economy, mechanized agricultural products, which impoverished the family farm. Sustainability ensures that indigenous nutritional food security is provided by the river, through the woods that provide the fish, game, fruit and earth for planting. Overcoming environmental impact provided by the loss of food security and nutritional link with the territory and the consequent increase in the consumption of imported frozen proteins, is currently the biggest challenge to achieving an ecological food.
Descrição: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável, 2012.
Coorientador(es): Woortmann, Ellen Fensterseifer
Aparece nas coleções:CDS - Doutorado em Desenvolvimento Sustentável (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_AlemSilviaMarinhodosSantos.pdf6,78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.