Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10655
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_AnaliseRepresentatividadeUnidades.pdf32,73 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Análise da representatividade das unidades de conservação federais na Bacia do Rio São Francisco
Autor(es): Barbosa, Sandra Maria da Silva
Dias, Inês de Fátima Oliveira
Carvalho Júnior, Osmar Abílio de
Araújo Neto, Mário Diniz de
Guimarães, Renato Fontes
Martins, Éder de Souza
Assunto: São Francisco, Rio, Bacia
Bacias hidrográficas
Recursos naturais - conservação
Data de publicação: 2002
Editora: Programa de Pós-Graduação em Geografia do Departamento de Geografia
Referência: BARBOSA, Sandra Maria da Silva et al. Análise da representatividade das unidades de conservação federais na Bacia do Rio São Francisco. Espaço & Geografia, v.5, n. 1, p. 33:47, 2002. Disponível em:<http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/13/12>. Acesso em: 29 maio 2012.
Resumo: No presente trabalho foi feito um levantamento dos percentuais de áreasprotegidas da bacia do rio São Francisco relacionando-os com os percentuais nacionais,por meio de técnicas de geoprocessamento. Estimou-se um percentual de 1,66% deáreas protegidas para a bacia do rio São Francisco, sendo 0,63% referente às categoriasde Proteção Integral e 1,63% às de Uso Sustentado. Esse percentual total da bacia ficamuito aquém do nacional (5,83%) e é muito baixo para uma área de importância cultural,social e ambiental. Os baixos valores encontrados revelam um déficit significativo deáreas preservadas na bacia o que, provavelmente, reflete negativamente na qualidade devida de seus habitantes. Esses índices fornecem subsídios para priorizar a implantaçãode novas áreas de preservação. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
In this paper it was made a survey of the protected areas percent of the SãoFrancisco basin and its relationship with the national percent ones, through the use ofGIS techniques. It was estimated 1,66% of protected areas for the San Francisco basin,being 0,63% related to Integral Protection categories and 1,63% to sustainable use. Thisbasin value is lower than the national (5,83%) and it is very low for an important area withcultural, social and environmental potential. The low values reveal a significant deficit ofpreserved areas in the basin that, probably, affect the inhabitants. Those indexes can beused to implement the new conservation areas.
Licença: Espaço & Geografia está licenciado sob uma licença Creative Commons (Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported). Fonte: http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/13/12. Acesso em: 29 maio 2012.
Aparece nas coleções:GEA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons