Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10285
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_ComposiçaoQuimicaSolo.pdf416,64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Composição química do solo e da água subterrânea em áreas adjacentes a aterros sanitários
Outros títulos: Chemical composition of soil andgroundwater in areas adjacent to sanitary landfills
Autor(es): Santana, Otacílio Antunes
Imaña Encinas, José
Assunto: Aterro sanitário
Saneamento
Solos - poluição
Água - poluição
Data de publicação: Jul-2009
Editora: Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Referência: SANTANA, Otacílio A., ENCINAS, José I. Composição química do solo e da água subterrânea em áreas adjacentes a aterros sanitários. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v.4, n.3, p.318-328, jul./set. 2009.Disponível em:<http://www.agraria.pro.br/sistema/index.php?journal=agraria&page=article&op=view&path[]=318&path[]=370>. Acesso em 29 mar. 2012.
Resumo: O presente trabalho foi desenvolvido em áreas adjacentes a aterros sanitários e áreas controle, como objetivo de: I) quantificar a concentração de nutrientes, metais pesados e outras variáveis abióticasdo solo e da água subterrânea; II) determinar o conjunto de variáveis significativas e ordenar as áreas amostradas pelos seus vetores, na análise de componentes principais; e III) descrever em um gradiente espacial (0 a 500m) a variação dessas concentrações. Três parcelas de 25 x 500 m foram delimitadas e subdivididas em 30 subparcelas de 50 x 25 m, onde foram coletadas ao centro amostras de solo a 20 cm de profundidade, para quantificação dos elementos e parâmetros físicos citados. Os valores das concentrações destas variáveis abióticas estudadas foram maiores em subparcelas mais próximas dos aterros, reduzindo seus valores para subparcelas mais distantes. Valores médios das concentrações das variáveis abióticas foram maiores nas parcelas estabelecidas próximas aos aterros do que nas áreas controle. O pH e o alumínio, resultantes do aumento de matéria orgânica e óxidosna proximidade dos aterros, foram as variáveis determinantes para o agrupamento das subparcelas pelos autovetores. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present work was carried out in areas adjacent to sanitary landfills and control areas, aiming: I)to quantify nutrients, heavy metals and abiotic variables concentration in soil and groundwater; II) todetermine the significant variables set and to schedule the sampled areas by vectors, through princi-pal component analysis; and III) to describe in a spatial gradient (from 0 to 500 m) the variation ofthese concentrations. Three plots (25x500 m) were located and subdivided in 30 subplots (50x25 m),where soil samples were collected in a central point, at 20 cm of depth, in order to quantify chemi-cal and physical parameters. The concentrations of the studied abiotic variables were higher in thesubplots nearby the landfills, reducing the values towards more distant subplots. Average values ofthe abiotic variables were higher in plots nearby the landfills than in control areas. Aluminum andpH, resulting from the increase in organic matter and oxides nearby the landfills, were the determinant variables for the subplots grouping by vectors.
Licença: Disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:EFL - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.