Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/9850
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_AnaSuelyZerbini.pdf19,9 MBAdobe PDFView/Open
Title: A relação entre imagem ambiental e uso de praças na área central da cidade de Porto Alegre-RS : uma contribuição à percepção ambiental
Authors: Zerbini, Ana Suely
Orientador(es):: Romero, Marta Adriana Bustos
Assunto:: Espaço (Arquitetura) - planejamento urbano
Praças - Porto Alegre (RS)
Meio ambiente - percepção
Issue Date: 16-Jan-2012
Citation: ZERBINI, Ana Suely. A relação entre imagem ambiental e uso de praças na área central da cidade de Porto Alegre-RS: uma contribuição à percepção ambiental. 2009. xvi, 151, [26] f., il. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Esta pesquisa foi realizada na cidade de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul - Brasil, buscando entender a relação entre imagem ambiental e uso de praças. Considera que todo espaço, ao ser captado pelo indivíduo, é carregado de influências provenientes de processos ocorridos na mente humana relativos à transformação daquilo que é observado naquilo que é memorizado e lembrado. Desta forma, o cidadão da cidade é a principal fonte das informações coletadas nesta pesquisa, o que possibilita um melhor entendimento sobre as ações, as necessidades e os desejos dos indivíduos com respeito a um ambiente urbano específico: a praça. As informações coletadas compõem um banco de dados potencial que, quando utilizado, possibilita uma aproximação do planejamento das cidades às expectativas de seus usuários, otimizando e qualificando o espaço aberto público praça, o que, conseqüentemente, incrementa a qualidade de vida urbana. A coleta destes dados foi realizada por meio da utilização de múltiplos métodos qualitativos e quantitativos, com utilização principalmente de entrevistas. Os levantamentos histórico e espacial das praças subsidiaram a avaliação ambiental das praças com relação aos aspectos influenciadores no uso das praças categorizados como formais, situação da praça na cidade e configuração da praça e não formais, significado da praça. Os resultados deste estudo permitiram identificar que o significado da praça influencia na lembrança que o indivíduo tem deste espaço. No entanto, não influencia na decisão de uso deste espaço. A pesquisa indica que a situação da praça na cidade, seguida de sua configuração, são os aspectos que de fato influenciam na decisão de uso deste espaço pela população. Portanto, os aspectos formais devem ser especialmente considerados pelos planejadores enquanto elementos-chave, definidores de sucesso ou fracasso de um espaço urbano qualquer. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The current research was done in the city Porto Alegre, capital of the State of Rio Grande do Sul – Brazil aiming to understand the relationship between environmental image and the use of squares. It considers that all space, while it is catch by one, it has a great amount of influences from processes originated in the human mind related to the transformation of what it is observed to what it is memorized and remembered. Thus, the city citizen is the main source for the information collected in this research, which allows a better understanding of one’s actions, needs and wishes regarding a specific urban environment: the square. The collected information feeds a potential data bank that, when checked, it allows proximity of the city planning to its user’s expectations, improving and qualifying the public open space of a square, which consequently, increases the quality of urban life. The collection of the data was done in many qualitative and quantitative methods, using mainly interviews. The historical and special surveys of the squares have helped the environmental evaluation of squares in respect to the important aspects in the use of squares characterized by formal as square situation in the city and square configuration and by informal as the meaning of the square. The results of this study have allowed us to identify that the meaning of the square influences on the memory that one has of it. However, it dos not influence on the decision of usage of such space. The research indicates that the situation of the square in the city, followed by it configuration are the aspects that indeed have influenced people on the decision of the population by using the space. Thus, formal aspects must be specially considered by planners while it is a key-factor, responsible for success of failure of any urban space.
Description: Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2009.
Appears in Collections:FAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9850/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.