Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/9793
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_FatimaHeritierCorvalan.pdf2,22 MBAdobe PDFView/Open
Title: Detecção de DNA de Leishmania braziliensis através da reação em cadeia da polimerase (PCR) em saliva de pacientes com leishmaniose tegumentar americana
Authors: Corvalan, Fátima Heritier
Orientador(es):: Sampaio, Raimunda Nonata Ribeiro
Assunto:: Leishmaniose
Diagnóstico citológico
Genética médica
Issue Date: 2-Jan-2012
Citation: CORVALAN, Fátima Heritier. Detecção de DNA de Leishmania braziliensis através da reação em cadeia da polimerase (PCR) em saliva de pacientes com leishmaniose tegumentar americana. 2011. 95 f., il. Tese(Doutorado em Ciências da Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: A Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) é uma parasitose de grande repercurssão médica e social no Brasil. Como seu diagnóstico muitas vezes é difícil devido à escassez parasitária nas amostras clínicas e à baixa sensibilidade das técnicas tradicionais, modernas tecnologias com alvo na identificação genômica como a Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) têm sido utilizadas na investigação diagnóstica da doença. Diante da possibilidade do encontro de parasitas em vários fluídos corporais no diagnóstico das leishmanioses e sendo a saliva um produto do organismo humano, cogitou-se a possibilidade da identificação de Leishmania nesse tipo de material orgânico. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a possibilidade da detecção do DNA de Leishmania através da PCR na secreção salivar de pacientes com o diagnóstico de LTA. Coletou-se, antes de instalado o esquema terapêutico, a saliva de quatro pacientes com LTA para a realização da PCR. Quando utilizados os primers b1 e b2, específicos para a espécie L.(V.) braziliensis, a detecção de fragmentos de aproximadamente 103pb, tamanho estimado para essa espécie, determinou resultados positivos nas amostras de secreção salivar de um paciente com a forma cutânea da doença e de outros dois com a forma mucosa. Demonstrou-se, pela primeira vez, ser possível a amplificação de DNA de Leishmania na saliva de pacientes com LTA, identificando-se a espécie presente. Não existem relatos na literatura médica sobre a presença dos agentes etiológicos da LTA no fluido oral de pacientes com a enfermidade, o que confere originalidade ao estudo. Novas pesquisas são necessárias com um maior número de participantes de forma a padronizar o tipo de coleta, verificar a sensibilidade e especificidade do teste e assim demonstrar a utilidade do fluído salivar como substrato não invasivo a ser utilizado para investigação diagnóstica da LTA através da PCR. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Cutaneous Leishmaniasis (ACL) is a parasitic disease of great medical and social repercussions in Brazil. As its diagnosis is often difficult due to lack parasite in clinical samples and the low sensitivity of traditional techniques with modern technology to identify genomic targets as the Polymerase Chain Reaction (PCR) have been used in the laboratory diagnosis of disease. Facing the possibility of the presence of parasites in various body fluids in the diagnosis of leishmaniasis and the saliva is a product of the human body, he considered the possibility of identification of Leishmania in this type of organic material. The aim of this study was to evaluate the possibility of detection of Leishmania DNA by PCR in the salivary secretion of patients with the diagnosis of ACL.Was collected before installing the regimen, the saliva of four patients with ACL for PCR analysis. When used the primers b1 and b2, specific to the species L. (V.) braziliensis, the detection of fragments of approximately 103pb, estimated size for this species, determined positive results in samples of saliva from a patient with the cutaneous form of disease and two with the mucosal form. It was demonstrated for the first time, be possible to amplify Leishmania DNA in the saliva of patients with ATL, identifying the species present. There are no reports in the medical literature about the presence of the etiologic agents of leishmaniasis in the oral fluid of patients with the disease, which gives originality to the study. Further research is needed with a larger number of participants in order to standardize the type of collection, verify the sensitivity and specificity of the test and thus demonstrate the usefulness of salivary fluid as a noninvasive substrate to be used for diagnosis of ACL using PCR.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2011.
Appears in Collections:FS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9793/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.