Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/8980
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_ConstantinoIsidoroFilho_parcial.pdf758,18 kBAdobe PDFView/Open
Title: Demorô! : investigações sobre a teatralidade no hip hop
Authors: Isidoro Filho, Constantino
Orientador(es):: Mota, Marcus Santos
Assunto:: Teatro
Música
Juventude
Issue Date: 7-Jul-2011
Citation: ISIDORO FILHO, Constantino. Demorô!: investigações sobre a teatralidade no hip hop. 2011. 96 f., il. Dissertação (Mestrado em Artes)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: Esta dissertação tem como objetivo investigar a ocorrência da teatralidade na estrutura criativa e organizativa do hip hop. Essa arte se constitui como um movimento sócio-artísticocultural formado por quatro elementos principais: o grafite, a dança do Bboy, a discotecagem dos DJ e o canto dos MC. Na pesquisa realizada identificamos nos quatro elementos a utilização consciente de procedimentos técnicos que visam produzir um tipo particular de experiência estética, na qual a realidade social é índice que anima a produção artística. Ao mesmo tempo em que serve de material poético, a realidade vivida fornece o contexto que identifica os atores envolvidos na prática cultural. Há na sua materialização uma postura de protagonismo ambivalente e polifônico, cujo acento ora reside no artista, ora no público. Com a mesma contundência, a perspectiva expressiva que canta, dança, desenha e sonoriza o espaço social com a visão íntima, sensível e feroz dos excluídos postula e provoca nos envolvidos uma atitude concreta de atuação na realidade social, forjando uma estética intimamente vinculada a uma ética, que se reflete tanto na produção artística quanto na postura cidadã do ativista deste movimento. Dessa forma, hip hop configura-se como um modo de vida com a sua própria língua, estilo de música, vestimentas e de mentalidade. Esse modo próprio de vida procura construir no espaço social de marginalização um novo patamar para a qualidade de vida desses excluídos. É justamente no controle exercido para a articulação dessa estética hip hop com as outras dimensões de sentido da sociedade que verificamos a forte presença da teatralidade como dispositivo capaz de atuar tanto na dimensão artística, quanto no campo social do cotidiano. Essa inteligência simbólica e criativa é para nossa pesquisa um dispositivo teatral de alto valor para a produção das artes cênicas na contemporaneidade. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This thesis aims to investigate the occurrence of theatricality in the creative and organizational structure of hip hop. This art is constituted as a socio-cultural-artistic movement consisting of four main elements: graffiti, dancing Bboy, the disco rithms of the DG’s and the MC’s way of sing the songs. In the survey we identified on all four elements the conscious use of technical procedures that aim to produce a particular kind of aesthetic experience, in which social reality is the content that drives the artistic production. While serving as poetic material, the lived reality provides the context that identifies the actors involved in the cultural practice. Due to its materialization there is a polyphonic and ambivalent protagonism posture whose enphasys laiys sometimes on the artist, sometimes in the public. With the same forcefulness, the expressive prospect that sings, dances, draws and sonorizes the social space with the inner vision, sensitive and fierce by the excluded postulates and causes on the involved a concrete attitude of action in the social reality, forging an aesthetic closely linked to an ethics, which is reflected both in the artistic production as a citizen activist posture of the movement. That way hip hop is configured as a way of life with its own language, style of music, clothing and mindset. This particular way of life seeks to build in the social marginalization a new bar for the quality of life of those excluded. It is precisely in control and exercised to this articulation of this hip hop aesthetic with the other dimensions of meaning in society, we find that the strong presence of theatricality as a device capable of acting both in the artistic dimension, as in the social sphere of everyday life. This symbolic and creative intelligence is for our research a theatrical device of high value to the production of performing arts in contemporary society.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, 2011.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo: Considerações Iniciais, Considerações Finais, Referências Bibliográficas.
Appears in Collections:IdA - Mestrado em Artes (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8980/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.