Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/8869
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_SidneyCarlosSabbag.pdf3,6 MBAdobe PDFView/Open
Title: Reposição florestal : caminho para o desenvolvimento sustentável da silvicultura tropical
Authors: Sabbag, Sidney Carlos
Orientador(es):: Imaña Encinas, José
Assunto:: Reflorestamento
Desenvolvimento sustentável
Issue Date: 1-Jul-2011
Citation: SABBAG, Sidney Carlos. Reposição florestal: caminho para o desenvolvimento sustentável da silvicultura tropical. 2011. x, 158 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: A importância de voltar o olhar ao passado, pesquisar, analisar as normas e as ações executadas no tema Reposição Florestal, permite entender os fatos atuais e, consequentemente, contribuir para a formulação de soluções ou de propostas para as políticas públicas pertinentes. Neste estudo, houve a possibilidade de entender e avaliar os erros e acertos da condução da prática silvicultural no Brasil, voltada a buscar o caminho da sustentabilidade entre o setor produtivo e as florestas nativas do país. O desenvolvimento do setor florestal foi muito grande no que concerne aos plantios com espécies exóticas, mas a realidade para com as espécies nativas não foi a mesma, embora nos anos 1940 a 1960 plantaram-se muitas florestas com espécie nativa, no caso da “Araucária angustifólia”, na região sul do Brasil. Existem muitas práticas silviculturais de sucesso em todas as regiões brasileiras utilizando o mecanismo da Reposição Florestal, que tem como conceito e como objetivo obrigar as empresas consumidoras de matéria-prima florestal a consumir de floresta plantada ou então de manejo florestal sustentado. Dessa forma, a formação de estoque regulador de florestas é uma ferramenta que não pode ser menosprezada pelo governo, principalmente no objetivo da redução da taxa de desmatamento no Brasil. Um ponto fundamental e que durante anos foi colocado em segundo plano é a pesquisa e o acompanhamento da academia para com a prática florestal, utilizando as espécies nativas, voltado para a produção de bens de consumo. A produção de matéria-prima florestal com espécies nativas pode crescer em muito dos atuais 0,8 % do PIB nacional. A sociedade brasileira, no afã de salvaguardar as florestas nativas, deve lutar pela implementação de um órgão central nacional formulador das políticas públicas exclusivamente para o setor florestal. Ações de capacitação, aprendizado e treinamento de técnicos florestais de forma a aproximar o setor público (controlador) do setor privado (utilizador), objetivando a uma padronização nas ações e no trato das florestas. __________________________________________________________________________________ ABSTRCT
It is important to look at the past, to search, to analyze the norms and actions executed in relation to the Forest Replacement, to understand the current facts and consequently to contribute with the formularization of solutions or proposals for relevant public politics. This study has promoted a possibility to understand and evaluate the mistakes and hits made in the conduction of silviculture practices in Brazil with the aim to search the way for sustainability between the productive sector and the Brazilian native forests. The development of the forest sector was very important concerning the planting of exotic species. For the native species, this development was not the same, even if in the years (1940 to 1960) many forests have been planted with native species, such as the case of “Araucaria angustifolia” in the south region of Brazil. There are successful silvicultural practices in all regions of Brazil which are using the mechanism of Forest Replacement. This mechanism has as concept and objective to obligate companies to consume raw forest material from areas of silviculture (planted forest) or areas of sustainable forest management. In such way, the establishment of a regulatory forest supply is an important tool that cannot be underrated by the government, especially concerning the objective to reduce the deforestation tax in Brazil. During many years, the academic research and monitoring on forest practices concerning the use o native species for production of goods consumption is a fundamental point has been placed in second plan. The raw forest material production using native species can increase a lot from the actual 0.8% of the GNP (Gross National Product). To safeguard the native forests the Brazilian Society must exclusively fight for the implementation of a National Central Agency responsible for the formulation of public politics related to the forest sector. Action of capacity building, learning and training of forest technicians in a way to approach the public sector (controller) to the private sector (user) with the objective to regulate the actions and treatment of the forests.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2011.
Appears in Collections:EFL - Mestrado em Ciências Florestais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8869/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.