Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/8854
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_CristianeRibeiroGomesBouMaroun.pdf2,63 MBAdobe PDFView/Open
Title: A multimodalidade textual no livro didático de português
Authors: Maroun, Cristiane Ribeiro Gomes Bou
Orientador(es):: Vieira, Josênia Antunes
Assunto:: Redação
Análise do discurso
Crítica textual
Issue Date: 1-Jul-2011
Citation: MAROUN, Cristiane Ribeiro Gomes Bou. A multimodalidade textual no livro didático de português. 2006. 118 p. Dissertação (mestrado) - Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Lingüística, Línguas Clássicas e Vernácula, 2006.
Abstract: A profusão de imagens, nas práticas de escrita, abriu espaço para mudanças do discurso, colocando em evidência a linguagem visual. Hoje em dia, os textos requerem além de aparato tecnológico, cores variadas e sofisticados recursos visuais. Entram em alta os textos multimodais, ou seja, aqueles que empregam duas ou mais modalidades semióticas em sua composição. A presença de textos compostos pelas modalidades verbal e visual no livro didático de Português motivou-me a desenvolver pesquisa sobre o assunto. Então surgiu o objetivo deste trabalho: analisar, sob a perspectiva da Análise de Discurso Crítica (ADC) e da Teoria da Semiótica Social, a forma como a multimodalidade dos textos é explorada nos livros didáticos de Português do Ensino Médio selecionados para análise, de forma a conduzir ou não os alunos à interpretação de todos os modos semióticos presentes no texto. Para tanto, levantei três perguntas de pesquisa: 1) As atividades propostas pelo livro didático para cada texto selecionado levam o aluno à leitura crítica de todos os modos semióticos presentes no texto? 2) Como são produzidos os sentidos nos textos multimodais que apresentam as modalidades verbal e visual? 3) Como é tratada a ideologia nos textos selecionados para análise? Este estudo teve como fundamentação teórica a Análise de Discurso Crítica (ADC) e a Teoria da Semiótica Social. A construção do corpus da pesquisa foi qualitativa: selecionei seis textos, formados pelas modalidades verbal e visual, extraídos de três livros didáticos de Português do Ensino Médio (Volume Único). Pela análise desses textos, com base nas categorias de Kress e van Leeuwen (1996), de Fairclough (2001, 2003) e de Thompson (1995), foi possível verificar que as modalidades escrita, oral e visual concedem ao produtor do signo a realização do seu propósito ideológico, o que confere ao texto multimodal um de seus princípios mais relevantes: o do poder. Os produtores e os leitores possuem poder em relação ao texto, produzindo signos complexos, sustentados pelos interesses dos interlocutores. A aplicação das categorias analíticas possibilitou, ainda, a constatação de que as imagens integram argumentos discursivos à parte do discurso falado ou escrito e de que a composição das linguagens verbal e visual não é neutra ou livre de valores. O futuro nos reserva uma comunicação mais intensamente multimodal e, por isso, a escola deve buscar construir e transformar a realidade cultural, por meio de um ensino de produção e de leitura de textos que trabalhe, além da modalidade verbal, a modalidade visual de forma sistematizada, com base nas categorias da Gramática Visual, para um ensino de Língua Portuguesa que atenda às necessidades de um mundo multissemiótico em transformação. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
A vast array of images on writing practices opens opportunity for changes in discourse, mainly when it comes to emphasizing the visual language. Texts require nowadays not only a great variety of colors and sophisticated visual devices but also technological apparatus. Multimodal texts are in, i.e., those texts on which two or more kinds of semiotic modes are used in their structure. The presence of texts formed by verbal and visual modes seen on Portuguese Language didactic books has led me to develop a research on the subject. Thus, the present paper aims at analyzing under the Critical Discourse Analysis and the Social Semiotic Theory the way the multimodality of texts is explored on the selected Portuguese Language didactic books for High School students, so as to decide whether or not to guide them for interpreting all the semiotic modes in texts. With this objective in view, three major questions concerning the research have arisen: 1) Do the activities proposed on the didactic book for each chosen text takes the student to a critical reading of all the semiotic modes present in the text? 2) How are produced the meanings in multimodal texts formed by verbal and visual modalities? 3) How is the ideology dealt with on the selected texts for analysis? This paper had as theoretical support the Critical Discourse Analysis and the Social Semiotic Theory. The corpus of the research obeyed a qualitative methodology : six texts formed by verbal and visual modalities were selected from three didactic Portuguese books for High School (a three-grade book, intended for all series). By analyzing those texts, based upon the categories of Kress and van Leeuwen (1996), Fairclough (2001, 2003) and Thompson (1995), it was possible to conclude that written, oral and visual modalities give the producer of the linguistic sign the achievement of its ideological purpose, which grants to the multimodal text one of its highest relevant principles: the one of power. As to the text, both writers and readers exercise power on it, producing complex signs, supported by the interest of the interlocutors. The application of analytical categories makes it possible, moreover, to conclude that the images are part of discursive arguments, apart from spoken or written discourse; and that the formation of verbal and visual languages is neither neuter nor values-free. The future predicts us a communication somehow intensely multimodal, therefore forcing the school to build up and transform the cultural reality. That will occur by means of a teaching method which emphasizes the writing and reading of texts that deal with not only the verbal but also with the visual modality, on a systematized way. Such way will be based upon the Visual Grammar categories, viewing at the teaching of the Portuguese Language that meets the needs of a multisemiotic world in constant change.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Lingüística Aplicada, 2006.
Appears in Collections:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8854/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.