Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/8826
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_CarolinaSantinCotica.pdf553,48 kBAdobe PDFView/Open
Title: Percepção de envelhecimento e finitude no final da vida adulta tardia : um estudo num grupo da melhor idade
Authors: Cótica, Carolina Santin
Orientador(es):: Tavares, Maria Clotilde Henriques
Assunto:: Envelhecimento
Idosos - Tocantins
Issue Date: 30-Jun-2011
Citation: CÓTICA, Carolina Santin. Percepção de envelhecimento e finitude no final da vida adulta tardia: um estudo num grupo da melhor idade. 2011. 89 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: No Brasil, verifica-se ultimamente, uma tendência acentuada do aumento da população idosa à semelhança do que acontece em nível mundial, o que requer maior atenção para esta etapa do ciclo de vida. O envelhecimento, por sua vez, como parte deste ciclo, remete à questão da finitude como sua conseqüência final. Assim, o presente estudo teve como objetivos descrever as características sóciodemográficas de um grupo de idosos participantes de um grupo da Melhor Idade no município de Paraíso (Tocantins -TO) e avaliar a sua percepção de envelhecimento e finitude. Para isto, foram utilizados três instrumentos (entrevista semi-estruturada, Celich e Frumi, 2006), Escala de Ansiedade Perante a Morte (Templer, 1970) e o Questionário de Ansiedade Perante a Morte - DAQ (Conter, Weiner & Plutchik, 1982) que foram aplicados em 16 idosos (12 mulheres e 04 homens) com idades entre 75 anos e 89 anos (x= 80,19; DP= ± 0,95). Os resultados apontaram que 56,2% dos idosos eram viúvos, 75% eram do sexo feminino, de religião predominantemente católica e 87,5% dos mesmos moravam com seus familiares em casas próprias. Os resultados obtidos com os três instrumentos são similares e indicaram que os idosos não temem a morte e a finitude, mas é motivo de grande preocupação para a maioria deles a perda da saúde física e a dependência bem como limitações associadas aos efeitos naturais do envelhecimento. Os resultados da Escala de Ansiedade Perante a Morte foram positivamente correlacionados com os obtidos pelo DAQ. Aspectos positivos (e.g. respeito, importância, realização, aceitação da velhice, religiosidade) e negativos (e.g. limitação, comprometimento da saúde física, dependência, perda, solidão e finitude) foram associados ao envelhecimento que foi percebido como um processo natural do fechamento do ciclo de vida. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
I n Brazil there has been lately, a strong trend of increasing eldery population similar to what happens in the world. Aging, in turn, as part of this cycle leads to the question of finitude as the final outcome. The present study aimed to describe the demographic characteristics of a group of elderly participants in a group of Golden Age in the town of Paradise (Tocantins-TO) and to assess their perception of aging and finitude. For this three instruments were used: Semi-structured Interview (Celich & Frumi, 2006), Anxiety Templer Scale Against the Death (Templer, 1970) and the Questionnaire of Anxiety About Death - DAQ (Conter, Weiner & Plutchik, 1982) which were applied for 16 older adults (12 women and 04 men) aged between 75 and 89 years old. The results showed that 56.2% of the elderly were widowed, 75% were female, of the Catholic religion and 87.5% of them lived with their families in their own houses. The results obtained with the three instruments are similar and indicated that the elderly do not fear death and finitude, but it is of great concern to most of them the loss of physical health and dependence and limitations associated with the natural effects of aging. The results of the Anxiety Scale Faced Death were positively correlated with those obtained by the DAQ. Positive aspects as respect, importance, performance, acceptance of old age and religiosity and negative aspects such as limitation, impairment of physical health, addiction, loss, loneliness and finitude were associated with aging that was perceived as a natural process of closing the loop of life.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2011.
Appears in Collections:FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8826/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.