Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/8475
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_SandraIaraFurtadoCostaRodrigues.pdf660,85 kBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da qualidade do milho e predição da energia metabolizável para uso em avicultura
Other Titles: Quality assessment of maize and prediction of metabolizable energy for use in poultry
Authors: Rodrigues, Sandra Iara Furtado Costa
Orientador(es):: Pimentel, Concepta Margaret McManus
Stringhini, José Henrique
Assunto:: Aves - criação
Milho como ração
Issue Date: 20-Jun-2011
Citation: RODRIGUES, Sandra Iara Furtado Costa. Avaliação da qualidade do milho e predição da energia metabolizável para uso em avicultura. 2009. 108 f., il. Tese (Doutorado em Ciência Animal)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Objetivou-se com este trabalho discutir os principais pontos que contribuem para as perdas de qualidade do milho utilizado para o balanceamento de rações para aves. Foram retiradas 6488 amostras de cargas a granel. Para as propriedades físicas mês, ano, fornecedor, bem como as suas interações, afetaram (P<0,05) todas as propriedades químicas (Proteína Bruta, Fibra Bruta, Extrato Etéreo (EE) e Extrato Não Nitrogenado), bem como densidade, umidade e a Energia Metabolizável (EM) estimada, enquanto que as características físicas foram menos afetadas por estes fatores, com exceção dos avariados. A maior ocorrência de grãos ardidos e carunchados resultou em redução do EE e EM. Um ensaio metabólico foi realizado para avaliar as frações avariadas do milho determinando seu conteúdo energético e digestibilidade de nutrientes. Foram utilizados 170 frangos de corte machos, com 22 dias de idade. Os tratamentos consistiram de cinco milhos classificados como: bom, fermentados, carunchado, ardido e o milho controle. As substituições foram feitas com base na matéria natural, sendo 60% da dieta referência + 40% de cada fração do milho avaliada. Foi utilizado o método tradicional de coleta total de excretas e foram determinados, por meio de cálculos, os valores de energia metabolizável aparente (EMA) e corrigida para balanço de nitrogênio (EMAn) e os coeficientes de digestibilidade da matéria seca (CDMS), proteína bruta (CDPB), extrato etéreo (CDEE) e da energia bruta (EB) do milho e suas frações. As diferentes frações dos milhos testados apresentaram diferentes valores em suas composições químicas quando comparados ao milho bom e às Tabelas Brasileiras. Houve a influência linear da densidade sobre a EMA e EMAn e os coeficientes de digestibilidade dos nutrientes. Em geral, os milhos de menores valores de densidade apresentaram os menores coeficientes de digestibilidade em relação aos demais avaliados. Baseando-se nas análises físicas de outras 5094 amostras independentes e utilizando os dados acima encontrados de energia metabolizável para diferentes frações de milhos, e também umidade e densidade, foram desenvolvidas equações de predição para estimativa da EMA e a EMAn para milhos com diferentes composições físicas por meio de regressões múltiplas. Para o desenvolvimento das equações adotou-se agrupamento das frações de grãos (em percentual): atacados por fungos (Fun), fragmentados (Frim), atacados por insetos (Ins), grãos quebrados (Quebr) e, a fração de grãos avariados por diversas causas (ADC). As equações apresentaram coeficientes de determinação (R2) elevados, sendo 0,994 para EMA, e 0,987 para EMAn, indicando excelente ajuste das equações aos dados e foram: EMA = 3310.06- 0.00013085Dens -0.19867Quebr -0.20547Frim -0.60084Fun -1.88072 Ins -0.2281ADC e EMAn = 3381.18-0.00027Dens -0.27963Quebr - 0.28623Frim -0.7911Fun -2.06007Ins -0.29799ADC-0.232Umidade. Análises discriminantes foram feitas para separar os milhos em dois grupos, consideradas de alta qualidade (grupo 1) e o de baixa qualidade (grupo 2), considerando para tal, valores acima e inferiores a média da EMA obtida pelas equações, sendo 3375 kcal/kg, respectivamente. As variáveis mais importantes para separação entre grupos foram às frações de grãos danificados, impurezas, quirera e chochos. Estimou perdas semelhantes nos valores de EM entre os milhos de diferentes qualidades. Torna-se importante conhecer, além do valor energético, a composição física das diferentes frações de milhos, o que é determinante do seu valor nutricional, para que se atenda adequadamente às necessidades nutricionais das aves. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The aim of this study is to discuss the main points that contribute to the loss of quality of corn used for the balance of feed for poultry, and based on it, make some proposals to improve the quality in use in the formulation of diets with use of prediction equations for metabolizable energy. Initially 6488 samples were taken from trucks. The parameters studied included those related to the chemical composition of corn: crude protein (CP), ether extract (EE), crude fiber (CF), not extract Nitrogen (NFE) and estimated metabolizable energy (MEest), and physical traits: density, moisture and physical damage of the grains. Month, year, supplier, and their interactions, affected (P <0,05) all chemical properties (CP, CF, EE, NFE) and density, moisture and MEest, while the physical characteristics were less affected by these factors, except for damaged grains. The higher occurrence of grain rot and insect damage resulted in reduction of EE and ME of grain. An experiment was conducted to evaluate the fractions of corn damaged by determining their energy content and digestibility of nutrients using170 male broilers with 22 days of age. Treatments consisted of five corns classified as good, fermented, insect damaged, burnt and a control. Substitutions were made on the basis of fresh matter, 60% of reference diet + 40% of each fraction of the maize evaluated. The traditional method of total excreta collection were used and were determined by means of calculations, the values of apparent metabolizable energy (AME) and corrected for the nitrogen balance (AMEn) and digestibility coefficients of dry matter (DMCD), Gross protein (CPCD), ether extract (CDEE) and gross energy (GECD) in maize and its fractions. The various fractions of corn tested showed different values in their chemical compositions when compared to control maize and Brazilian tables. Lower-density grains showed lowest digestibility coefficients. Based on the physical analysis of 5094 independent samples, metabolizable energy was estimated for different fractions of corn with different moistures (Umi) and densities (dens). Prediction equations were developed to estimate AME and AMEn for corn with different physical compositions through multiple regressions. For the development of the equations is adopted group of fractions of grains (in percentage): attacked by fungi (Fun), fragmented (Frim), insect damaged (Ins); broken grains (Quebr), and the fraction of grains damaged by various causes (ADC). The equations had high coefficients of determination (R2), 0.994 for AME and 0.987 for AMEn. The equations were: EMA = 3310.06- 0.00013085Dens -0.19867Quebr -0.20547Frim -0.60084Fun -1.88072 Ins - 0.2281ADC e EMAn = 3381.18-0.00027Dens -0.27963Quebr -0.28623Frim -0.7911Fun - 2.06007Ins -0.29799ADC-0.232Umi. Discriminant analysis were used to separate the corn into two groups, high quality and low quality, using results above and below the average (3375 kcal/kg) AME obtained by equations. The most important variables for separation between groups were the fractions of damaged grains, impurities and chochos. Similar losses were estimated in the values of ME among samples of different qualities. It is important to know, besides the energy, the physical composition of different fractions of corn, which is critical in determining its nutritional value, to adequately meet the nutritional needs of birds.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2009.
Appears in Collections:FAV - Doutorado em Ciência Animal (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8475/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.