Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/8086
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_IrisdaCostaArantes.pdf68,72 MBAdobe PDFView/Open
Title: Dimorfismo sexual, crescimento e longevidade de Rhinella rubescens e R. schneideri (Anura, Bofonidae) no cerrado do Brasil central
Authors: Arantes, Ísis da Costa
Orientador(es):: Colli, Guarino Rinaldi
Assunto:: Cerrados
Dimorfismo sexual
Anfíbio
Issue Date: 30-May-2011
Citation: ARANTES, Íris da Costa. Dimorfismo sexual, crescimento e longevidade de Rhinella rubescens e R. schneideri (Anura, Bofonidae) no cerrado do Brasil central. 2010. 43 f., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: O dimorfismo sexual no tamanho e forma corporal, o crescimento e a longevidade de Rhinella rubescens e R. schneideri foram investigados na Estação Ecológica de Águas Emendadas, Distrito Federal. Em ambas as espécies, os machos atingem menor tamanho corporal e possuem maior diâmetro do antebraço que as fêmeas. As fêmeas de R. schneideri possuem glândulas parotóides maiores e cabeças mais altas que os machos, enquanto que as fêmeas de R. rubescens possuem cabeças mais largas que os machos. As fêmeas de R. rubescens possuem maior taxa de crescimento e atingem a maturidade sexual antes dos machos (fêmeas: 105 dias; machos: 170 dias). Por outro lado, as fêmeas de R. schneideri apresentam menor taxa de crescimento e atingem a maturidade sexual depois dos machos (fêmeas: 450 dias; machos: 340 dias). Os indivíduos mais longevos de R. rubescens possuem uma idade estimada em 3,5 anos para fêmeas e 3 anos para machos; em R. schneideri, as estimativas foram de 4 anos para fêmeas e 5 anos para machos. Os machos de R. rubescens foram mais capturados entre os 6 meses e 1 ano de idade, alguns meses após a maturidade sexual, enquanto que os de R. schneideri o foram entre 1 e 1,5 anos, ao atingir a maturidade sexual. Os dados indicam que o dimorfismo sexual resulta de diferença-as nas trajetórias de crescimento antes e depois da maturidade sexual. As espécies são semelhantes morfologicamente e ecologicamente, e ainda apresentam o dimorfismo sexual semelhante; tais evidências refletem o conservatismo filogenético apresentado pelo gênero Rhinella. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Sexual dimorphism in size and body shape, growth and longevity for Rhinella rubescens and R. schneideri were investigated in the Estação Ecológica de Águas Emendadas, Distrito Federal. Adult males of both species have body size and forelimb diameter larger than females. Females of R. schneideri have larger parotoid glands and higher heads than males, whereas females of R. rubescens have wider heads than males. Females of R. rubescens have higher growth rates and reach sexual maturity earlier than males (females: 105 days, males: 170 days). Moreover, females of R. schneideri have lower growth rates and attain sexual maturity later than males (females: 450 days, males: 340 days). The oldest individuals of R. rubescens were 3 years-old for males and 3.5 years-old for females; for R. schneideri, the estimates were 5 years-old for males and 4 years-old for females. Males of R. rubescens are more frequently captured between 6 months and 1 year-old, some months after sexual maturity; and R. schneideri are captured between 1 to 1.5 years old, at the age of sexual maturity. The data indicate that sexual dimorphism results from different growth trajectories before and after sexual maturity. The species are similar in morphology, ecology and sexual dimorphism, and such evidence reflects the phylogenetic conservatism in the genus Rhinella.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2010.
Appears in Collections:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/8086/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.