Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/7963
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ParâmetrosRuminaisDesaparecimento.pdf90,07 kBAdobe PDFView/Open
Title: Parâmetros ruminais e desaparecimento da FDN da forragem em bovinos suplementados em pastagem na estação das águas
Other Titles: Ruminal parameters and NDF forage disappearance of supplemented steers under grazing, during the rainy season
Authors: Franco, Gumercindo Loriano
Andrade, Pedro de
Bruno Filho, José Roberto
Diogo, José Mauro da Silva
Assunto:: Suplementação nutricional
Forrageiras tropicais
Proteínas
Issue Date: Nov-2002
Citation: FRANCO, Gumercindo Loriano et al. Parâmetros ruminais e desaparecimento da FDN da forragem em bovinos suplementados em pastagem na estação das águas. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 31, n. 6, p. 2340-2349, nov./dez. 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbz/v31n6/a24v31n6.pdf>. Acesso em: 13 maio 2011. doi: 10.1590/S1516-35982002000900024.
Abstract: O objetivo do presente trabalho foi determinar o efeito de suplementos concentrados com diferentes degradabilidades da proteína (alta-75%, média-55% e baixa-35%) e o efeito da quantidade dos mesmos (0,5, 1,0 e 1,5 kg de MS/dia) sobre os parâmetros ruminais (pH e N-NH3) e o desaparecimento da FDN da forragem em bovinos pastejando Brachiaria brizantha cv. Marandu no período das águas. Foram utilizados dez bovinos canulados no rúmen com peso médio de 463 kg num esquema fatorial 3 x 3 com três repetições (blocos). A técnica do saco de náilon e a simulação do pastejo foram usadas para alcançar a cinética de degradação da FDN da forragem. Foram determinadas as concentrações N-NH3 e o pH ruminais durante dois dias, em vários horários. Não houve efeito dos suplementos, tampouco da quantidade destes sobre o desaparecimento da FDN da forragem, mas houve para os diferentes tempos de incubação, alcançando o potencial máximo de degradação (67,58%) às 96 horas de incubação. O pH ruminal variou de 5,7 a 7,4 com média de 6,48, não havendo efeito de tratamento e nem interação tratamento x tempo. Já para os horários de determinação houve diferenças significativas. Para o N-NH3 ruminal houve diferença significativa entre os tratamentos, sendo as maiores concentrações observadas para aqueles que apresentavam maior degradabilidade da proteína. Os primeiros horários após a suplementação apresentavam um maior pico de N-NH3 e os picos do período da manhã foram maiores que os da tarde. As diferentes concentrações de N-NH3 ruminal não alteraram a degradação da fibra. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The objective this work was to evaluate the effect of protein supplements varying in ruminal degradabilities (high-75%, medium-55% and low-35%) fed at three levels (0.5, 1.0 and 1.5 kg/day) on ruminal pH, N-NH3 and NDF degradability of forage, with steers grazing Brachiaria brizantha cv. Marandu during rainy season. The experiment design was a randomized complete block with three replications (grazing periods) and the supplemented treatments were arranged in a factorial 3 x 3. Ten rumen-fistuled crossbred steers with 463 kg live weight, were used. The nylon bag technique and grazing simulation were used to verify the forage and supplement ruminal degradation. Ruminal pH and N-NH3 were determined along two consecutive days. There were no differences between the treatments (supplement source and level) on forage NDF degradability. However, there were differences for the incubation times, with the higher degradability (67.58%) at 96 hours of incubation. No difference for the ruminal pH and time x treatment interaction were observed, but there were differences for the time of sampling. The pH varied ranged from 5.7 to 7.4, with an average of 6.48. The N-NH3 values were higher for the supplements with high protein degradability. The first hours after supplementation showed the highest values of N-NH3, and the peaks of N-NH3 in the morning were higher than the peaks of the afternoon. Fiber degradation was not affected by rumen N-NH3 concentrations.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982002000900024
Appears in Collections:FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7963/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons