Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/7789
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_TaisFurtadoPontes.pdf5,56 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da mobilidade urbana na area metropolitana de Brasília
Authors: Pontes, Taís Furtado
Orientador(es):: Ribas, Otto Toledo
Marques, Paulo César
Assunto:: Planejamento urbano - Brasília (DF)
Urbanização
Mobilidade urbana
Issue Date: 16-May-2011
Citation: PONTES, Taís Furtado. Avaliação da mobilidade urbana na area metropolitana de Brasília. 2010. 275 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: A proliferação das grandes cidades no Brasil veio acompanhada por profundas mudanças nos padrões de uso e ocupação do solo da sociedade, tornando-se um desafio ao planejamento urbano, frente às novas demandas de consumo, infraestrutura e mobilidade. Em meados do século passado, a evolução do modelo de produção fordista apoiada em uma política nacional desenvolvimentista, se refletiu em investimentos maciços na rede viária, necessária ao crescimento da indústria automobilística, e na transformação da paisagem urbana. A cidade, enquanto suporte territorial de deslocamentos diários, passa a se subordinar aos modos de transporte motorizados, os quais possibilitam o avanço da mancha urbana sobre a zona rural. Atividades de produção e consumo condicionam o exercício da mobilidade urbana diária de milhões de pessoas e grande parcela desse contingente tem suas possibilidades de deslocamento condicionadas ao sistema de transporte coletivo, aspectos físicos da cidade, renda e distribuição das atividades no espaço. Planos urbanos e planos de transporte desarticulados resultam em prejuízos econômicos e ambientais, como o desperdício de tempo e recursos naturais, decorrentes das necessidades de deslocamento diário. Torna-se necessário avaliar as variáveis relacionadas ao exercício da mobilidade urbana para conduzir a novas e melhores práticas de planejamento urbano buscando o desenvolvimento sustentável das cidades, como estabelece a política urbana brasileira. Nesse sentido, esse trabalho se propõe a analisar o padrão de mobilidade urbana na área metropolitana de Brasília por meio da aplicação do índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS). Com isso pretende-se contribuir para o processo decisório no âmbito do planejamento urbano integrado buscando cidades mais justas socialmente, viáveis do ponto de vista econômico e ambientalmente saudáveis. O índice também é analisado entendendo suas qualidades e limitações enquanto instrumento de diagnóstico e monitoramento da mobilidade urbana. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The spread of major cities in Brazil came accompanied by profound changes in the patterns of land use, making it a challenge to urban planning, faced by the new demands of consumption, infrastructure and mobility. In the middle of last century, the evolution of the Fordist production model supported by a national development policy, was reflected in massive investments in roads, needed to the growth of the automobile industry, and in transformation of the urban landscape. The city, as territorial support of daily displacements, turns to be subject to the modes of motorized transport, which make possible the advancement of the urban sprawl over rural areas. Production and consumption activities condition the exercise of daily urban mobility of million people. A large portion of that contingent has its displacement possibilities conditioned to the system of public transportation, as well as physical aspects of the city, income and distribution of activities in space. Urban plans and transportation plans disarticulated result in economic and environmental losses such as wasting of time and of natural resources, as a result of the needs of daily displacement. It is necessary to evaluate the variables related to the exercise of urban mobility to lead to new and best practices of urban planning seeking for the sustainable development of cities, as established by the Brazilian urban policy. Thus, this study aims to analyze the pattern of urban mobility in the metropolitan area of Brasília by applying the Index of Sustainable Urban Mobility (I_SUM). It intends to contribute to the decision making process within the integrated urban planning seeking for cities socially more just, viable in the economic point of view and environmentally sound. The index is also analyzed in order to understand its strengths and limitations as a tool for diagnosis and monitoring of urban mobility.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2010.
Appears in Collections:FAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7789/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.