Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/7226
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_GustavoPaivaDeCarvalho.pdf3,48 MBAdobe PDFView/Open
Title: Aquisição de leitura sob o paradigma da equivalência de estímulos e o comportamento precorrente auxiliar : efeitos do treino de habilidades fonológicas
Authors: Carvalho, Gustavo Paiva de
Orientador(es):: Oliveira-Castro, Jorge Mendes de
Assunto:: Leitura - aquisição de linguagem
Psicolinguística - leitura
Leitura - aprendizagem cognitiva
Estímulos sensoriais - leitura
Issue Date: 29-Mar-2011
Citation: CARVALHO, Gustavo Paiva de. Aquisição de leitura sob o paradigma da equivalência de estímulos e o comportamento precorrente auxiliar: efeitos do treino de habilidades fonológicas. 2009. xii, 241 f. Tese (Doutorado em Ciências do Comportamento)-Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2009.
Abstract: Respostas precorrentes auxiliares apresentam tendência à diminuição de sua duração com o acúmulo de treino. No Estudo 1, o comportamento precorrente auxiliar e suas medidas adjacentes (tempos de resposta, tempo de latência e número de erros) foram investigados em uma situação de ensino de leitura. Doze crianças que não sabiam ler, metade no primeiro ano de alfabetização e metade com histórico de fracasso escolar, divididas em dois grupos, receberam treinos de discriminações condicionais entre palavra falada (A) e palavra impressa (C), entre figura (B) e palavra impressa e vice-versa (Treinos AC, BC e CB, respectivamente), além de realizarem treino de composição de palavras (F) com figuras ou palavras impressas como modelo (Treino CF/BF). Tais treinos foram realizados através do software MemoLab_LEITURA 2.0. Além do ensino de leitura, cada grupo recebeu, na primeira etapa do Estudo 1, um tipo de treino específico de habilidades fonológicas (Grupo HF) ou de relações grafofonêmicas (Grupo RG). O comportamento textual (D) dos participantes diante de palavras impressas treinadas (C) e não-treinadas (C') foi averiguado (Teste CD/C'D). Observou-se a emergência de leitura recombinativa em quatro dos seis participantes do Grupo HF e em dois dos participantes do Grupo RG. Além disso, os participantes do Grupo HF demonstraram desempenhos melhores nos treinos de relações condicionais e de composição. Atribuíram-se os desempenhos superiores ao estabelecimento de controle por unidades menores, o qual foi facilitado pelo treino de habilidades fonológicas. No Estudo 2, os participantes do Estudo 1 foram comparados a 26 alunos de uma classe de alfabetização quanto à leitura e a habilidades fonológicas. Os alunos foram divididos em quatro grupos de cinco ou seis participantes: "Bons leitores", A, B e C. Os Grupos A, B e C foram formados por crianças que não sabiam ler palavras impressas apresentadas isoladamente. Os resultados mostraram que as crianças dos Grupos HF e RG foram as que apresentaram maior percentual de ganho em relação ao comportamento textual e a habilidades fonológicas, indicando que a aquisição de leitura parece melhorar a discriminação sobre aspectos semânticos e sobre as características segmentadas das linguagens oral e escrita. Discute-se que o repertório de habilidades fonológicas, enquanto rede de relações que contextualiza a unidade funcional, é distinto, mas se integra aos repertórios de leitura e escrita. É proposto que novas pesquisas procurem investigar mais detalhadamente esse repertório e suas interações com escrita e leitura. Avalia-se também que medidas de desempenhos relacionadas ao comportamento precorrente auxiliar fornecem alternativa interpretativa a fenômenos que são compreendidos através de concepções internalistas. Critica-se, assim, o conceito de consciência fonológica, mas alerta-se que mais estudos e novas manipulações experimentais são necessárias para melhor compreensão do comportamento precorrente auxiliar relacionado à aquisição de leitura. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Auxiliary precurrent responses show a tendency of reduction with accumulated training. In Study I, the precurrent auxiliary behavior and its his adjacent measures (response time, latency time and number of errors) were investigated in a reading educational situation. Twelve nonreading children, half in the first year of a literacy and half with a transcript of school failure, divided in two groups, received trainings of conditional discriminations between dictated words (A) and printed words(C) (AC Training) between pictures (B) and printed words (BC Training) and between printed words and pictures (CB Training), besides practicing word composition (F) with pictures or printed words as a model (Practice CF/BF). Such trainings were carried out using the software MemoLab_LEITURA 2.0. Besides being taught how to read each group received, in the first part of Study I a specific training of phonological abilities. The textual behavior (D) of the participants faced with trained printed words (C) and untrained words (C) was ascertained (CD/CD Test). It was observed the emergency of recombinative reading in four of the six participants of Group HF and in two participants of Group RG. Besides this, the participants of Group HF showed better performances in the trainings of conditional and composition relafions. The superior performances were attributed to estabUshing control of smaller units, which were facilitated by the training of phonological abilities. In Study 2, the participants of Study 1 were compared to 26 students of a first-grade class concerning reading and phonological abilities. The students were divided into four groups of five or six participants: "Good readers". A, B and C. Groups A, B and C were formed by children that did not know to read printed words presented isolatedly. Results demonstrate that the children in Group HF and RG were the ones that presented higher gain percentual in comparison to the textual behavior and phonological abilities, indicating that the acquisition of reading seems to improve the discrimination about semantic aspects and about the segmented characteristics of written and oral languages. It is discussed that the repertoire of phonological abilities, as a net of relations that provide context for fimcfional unit, is distinct but integrates into reading and writing repertoires. It is proposed that new researches investigate more thoroughly this repertoire and its interactions with writing and reading. Also evaluate that measures of performances related to the precurrent behavior help supply an alternative interpretation to phenomena that are understood through internalist concepUons. Therefore criticizing the concept of phonological conscience, but alerting that more studies and new experimental manipulations are necessary for a better comprehension of the auxiliary precurrent behavior related to the acquisition of reading.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2009.
Appears in Collections:PPB - Doutorado em Ciências do Comportamento (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7226/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.