Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/7164
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_DeboraFerreiraCarneiro.pdf1,99 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da citotoxicidade de materiais endodônticos no tratamento de perfurações radiculares
Authors: Carneiro, Débora Ferreira
Orientador(es):: Bezerra, Ana Cristina Barreto
Assunto:: Endodontia
Dentes - doenças
Materiais dentários
Issue Date: 19-Mar-2011
Citation: CARNEIRO, Débora Ferreira. Avaliação da citotoxicidade de materiais endodônticos no tratamento de perfurações radiculares. 2010. 140 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde)-Unmiversidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: Perfurações radiculares podem ser seladas com auxílio de materiais endodônticos, que ficam em contato direto com as células do ligamento periodontal, podendo causar danos que retardem ou impeçam o processo de reparo. Os objetivos deste trabalho foram avaliar a citocompatibilidade dos extratos dos materiais endodônticos (Endofill, Sealer 26, cimento de Portland branco e Cimento de óxidos bioativos), recém espatulados e após 24 horas de presa, em contato com células do ligamento periodontal humano. Foram utilizados como parâmetros de análise a capacidade de proliferação, o potencial transmembrânico mitocondrial, as alterações morfológicas, o potencial genotóxico e as alterações no ciclo celular. As células do ligamento periodontal foram obtidas a partir da extração de quatro terceiros molares e cultivadas em laboratório, conforme protocolos de cultura de células. As análises dos efeitos foram realizadas por meio do teste MTT de viabilidade celular, análise microscópica e a citometria de fluxo utilizando como fluorocromos rodamina 123 e iodeto de propídio. O pH foi avaliado pela medição imediata do meio de cultura com extrato do cimento endodôntico com auxílio de pHmetro calibrado. Os resultados obtidos, após análise estatística (ANOVA a três fatores, com nível de significância p<0,05), revelaram que a composição dos materiais é o fator mais influente nas alterações celulares. Todos os materiais demonstraram algum grau de toxicidade para as células do ligamento periodontal dependendo da análise realizada. Somente o Endofill demonstrou toxicidade em todos os testes. Cimento de óxidos bioativos e o cimento de Portland branco não causaram alterações no potencial transmembrânico mitocondrial. Sealer 26, Sealer  e Cimento de Portland branco aumentaram o pH do meio e os dois primeiros também provocaram alterações morfológicas. Cimento de óxidos bioativos foi o que causou os menores danos ao DNA celular e, portanto, as menores alterações em ciclo celular. A citotoxicidade tende a diminuir à medida que a reação presa se completa. Apesar dos resultados, faz-se necessário continuar as pesquisas, com organismos vivos, para predizer e estabelecer a compatibilidade dos materiais. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Root perforations can be sealed with the aid of endodontic materials, which are in direct contact with the periodontal ligament cells, may cause damage to slow or prevent the repair process. Our objectives were to evaluate the cytocompatibility of the extracts of endodontic materials (Endofill, Sealer 26, white Portland cement and bioactive oxides-based sealer), after contact for 24 hours with human periodontal ligament cells. The cell viability, the mitochondrial transmembrane potential, the morphological changes, the genotoxic potential and changes in the cell cycle were evaluated by MTT assay and flow cytometry. The periodontal ligament cells were obtained from the extraction of four third molars and cultured in the laboratory by cell culture protocols. The pH was measured at the material extract at varying time intervals with calibrated pHmeter. The results, after statistical analysis (ANOVA with three factor interaction, p <0.05), revealed that the composition of materials is the most influential factor in the cellular changes. All materials showed some degree of toxicity to the cells of periodontal ligament depending on the analysis. Only Endofill demonstrated toxicity in all tests. Bioactive oxides-based sealer and white Portland cement did not cause changes in mitochondrial transmembrane potential. Sealer 26, Sealer  and white Portland cement increased the pH of the medium and the first and second also caused morphological changes. Bioactive oxide-based sealer was what caused the least damage to cellular DNA and thus the smallest changes in the cell cycle. The cytotoxicity tends to decrease as the set reaction is complete. Despite the results, it is necessary to continue research with living organisms to predict and establish the compatibility of materials.
Description: Tese (doutorado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2010.
Appears in Collections:PPGCS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7164/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.