Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/7152
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_AlessandraBeatrizCarneiroGoncalvesAlves.pdf12,96 MBAdobe PDFView/Open
Title: A questão do escape em edifícios altos : a influência da fumaça de incêndio na proteção da vida
Authors: Alves, Alessandra Beatriz Carneiro Gonçalves
Orientador(es):: Lima, Paulo Castilho
Assunto:: Arquitetura
Edifícios altos
Prevenção de incêndio
Issue Date: 18-Mar-2011
Citation: ALVES, Alessandra Beatriz Carneiro Gonçalves. A questão do escape em edifícios altos: a influência da fumaça de incêndio na proteção da vida. 2010. 285 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: As novas tecnologias e inovações em projetos possibilitam a construção de edifícios cada vez mais altos. E a preocupação com o meio ambiente fez surgir o conceito de edifícios verdes e sustentáveis. O presente estudo destaca como problema a estratégia bioclimática de ventilação natural aplicada a estes edifícios nas estratégias de Segurança contra Incêndio, como influência na propagação da fumaça. A fumaça, conseqüentemente, influencia no movimento de evacuação dos ocupantes da edificação. Os edifícios altos são as construções mais preocupantes em relação ao escape seguro, sem ferimentos e mortes, pois, além de comportarem um número maior de pessoas, o tempo gasto para saída é maior, comparando-se a edificações térreas ou mais baixas. Através da utilização de um software de simulação de incêndio e do movimento de evacuação, percebeu-se que na criação de uma área protegida no pavimento da edificação, seria possível aumentar o tempo de escape sem prejudicar a existência da ventilação natural no edifício. O estudo adotou a metodologia comparativa e, através da análise dos resultados obtidos nas simulações, foi possível demonstrar que as estratégias bioclimáticas podem ser aplicadas ao edifício garantindo, ao mesmo tempo, um ambiente confortável e seguro. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
New technologies and innovations in designs allow for the construction of buildings ever higher. And the concern with the environment has raised the concept of green buildings and sustainable. This study highlights the problem as bioclimatic natural ventilation strategy applied to these buildings in the strategies of Fire Safety, as an influence on the spread of smoke. The smoke, therefore, influences the movement of evacuation of the occupants of the building. The tall buildings are the buildings most concern in relation to escape safely without injuries and deaths because, in addition to conduct a larger number of people, the time taken to output is higher, comparing the buildings ground floor or lower. By using a software simulation of fire and movement of escape, it was felt that the creation of a protected area in the floor of the building, could increase the time to escape without affecting the existence of natural ventilation in the building. The study adopted a comparative methodology, and by analyzing the simulation results, we could demonstrate that strategies can be applied to bioclimatic building ensuring at the same time, a comfortable and secure.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2010.
Appears in Collections:FAU - Doutorado em Arquitetura e Urbanismo (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7152/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.