Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/6853
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ParâmetrosGenéticosCaracterísticas.pdf36,04 kBAdobe PDFView/Open
Title: Parâmetros genéticos das características produtivas e reprodutivas de búfalos na Amazônia brasileira
Other Titles: Genetic parameters of production and reproduction traits of buffaloes in the Brazilian Amazon
Authors: Cassiano, Lisângela Aparecida Pinheiro
Mariante, Arthur da Silva
Pimentel, Concepta Margaret McManus
Marques, José Ribamar Felipe
Costa, Norton Amador da
Assunto:: Correlações genéticas
Herdabilidade
Búfalo
Produção animal
Reprodução animal
Issue Date: May-2004
Citation: CASSIANO, Lisângela Aparecida Pinheiro et al. Parâmetros genéticos das características produtivas e reprodutivas de búfalos na Amazônia brasileira. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 39, n. 5, p. 451-457, maio 2004. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pab/v39n5/a07v39n5.pdf>. Acesso em: 07 fev. 2011. doi: 10.1590/S0100-204X2004000500007.
Abstract: O objetivo deste trabalho foi estimar componentes de variância e parâmetros genéticos, incluindo correlações genéticas, fenotípicas e herdabilidade das características produtivas e reprodutivas de búfalos na Amazônia brasileira. As estimativas de herdabilidade (h2) das características variaram de 0,04 a 0,05 no primeiro intervalo entre partos, de 0,0 a 0,26 no intervalo entre partos, e de 0,0 a 0,25 no período de serviço, refletindo grande influência ambiental. Na idade ao primeiro parto, a herdabilidade variou de 0,12 a 0,38. Em relação ao peso ao nascer, a raça Murrah foi a que apresentou a mais alta h2 (0,62). As correlações genéticas variaram de 1,00 a -1,00. Foram negativas as correlações genéticas entre idade ao primeiro parto e peso da fêmea adulta (-0,12 a -1,00 dependendo da raça), assim como as correlações entre período de serviço, peso ao nascer e peso da fêmea adulta (0,01 a -1,00). O efeito de ambiente permanente (c2) variou de 0,000 a 0,155. Somente no intervalo entre partos para a raça Jafarabadi pode-se considerar que houve c2 significativo (0,458). O efeito materno (m2) no peso ao nascer variou de baixo a médio, nas raças Carabao, Jafarabadi, Mediterrâneo e Murrah (0,11, 0,17, 0,37, 0,04, respectivamente).
Abstract: The aim of this study was to estimate genetic parameters, including genetic and phenotypic correlations as well as heritabilities, for production and reproduction traits of buffaloes in the Brazilian Amazon. Heritability estimates varied from 0.04 to 0.05 for FCI (first calving interval), 0.0 to 0.26 for CI (calving interval) and 0.0 to 0.25 for SP (service period), reflecting high environmental variation for these traits. For AFC (age at first calving) the heritabilities varied from 0.12 to 0.38. The Murrah breed showed the highest heritabilitiy for BW (birth weight) (0.62). Genetic correlations varied between 1.00 and -1.00 depending on the traits. There were negative genetic correlations between AFC and MFW (mature female weight) (-0.12 to -1.00 depending on breed) as well as between SP, BW and MFW (0.01 to -1.00). Permanent environment effects of the traits were low (0.000 to 0.155) and only that for CI in the Jafarabadi breed could be considered significant (0.458). Maternal effects for birth weight were low to medium (0.11, 0.17, 0.37 and 0.04 for Carabao, Jaffarabadi, Mediterranean and Murrah, respectively).
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2004000500007
Appears in Collections:FAV - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6853/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons