Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/6829
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_MarianaSchneider.pdf1,25 MBAdobe PDFView/Open
Title: Composição e estrutura trófica da comunidade de peixes de riachos da sub-bacia do ribeirão bananal, Parque Nacional de Brasília, bioma cerrado, DF
Authors: Schneider, Mariana
Orientador(es):: Fonseca, Claudia Padovesi
Assunto:: Cerrados
Parque Nacional de Brasília
Peixe de água doce
Issue Date: 9-Feb-2011
Citation: SCHNEIDER, Mariana. Composição e estrutura trófica da comunidade de peixes de riachos da sub-bacia do ribeirão bananal, Parque Nacional de Brasília, bioma cerrado, DF. 2008. vii, 62 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de determinar a composição e a estrutura trófica da comunidade de peixes da sub-bacia do Ribeirão Bananal pertencente a uma área bem preservada de Cerrado no Parque Nacional de Brasília. Além disso, devido a marcante sazonalidade deste bioma, buscou-se verificar a influência das variações ambientais na dieta das espécies. Em cada trecho de 30 m de extensão foram realizadas quatro amostragens, duas no período seco e duas no período chuvoso. Foram coletados 3597 indivíduos pertencentes a 20 espécies. Destas, nove são espécies novas. Foram analisados 1050 estômagos pertencentes às 13 espécies mais abundantes. No total, foram consumidos 36 itens alimentares sendo 24 autóctones, oito alóctones e quatro de origem indeterminada. A análise de escalonamento multidimensional não-métrico (NMDS), juntamente com os resultados dos gráficos de freqüência de ocorrência e abundância, agrupou as espécies em quatro guildas: detritívoros, onívoros (com tendência à herbivoria e invertivoria), invertívoros e piscívoros. Poucos pares de espécies demonstraram sobreposição alimentar e, quando houve sobreposição, esta foi principalmente registrada entre espécies de uma mesma guilda trófica. Cerca de 69% dos recursos consumidos pelos indivíduos foram de origem alóctone, o que evidencia a importância dos recursos advindos das matas de galeria. A contribuição de presas autóctones e alóctones na dieta diferiu, de acordo com a estação, para Aspidoras fuscoguttatus, Astyanax sp., Characidium sp., Hyphessobrycon balbus, Kolpotocheirodon theloura, Moenkhausia sp., Phalloceros caudimaculatus e Rivulus pictus. Apesar das características climáticas do bioma Cerrado, não houve influência significativa da variação sazonal na dieta. A ausência de variação sazonal e a predominância de itens alóctones na dieta provavelmente estão associadas à presença de matas ciliares, que atuam como zonas de amortecimento e zonas provedoras de recursos para a biota aquática. O presente estudo demonstra a importância de estudos em regiões íntegras para fornecer conhecimentos sobre a biologia das espécies e permitir o direcionamento de ações públicas para o manejo dos recursos aquáticos, para a recuperação de áreas degradadas e para a determinação de áreas prioritárias para a conservação. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The purpose of this study was determined the composition and the trophic structure of fish communities in the Ribeirão Bananal sub-basin, which belongs to a well preserved Cerrado area in the National Park of Brasília, Brazil. Furthermore, due to a marked sazonality in this biome, it was examined the influence of environmental variations on the fish species diets in the study area. Therefore, in a stretch of 30 m long, four samples – two in the dry season and two in the raining period – were taken. A total of 3597 individuals, belonging to 20 species, were collected. Nine of them were new species for the area. The study analyzed 1050 stomachs of the 13 more abundant species. The analysis showed that a total of 36 feeding items were consumed, 24 autochthonous, 8 alochthonous and four of indetermined origin. The non-metric multidimensional scaling (NMDS) analysis, together with the results of frequency occurrence and abundance graphics, permitted to group the species in four feeding guilds: detritivores, onivores (with tendency to herbivory and invertivory), invertivores and piscivores. Only a few pairs of species showed feeding overlap and when it occurred, it was mostly among species of the same trophic guild. Around 69% of resources consumed were from alochthonous origin, which proves the importance of the resources provided by riparian vegetation. The contribution of autochthonous and alochthonous items in the diet differed according to the season for Aspidoras fuscoguttatus, Astyanax sp., Characidium sp., Hyphessobrycon balbus, Kolpotocheirodon theloura, Moenkhausia sp., Phalloceros caudimaculatus e Rivulus pictus. Despite the Cerrado’s climatic characteristics, there was no significant influence of seasonal variation on the diet. The absence of seasonal variation and the prevail of alochthonous items in the diet probably are associate with the presence of riparian vegetation that act as a transition area and provide resources do the aquatic fauna. This work demonstrates the importance of studies in non-disturbed areas to provide information concerning the species biology and direct the public actions to the aquatic resources management, recuperation of damaged areas and determination of priority areas to conservation.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, 2008.
Appears in Collections:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6829/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.